Opinião de são-paulino: São Paulo 1 x 2 Corinthians

Amigo são-paulino, leitor do Tricolor na Web, aqui o espaço é seu. Use-o para elogiar, criticar, comentar, cornetar, enfim, diga o que achou da derrota do São Paulo para o Corinthians por 2 a 1, de virada, no Morumbi.

39 comentários em “Opinião de são-paulino: São Paulo 1 x 2 Corinthians

  1. No meu entendimento, estes são os pilares dos nossos problemas:

    1) O viés político (ou da bandidagem) do futebol. O nosso time não ganha clássicos, mas estranhamente as arbitragens dos clássicos até agora, na dúvida ou mesmo sem ela, tem decidido contra nós. Contra o Santos, Neymar se jogou na área num carrinho de Paulo Miranda e… pênalti. Muitos na imprensa disseram que foi pênalti, mas curiosamente Neymar fez o mesmo contra os Gambás e até amarelo levou. Contra os Porcos, Lucio faz o gesto de uma cotovelada e Valdívia simula que a levou e… pronto, nosso time com um a menos. Agora neste domingo, sem contar a marcação de uma série de faltas inexistentes contra nós, jogada dividida, e… pênalti para o adversário. E isso não é só no âmbito brasileiro. Na Libertadores fomos prejudicados pela arbitragem contra o The Strongest no Morumbi, contra o Arsenal no Pacaembu e também lá na Argentina. Fossemos dizer que isso é o padrão da arbitragem Sul Americana tudo bem, mas não é. Pelo menos para os nossos rivais, não. Não vi Grêmio, Fluminense, Atlético e Gambás sendo prejudicados até agora. Isso sem contar as decisões do tribunal sul americano, onde somos exemplarmente punidos como nunca se viu antes, enquanto os outros até matam ou agridem árbitros e são isentados de culpa. O Bandido Mor do futebol brasileiro/mundial mesmo de longe ainda manda muito.

    2) Continuamos a apanhar calados. Se não fosse só o problema de estarmos de forma ‘surda’ e sistematicamente sendo prejudicados, a nossa soberba diretoria não coloca a boca no trombone a respeito desses absurdos e tão pouco faz algo para mudar esse cenário. Se o faz não demonstra (…”não adianta a mulher de Cesar ser honesta”…) ou talvez possuam o receio de que isso pareça o choro de perdedor. Ontem mesmo uma matéria para lá de suspeita na BAND (precisa mais para falar que é suspeita) antes do jogo falava que o São Paulo rouba jogadores da base dos outros times. Onde um diretorzinho inexpressivo dos Gambás ou mesmo o ex-jogador Bernardo tem moral para falar mal do nosso time? Como deixar uma matéria dessas passar incólume e sem resposta à altura? Para mim, é o atestado de incompetência pela falta de capacidade ou fraqueza de interagir politicamente com o poder do futebol e da imprensa. Por sinal, só estamos sendo prejudicados por conta insistência de JJ em se manter no poder. Enquanto ele estiver lá, tenho por mim que não ganharemos mais nada, isso sem considerar as perdas de nosso estádio na Copa e a obtenção de cotas de TV, patrocínio máster e de material esportivo por valores e condições consideravelmente desvantajosos (ou alguém ainda acredita que a Pênalti tem poder de fogo como uma Nike ou Adidas?). Há que se considerar que ele também só está no poder porque não temos uma oposição decente no clube, que mais joga contra do que a favor.

    3) Técnico limitado. Nosso técnico além de sempre levar nó tático de técnicos mais experientes este ano demorou três meses para perceber que não tinha mão de obra capacitada para o seu famigerado 4-3-3. Para mim, precisou levar uma enquadrada da diretoria para colocar Ganso e Jadson juntos em campo (mas ninguém vai admitir que isso aconteceu). Depois de ‘descobrir’ que isso era possível, corre para tentar fazer esse novo meio de campo se entrosar, mas agora, na adversidade, talvez por medo, demora em mexer no time. Mais parece que sua manutenção no cargo está condicionada a não fazer bobagens nas substituições durante a partida. Ontem, jogadores como Osvaldo, Denílson, Maicon e mesmo Luís Fabiano não vinham bem e o técnico não mexeu no time (medo de algo dar errado?). Só resolveu fazer depois de a derrota estar consumada. O técnico adversário empatava o jogo e mesmo assim mudou o time. Eis uma das nossas diferenças…

    4) Falta de sintonia. Comissão técnica, diretoria e jogadores não falam mais a mesma língua HÁ MUITO TEMPO. Isso não é de agora e nem por causa do Ney Franco. Cada um tem uma visão diferente de tudo que está acontecendo no clube. Basta depois de um jogo ver as declarações do Rogério Ceni, do LF, do JPJL e do Ney Franco. Pelo visto eles não se falam e nem ao menos fazem um mídia training para se sintonizarem ao menos para a imprensa. Como conseguir a unanimidade e não dar munição para a imprensa marrom com esse comportamento? Ia falar mais sobre isso, mas a diretoria fez o ‘favor’ de demitir o Luiz Rosan para deixar tudo mais claro e o Menon na coluna dele foi mais rápido. Quem quiser saber mais é só ler o blog dele.

    • Concordo in totum com o comentário do Régis: 1) Nos bons tempos, a Diretoria chegou até a vetar alguns árbitros. Atualmente,vivendo esse longo período de baixa na relevância do clube, a Diretoria sequer protesta. 2) O técnico realmente é indeciso. Como dito, perdeu três meses preciosos para definir a atual formação. Ficou na busca de um player para subsituir o Lucas, quando todos já sabiam que isso seria impossível com o plantel que disponibilizamos. 3) Como se trata de um técnico que ainda necessita de autoafirmação no cenário futebolístico, o NF acabou colidindo com os líderes da equipe para tentar mostrar a sua força. Nessa colisão quem perdeu foi o clube. 4) A atual Diretoria perdeu a representatividade, na medida em que rasgou o estatuto e fez a gestão mergulhar numa pendência judicial que vai se arrastar até o final do mandato, empurrada pela barriga de juízes e desembargadores. Conclusão: claro que num cenário como esse é difícil obter vitórias…

      • Essa questão de rasgar o estatuto é culpa dos cardeais no conselho clube. Tanto da oposição quanto da situação. Os grande nomes do São Paulo não querem assumir a presidência do clube, com medo de seus nomes nomes serem associados ao clube e afetarem seus negócios particulares. Foi mais fácil delegar esse atividade a alguém da confiança deles e com pouco a perder, neste caso, o JJ. Na verdade, ao mudar o estatuto, ‘contratam’ extra-oficialmente um CEO para presidente do clube.
        Em outros tempos, JJ por conta de sua origem nem para diretor serviria.
        Curiosamente, alguns desses cardeais se digladiam de tempos em tempos para tentar assumir a presidência do Paulistano.

  2. Acho que ja deu o tempo do Rogério, infelizmente é assim.

    Sobre o time que jogou ontem, faltou um pouco mais de pegada dos volantes, talvez wellington no lugar de Maicon, e um lateral direito decente no lugar do Paulo Miranda, não tivéssemos perdido o jogo. Aliás, o empresário do Paulo Miranda deve ser muito forte nos bastidores do São Paulo, pois o fdp vive errando, vai mal nas partidas, é sempre criticado, e sempre está como titular.

    Acho que o tempo do Ney Franco ja deu no São Paulo, espero que após a demissão do mesmo, para contratação de um novo técnico, a diretoria não contrate outro mediano achando que o simples fato de ter uma boa estrutura faça times campeões.

    • tem gente que só sabe criticar. Provavelmente não contribui com o time, não vai ao estádio e compra produto pirata.
      Se é pra criticar tanto assim que ao menos apresente sugestões…

      • Apresento sugestões:

        Que tal a diretoria parar de achar que qualquer técnico comandará um time campeão só porque tem a organização e a estrutura do São Paulo.

        Que tal a diretoria resolver reforçar o time, nas posições carentes, antes que todo o dinheiro da venda do Lucas seja enfiado no ralo.

        A verdade é que a diretoria está ultrapassada em alguns conceitos, porém, a soberba não os deixa reconhecer tais erros.

        Alguns jogadores estão jogando devido a força de empresários, Cortes só saiu do time porque se machucou, faz muito tempo que vem mal, e mesmo assim não era sacado do time. Paulo Miranda tem sucessivas falhas, desde que chegou ao São Paulo, e mesmo assim tem jogado frequentemente.

        Realmente não vou ao estádio pois minha cidade fica a 500 km da capital, raramente o São Paulo vem jogar nesta região, e quando vem, vou aos jogos.

        Quem realmente acha que Juvenal, Adalberto, Leco e Jesus Lopes vem fazendo uma boa administração, com certeza não está analisando imparcialmente.

    • Quando eu ainda jogava futebol – faz tempo – e enfrentávamos times escalados como é esse do Tricolor, a gente dizia que a defesa podia ficar tranquila, pq o time adversário era composto de “ARMANDINHOS”…

      • O São Paulo tinha um volante em 2004, que ficou até 2005, o Renan, que se atirava de corpo e alma na bola. O que faltava de categoria, sobrava de vontade e raça. Lembro de um jogo contra o Atlético em Minas no Independência onde ganhamos de 5 a 0 e mesmo o jogo estando com o placar dilatado para nós, ele se atirava na frente da bola para bloquear os chutes dos adversários.
        Não sei o porquê, mas ele caiu em desgraça com o então diretor de futebol, um “tal” de JJ, e foi dispensado algum tempo depois do clube.
        Desde então, exceto por Lugano, não temos e não tivemos ninguém com a vontade dele. Os atuais ‘armadinhos’ que compõe o time do São Paulo parecem não gostar de ter que se atirar no gramado para não sujar seus uniformes. A impressão que dá é que nem transpirar muito eles querem, para não precisar ter que tomar banho depois do jogo.
        A verdade é que há anos não vejo um jogador do São Paulo sair com o uniforme sujo de campo e eu não tenho conhecimento de que melhoraram tanto assim os gramados pelo Brasil afora ou então os tecidos dos uniformes.

  3. Embora tarde, estamos formando um time…
    Temos problemas que precisam ser corrigidos. O principal está no corpo diretivo. JPJL e AB não entendem absolutamente nada de futebol. Precisam sentar com o treinador e participar do planejammento da equipe. Precisam correr atras de reforços, pois desde que a dupla gere o nosso futebol, não temos lateral direito e nosso elenco enfraquece a cada ano.
    Acho que no que diz respeito ao time, estamos melhorando. Perdemos para um time pronto, que agiu cirurgicamente como faziamos na era Muricy. Enfim, quinta é o dia…

    • Ah, uma observação.
      O Maicon não seria titular no meu time, mas eu não acho que ele tem ido mal assim.
      Ele joga, pois o passe dele é bom. Ele consegue manter a posse de bola, pois temos deficiencia nesse quesito em outros setores. Acho que o fabricio conseguiria fazer essa função, mas todo técnico tem a sua teimosia… Antes ele do que o Douglas…

  4. O time jogou bem, criou muitas chances e deu poucas oportunidades para o adversário. Gostei muito de ver o time trocando vários passes no ataque e terminar concluindo com um chute, infelizmente bloqueado, do Ganso. Esse tipo de falha que gerou o gol de penalti aconteceu várias vezes quando da chegada do Ney Franco no clube. Por isso, acho que ele tem que evitar muitas mudanças na defesa e orientar bem os jogadores: preferência sempre pelo passe, mas se não for possível passar a bola com segurança, chuta para frente!
    Se repetir a atuação de hoje contra o Stronguest, vence fácil.

  5. Minha leitura do jogo de hoje é que o time até foi bem no meu entendimento, sei que o time precisa de uns ajustes, mais se nota que o time ao contrário que muitos dizem está adquirindo um padrão de jogo sim!!!! PERDEMOS POR FALHAS INDIVIDUAIS!!!!!!
    Muitas criticas ao Maicon ao Edson Silva, mais esses com o tempo vai deixar o time isso é fato, assim como aconteceu com o Cortez.

    Conclusão, o time jogou bem mais o resultado foi muito ruim!!!!!!!

    • De pleno acordo. Há muito disso no futebol: às vezes, joga-se mal e ganha, às vezes, joga-se bem e perde. Algumas pessoas parecem não perceber isso e acabam comentando o resultado (inclusive alguns comentaristas de TV e jornais). E comentar o resultado me parece um pouco ridículo….

  6. Acho 2 coisas. Toloi nao e zagueiro para o SPFC. O quanto antes conseguir fazer uma grana neste cara, melhor. Ja nao e a primeira nem sera a ultima falha dele como ultimo homem.
    Mais uma vez Ney Franco ficou assistindo ao jogo ao inves de arriscar e buscar a vitoria, esperou o time tomar o gol para mudar e ir para cima. Jogo em casa contra adversario fraco, rivalidades a parte. Que fique a licao de buscarmos a vitoria sempre quando o jogo for em casa!
    Perder e dificil, mas perder roubado e foda. O SPFC tem que tomar uma providencia quanto a vetar este arbitro e o bandeira que estava daquele lado. E obvio que o RC acertou o atacante do adversario, mas a que altura chegou o pe do atacante, claramente falta a favor do SP.
    O clube precisa tomar este cuidado para nao perder pontos bestas e desclassificassoes no apito.

  7. Mais o time na minha opinião ficara mais equilibrado com 2 volantes de origem que marcam melhor , e com dois volantes marcadores , Ganso e Jadson ganharão mais liberdade em campo para criaram jogadas , mais o time não pode errar tanto individualmente , isso poderia custar uma classificação se fosse mata mata.

  8. Marcus , o time deveria jogar com 2 volantes marcadores , com Jadson e Ganso na armação ,na minha opinião Fabricio e Wellington ,seriam meus volantes no meu time , Maicon é um jogador que não sabe marcar e Denilson também não é grande marcador , não me agrada jogar com 1 volante , 3 meias e 2 atacantes como Ney Franco vem fazendo , o time fica desequilibrado e pouco compacto , pode servir contra times pequenos , mais quando pegar equipes como Corinthians ,Santos ,Atlêtico MG , teremos grandes problemas como tivemos já que de fato perdemos destas 3 equipes este ano.

    • Mas, reflita…. Hoje fomos superiores imensamente ao corinthians, Denilson não foi o problema e muito menos mâicon. O único erro hoje foi o tique, apertou recua pro goleiro….

      • Perfeito, Marcus. O time do SP precisa, urgentemente, parar com a mania de ficar atrasando a bola pro RC. Tanto faz que, de vez em quando, não dá certo.

  9. Li que nosso time não tem uma escalação titular, mas… A escalação de hoje, foi idêntica aos outros jogos,Ganso, jadson, Lf, com exceção do osvaldo. Era o que muitos aqui pediam, não?

    Li que o ney não tem treinado jogadas ensaiadas, hoje tivemos, e com prioridades de gol, pediam isso também, ou não?

    Por mais que estejam comentando aqui com o coração, se analisarmos o jogo, foi tudo o que pedíamos. Tivemos um entrosamento entre ganso e jadson, Tivemos um futebol, que até os adversários disseram ter sido superior, só tivemos a infelicidade de o zagueiro que tanto defendiamos errou, e o mito cagou no pau.

    Cavernosa que essa hora ia chegar.mas… Denis não deveria condenar a ter mais ritmo???

    • Marcus, muito bom seu comentário, efetivamente tivemos quase tudo, infelizmente o lateral foi mudado e a entrada do Osvaldo devia ser mais rigorosa, se havia um jogador na posição correspondendo devia ser mantido, exigindo-se que ele fizesse por merecer ter seu lugar de volta. O único jogador que vi jogar e que tinha presença garantida foi Pelé, os demais tem que mostrar porque devem ser titulares. Quanto ao erro do RC é devido ao vício de coloca-lo em qualquer jogada da defesa, quando tivermos um outro goleiro o que os cabeças de bagre vão fazer? Isto tem que mudar agora ou teremos sérios problemas para frente.
      Abraço.

  10. Se nosso técnico tivesse um pouco de coerência e enxergasse um pouco o time titular seria.

    Rogerio , Rodrigo Caio ,Rafael Toloi ,Rhodolfo ,Thiago Carleto , Fabricio ,Wellington , Jadson , Ganso ,Osvaldo e Luis Fabiano.

  11. Aconteceu o que eu temia, derrota diante do time de marginais.. E não adianta culpar o juiz ou quem quer que seja os únicos culpados são o técnico, que escalou um lateral em fase de recuperação que levou um chocolate do Danilo, e o vício de recuo de bola a todo o momento para o Super RC, a qualquer momento iria acontecer o que aconteceu e demorou muito, os beques estão viciados. Um jogador com a idade do RC deve se ater a fazer o arroz com feijão ou pede para sair e não fica fingindo que está contundido, entregaram o jogo. O pior é que o resto do time vinha se empenhando em conseguir um placar favorável, excetuando o tal do Osvaldo que por ter ido para a seleção já se acha o super craque, não fez nada e daqui para frente ou muda a cabeça ou será mais uma perdido pela convocação da CBF. Salve Lucas que não deixou a fama subir à cabeça. Dia 4 está aí e temos uma defesa que só sabe sair jogando com o goleiro, um técnico que não tem o cuidado de manter o time que vem correspondendo, tem sempre que inventar uma novidade, se o tal do Osvaldo voltou da seleção devia disputar o espaço com quem vinha como titular e o pseudo- lateral que vinha de recuperação tinha que esperar o momento de entrar no time, ou eles tem cadeira cativa? Do jeito que estes dois jogaram hoje é melhor ficarem onde estavam. Quanto aos volantes entendi que Denilson deu conta do recado, mas o tal de Maicon, como sempre pré supus, em jogos mais complicados o cara some, não marca não aparece, gostaria de ver o meio com Rodrigo Caio ou Wellington e Fabrício e hoje era o dia certo para esta experiência.
    Boa sorte tricolor dia 4, como és o time da fé, apesar de tudo e de todos sempre estarei ao teu lado acreditando no melhor.
    Saudações Tricolores.

  12. Poderia ter sido Paulo Roberto , mais a raiva pelo Corinthians parece que fica acima da importância da Libertadores . O que me incomoda é nosso técnico que não definiu até agora o time titular ,e pela teimosia dele em escalar Maicon de 2°volante , sendo que temos Fabricio ,Wellington e Rodrigo Caio.

    e por falar em Rodrigo Caio é justo ele estar no banco de reservas depois das partidas que realizou??

  13. Eu vinha sendo um critico do treinador Ney “FRACO”, mais se eu cobrar ele pelo jogo de hoje eu seria leviano….

    Minha principal critica ao treinado era o fato dele insistir no 4-3-3, mais ele mudou o escama tático, e colocou o Ganso pra jogar, o que era o que todos pediam inclusive eu…. Mais hoje não vou criticar ninguém…

    Minha leitura do jogo de hoje é que o time até foi bem no meu entendimento, sei que o time precisa de uns ajustes, mais se nota que o time ao contrário que muitos dizem está adquirindo um padrão de jogo sim!!!! PERDEMOS POR FALHAS INDIVIDUAIS!!!!!!

    Muitas criticas ao Maicon ao Edson Silva, mais esses com o tempo vai deixar o time isso é fato, assim como aconteceu com o Cortez.

    Conclusão, o time jogou bem mais o resultado foi muito ruim!!!!!!!

  14. Desde que perdemos na Argentina vinha defendendo aqui que o SP levasse seu time titular para a Bolívia para adaptação, porque lá, o adversário sera a altitude. Defendia, tb, a entrada do “segundão” contra o curintia, para não corrermos o risco de sairmos derrotado do clássico e, assim, cheios de questionamentos. Também porque o curintia já estava se tornando freguês do mistão.
    De tudo que eu pensei, nada aconteceu. Ou melhor, aconteceu a derrota dos titulares e, com certeza, virão os questionamentos.
    Não vai adiantar o SP ter sido MUITO superior ao curintia o jogo todo. Não vai adiantar o time ter jogado de forma a dar alegria aos torcedores: o que vão ficar são os lances como o do Osvaldo, sòzinho frente ao goleiro, batendo de primeira e pra fora; vão ficar na memória as oportunidades do Ganso para chutar em gol e ele tentando servir algum companheiro; o Jadson idem; ficarão na memória o Danilo recebendo a bola, livrinho na esquerda, dando um drible no Paulo Assunção, que estava apoiando o ataque, e fazendo aquele golaço; pior de tudo, vão ficar na memória as saídas de bola do RC, a bola atrasada pelo Tolói para o mesmo RC, e o pênalti sobre o Pato.
    Fazia tempo que eu não gostava de uma apresentação do SP como eu gostei esta tarde contra o Corinthians. O time teve posse de bola; pois na roda os mosqueteiros; trocou passes com personalidade até descobrir algum jogador para coloca-lo com chances de chutar a gol (pena o LF ter estado algumas vezes em empedimento); enfim: esta, no veu entender, foi a partida que não merecíamos perder; pelo contrário, poderíamos ter matado o jogo nos 20 minutos do primeiro tempo.
    Agora é torcer para que eu esteja errado quanto ao adversário da próxima quinta feira: que não cheguemos a ver o time ser batido pela altitude na Bolívia; ver nossos jogadores “trocando” pernas durante todo o segundo tempo da partida; voltar pra casa praticamente fora da Libertadores . . . É o meu temor.
    Mas pelo jogo de hoje: parabéns! . . .

    • Coitado do Paulo Assunção, “drible no Paulo Miranda” (apesar que o P.A. bem que merecia a crítica mesmo sem estar jogando, se ainda estivesse no SP).

    • Paulo, bom comentário, mas aquilo que ficou na memória, como voce disse, deveu-se a erros estratégicos de escalação, um lateral em momento errado e um atacante voltando de seleção achando-se o tal, principalmente pelo fato da imprensa dizer que estará na próxima convocação. Acredito que a manter-se o time que vinha jogando teriamos ganho, Danilo não teria a moleza que teve e o ataque seria mais efetivo, caso não correspondesse no primeiro tempo no segundo era o momento da entrada do Osvaldo, ficando claro não ser dono da posição. Quanto ao segundo gol acho que é hora de mudar a postura em relação ao RC, em breve teremos outro goleiro e não vai se poder contar com ele da maneira como vimos fazendo até hoje, demorou muito uma pixotada, é hora de parar e deixar o RC terminar a carreira dignamente, com títulos se possível.
      Abraço

  15. Pode me chingar e criticar , mais se o time não for bem e perder, na Bolivia , eu contrataria o Mano Menezes , ele é muito melhor que o Ney Franco e o fato dele ter trabalhado no Corinthians não é nenhum impedimento pra ele treinar o São Paulo , além disso ele fez bons trabalhos no Corinthians e Grêmio.

  16. Com Fabricio ,Wellington ,Rodrigo Caio para jogarem ao lado do Denilson nosso técnico me vem com Maicon?? ta de brincadeira.

    levar gol na saida de bola é brincadeira coisa de time juvenil.

  17. A bobagem do Rafael Toloi hoje foi bem semelhante ao gol que ele entregou pro Fred no empate com Fluminense no Morumbi ano passado no empate de 1 a 1 , é um bom jogador , mais é mais um jogo importante que ele comete este tipo de falha

    • Não dá mais para aguentar as bizarrices do Ney Franco, time sem padrão e sem esquema. Luis Fabiano – não aguento mais ver um centroavante que só marca contra timinho, contra jogos decisivos some isto quando consegue não ser expulso. Não passsamos do Corinthians ou Santos na final do Paulista e Libertadores esquece!

  18. Vamos aos fatos.

    1) Estamos caminhando para Abril e nosso técnico não definiu um time titular até agora .
    2) Só ganhamos de times pequenos , perdemos de Corinthians ,Santos Atletico MG ,empatamos com Ponte Preta e Palmeiras.
    3) Nosso técnico escala 1 volante contra o Corinthians , deixando Denilson sobrecarregado .
    4) Como pode Lucio ser reserva de Edson Silva?? ,e Fabricio ser reserva de Maicon?? que nem volante é ,e pior nem relacionar o Fabricio para o jogo.

    5) Sera que é dificil escalar dois volantes fortalecer a marcação no meio campo , deixando a defesa mais segura ,e consequentemente deixar Jadson e Ganso mais livres para criar.

    6) Quando Luis Fabiano vai aprender a se colocar em campo e ficar menos impedido.

    7) o Arbitro cagou no final , mais tomamos um gol de time Juvenil , erro primário na saida de bola , inadimissivel levar um gol como levamos. Infelizmente Rogério Ceni hoje foi muito mal.

    8) Ney Franco pode não ser o responsável direto pela derrota , mais vem fazendo um trabalho fraco este ano , não vejo segurança neste time do São Paulo , o time é fraco na marcação , o meio campo e a defesa não marcam bem , como disse é necessário escalar dois volantes de origem pra fortalecer o meio campo. E até agora nos jogos mais importantes contra adversários fortes perdemos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*