Presidente do Tigre diz que gerente do São Paulo deu paulada em jogadores

Rodrigo Molinos, presidente do Tigre (ARG), acusa o gerente de futebol do São Paulo de agredir atletas argentinos com pauladas no túnel de acesso ao vestiário do Morumbi, durante a decisão da Copa Sul-Americana, quarta-feira.

– O gerente do São Paulo, (José) Carlos dos Santos, foi com outras pessoas ao vestiário no intervalo e golpeou os jogadores do Tigre com um pau – declarou o mandatário, ao programa Deportivo Télam, da agência estatal de notícias da Argentina.

A reportagem do LANCE!Net tentou entrar em contato com José Carlos dos Santos, mas não obteve sucesso. Carlos Caboclo, diretor de relações internacionais do clube paulista, disse que não pode se pronunciar.

O São Paulo mantém a versão de que os jogadores do Tigre tentaram invadir o vestiário dos brasileiros no intervalo do confronto. Só então os seguranças tricolores teriam entrado na briga. Os argentinos negam a tentativa de invasão e dizem que são vítimas, tendo sido até ameaçados com armas de fogo – fato que não foi citado no depoimento à Polícia -, o que os teria motivados a desistir do jogo.

– O que há de concreto é que nós fomos as vítimas da situação – completou Rodrigo Molinos.

A Conmebol divulgou comunicado dizendo que vai apurar os fatos e aplicar as punições cabíveis, mas ainda não finalizou o caso.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*