Robinho no Tricolor? ‘É complicado, vamos aguardar’, diz Juvenal

Acostumado a investir pouco para reforçar a equipe, Juvenal Juvêncio mudou a política de contratações do São Paulo em 2012. Contando Paulo Henrique Ganso, que veio do Santos, os onze reforços contratados no ano custaram R$ 45 milhões. E as grandes aquisições vão continuar na próxima temporada. Pelo menos é o que o garantiu o mandatário são-paulino.

– No São Paulo foi feita uma correção de rumos. Ou vai subir jogador bom e produzido em casa ou vou buscar jogador de grande jaez (palavra usada pelo dirigente para se referir a qualidade). Vale a pena investir mais forte porque você tem a figura importante dentro de campo, isso movimenta a torcida e provoca ressonância na imprensa. Vale investir mais forte em determinados atletas – afirmou Juvenal.

Um dos nomes comentados nos bastidores do clube é o de Robinho, do Milan. O Santos já manifestou interesse no jogador. Questionado se o atacante de 28 anos interessa ao São Paulo, Juvenal respondeu:

– É complicado falar. Vamos aguardar – disse, rindo.

A mudança de rumo citada pelo dirigente ocorreu pelo fato de a equipe ter ficado fora da Taça Libertadores da América por dois anos consecutivos. Ele nega ter se lançado a fazer grandes investimentos por causa das cobranças da torcida. E afirma se sentir prestigiado pela maioria dos torcedores.

– Uma pequena parte da torcida se expressou uma vez, mas a grande maioria me apoia, sempre mostrou solidariedade. Tenho apoio da coletividade. Desavenças ocorrem de vez em quando, mas é preciso entender que o torcedor vive de emoção e eu sou a razão – disse Juvenal.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*