Alan Kardec: ‘Eu quero mais chances, a conversa tem que partir do Bauza’

O centroavante Alan Kardec está insatisfeito no São Paulo. Após jogar pouco mais de sete minutos nesta terça-feira, na vitória diante do Mogi Mirim, no Pacaembu, o camisa 14 não hesitou ao falar que as poucas chances tem lhe tirado o sono e que uma conversa franca com o técnico Edgardo Bauza para esclarecer a situação ainda não aconteceu. Kardec disputa a posição de camisa 9 do time diretamente com Jony Calleri.

– Eu tenho recebido algumas oportunidades, sim, é verdade, mas, para o meu sonho, isso não é o bastante, eu quero mais. É claro que eu quero sempre ajudar a equipe – disse, para logo completar sobre a relação com o treinador argentino:

– Às vezes, a conversa tem que partir do treinador também, ainda mais no caso dele que está há pouco tempo no clube, fala outro idioma, como jogador você não sente que tem essa liberdade para chegar e conversar.  É uma comunicação que pode haver no futuro, sim, mas ainda não aconteceu.

Em campo, Jony se mostra raçudo e participativo em todas as partidas, o que diminuem as chances de Alan Kardec em emplacar uma sequência como titular do São Paulo. Ambos vivem uma seca de gols e o rodízio praticado por Bauza impossibilita cravar o titular absoluto da posição. Calleri, porém, tem tido mais tempo em campo.

O Tricolor volta a campo no próximo sábado, às 16h, novamente no Pacaembu, para enfrentar o São Bernardo, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Pensando no duelo contra o River Plate, na quarta-feira, em Buenos Aires, a tendência é que Patón poupe seus principais jogador e, com isso, Kardec receba uma chance para jogar 90 minutos.

Fonte: Lance

6 comentários em “Alan Kardec: ‘Eu quero mais chances, a conversa tem que partir do Bauza’

  1. Sintoma de que a coisa no vestiário está andando de lado.
    Os jogadores não são bobos e percebem que o trabalho do treinador é péssimo. Ontem foram Rogério e Kardec a reclamar publicamente – e têm razão; em termos.
    O Rogério, embora não seja essa “brastemp” toda que muitos de nós está achando, esta tendo que jogar fora de sua melhor posição (aberto pela esquerda) e isto, com certeza o prejudica. Já o Kardec, que custou muito e até agora jogou bem em muito poucos jogos, tem entrado e não tem feito nada de bom. Ele precisa lembrar que quando o Calleri chegou o Patão insistiu com ele, Kardec, como titular e ele nem sequer mostrou a garra e dinamismo do argentino. Não procede a reclamação dele…

  2. calma gente foi apenas um entrevista nada mais que isso ,nao caiam na armadilha dessa imprensa nojenta que tudo é crise no soberano mesmo porque a machete que essa nojenta queria era soberano perde de novo ,como já dizia rogerio ceni entrevista depois do jogo nao deve ser levada tao a serio .

    pra sempre soberano

  3. calma gente foi apenas um entrevista nada mais que isso ,nao caiam na armadilha dessa imprensa nojenta ,como ja dizia entrevista depois do jogo nao deve ser levada tao a serio .

    falar mal do ganso é brincadeira

    pra sempre soberano

  4. Não vejo assim .

    Rogério é laranja podre por querer espaço no time? e estar descontente por jogar no meio campo.

    Logico que o Alan Kardec quer jogar , qual jogador é satisfeito com a reserva?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*