Rodada favorável reanima são-paulinos: “Não podemos mais dar mole”

Único dos oito primeiros colocados do Campeonato Brasileiro a vencer na rodada do fim de semana, o São Paulo ganhou novo fôlego na tentativa de se colocar na zona de classificação para a Copa Libertadores. Depois do triunfo sobre a Portuguesa, a cobrança é para evitar novas derrapadas.

“Temos que fazer nossa parte e não se preocupar muito com os outros, porque é um campeonato equilibrado. Não podemos mais dar mole. Vamos focar para tentar uma sequência boa e definitivamente encostar lá em cima”, disse o atacante Osvaldo, autor de um dos gols da vitória por 3 a 1, no sábado.

O resultado positivo deixou a o São Paulo a quatro pontos do quarto colocado Vasco. No próximo domingo, o time carioca joga fora de casa contra a Ponte Preta, enquanto a equipe tricolor tem mais um compromisso no Morumbi: recebe o Cruzeiro, no domingo.

“Pensamos jogo por jogo, degrau por degrau. Sabemos que temos que conquistar três pontos mais uma vez. Não adianta pensar lá na frente e perder esse jogo agora. Vamos com humildade conseguir os três pontos e, depois, ver o que acontece na tabela”, analisou o volante Wellington.

Passadas 25 rodadas da competição nacional, o time esteve no G-4 apenas uma vez – e provisoriamente. Foi ao fim da oitava rodada, quando, ainda sob o comando interino de Milton Cruz, venceu o Coritiba e pulou para o quarto lugar, sendo derrubado depois pelo Botafogo, que antes tinha um jogo a menos.

Às vésperas do duelo passado, o técnico Ney Franco havia condicionado a esperança de classificação para a Libertadores a duas vitórias seguidas, sobre Portuguesa e Cruzeiro. Cumprido o primeiro passado, o São Paulo agora precisa vencer também os mineiros. Caso contrário, passará a sonhar com vaga através de título da Copa Sul-americana.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*