Preocupado com reclamações, Ney retira Fabuloso de perto do árbitro

O atacante Luis Fabiano ficou bastante irritado com o pênalti assinalado pelo árbitro Leandro Bizzio Marinho, que culminou no gol de Alexandre Pato. Após o jogo, o camisa 9 são-paulino foi reclamar com o juiz, mas, os companheiros da equipe o retiraram de lá.

O técnico Ney Franco ressaltou que, ao ver o seu atacante indo em direção ao árbitro, foi até o local para tirá-lo de lá, com medo de que Luis Fabiano recebesse cartão amarelo ou pegasse uma suspensão por ofender o profissional de arbitragem.

– Inclusive hoje (domingo), na hora em que percebi que ele estava indo em direção à arbitragem, eu fiz questão (de intervir). Eu, como treinador, estou transferindo alguma responsabilidade. É um fato que a gente tem que dominar. A reclamação mais uma vez que deveria ter mais dois ou três minutos, na verdade ele só deu o tempo que ficou parado o Rogério, mas eu fui até lá e já retirei o Luis – declarou o treinador, durante entrevista coletiva.

Na Copa Libertadores, o atacante já passou por momento semelhante e foi punido. Após a partida contra o Arsenal (ARG), na terceira rodada do Grupo 3 do torneio continental, o camisa 9 do Tricolor foi reclamar com o juiz colombiano Wilmar Roldán e recebeu o cartão vermelho. Além disso, o árbitro registrou na súmula as ofensas do jogador e ele foi punido com quatro jogos de suspensão na competição.

Depois desse acontecimento, a diretoria e comissão técnica pediram para que Luis Fabiano não reclamassee mais com a arbitragem.

Agora, o técnico Ney Franco já foca o jogo da Copa Libertadores, diante do The Strongest (BOL), na quinta-feira. O treinador ainda aguarda o recurso emitido pelo clube para a liberação do atacante Luis Fabiano, mas já pensa nas alternativas ao time.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*