Pato não fala em ficar no SP, mas diz que quer título até o fim do ano

Alexandre Pato foi mais uma vez um dos melhores jogadores do São Paulo. Nesta quarta-feira, ele marcou o gol de empate que iniciaria a virada contra O Danubio, no Uruguai, pela Copa Libertadores. Depois da partida, foi destacado pelo técnico interino Milton Cruz como um dos melhores em campo. Emprestado pelo Corinthians até o fim de 2015, ele prefere não falar em renovação, mas diz que quer conquistar um título pelo São Paulo.

“Eu tenho que pensar no meu grupo. A parte do salário eu vou pensar no dia 31 de dezembro, tem coisa mais importante nesse momento. Tem jogo domingo, minha concentração está no clássico, nos jogos da Libertadores. Quero fechar esse ano, ir bem no São Paulo, pra que eu possa pelo menos ter um título aqui no São Paulo”, disse, em entrevista coletiva reproduzida pela Fox Sports.

Depois da partida em Montevidéu, Pato afirmou que as condições do campo atrapalharam muito o São Paulo, que só conseguiu a virada nos acréscimos do segundo tempo, depois de muita pressão.

“A gente está jogando com bastante raça. Hoje o campo não era muito bom, o campo era feio, não era um futebol para ganhar de 3, mas a gente lutou, fizemos dois gols e saímos com três pontos muito importantes. Acho que saio mais satisfeito pelos menus colegas, fizemos por merecer no final, dificultamos bastante na saída de bola, pra que roubássemos a bola e fizéssemos o gol, como aconteceu”, completou.

“O pior nem eram eles, mas sim o campo. O tempo, tinha muito vento, era difícil. A gente conseguiu fazer gol, dois gols de cabeça, gols fundamentais pro ânimo do grupo”, falou.

 

Fonte: Uol

2 comentários em “Pato não fala em ficar no SP, mas diz que quer título até o fim do ano

  1. Centurion, luisito vai vazar,
    como Pato tambem, com o dim dim da compra do Pato,
    trazemos dois sulamericanos melhores e menos
    “badalados”, da balada mesmo. error 303

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*