Osvaldo vê boa fase no SP como resposta à tentativa de troca com Flu

osvaldo032

Titular do São Paulo após ser envolvido em negociação com o Fluminense de troca pelo meia Wagner, o atacante Osvaldo vive a melhor fase desde que foi convocado para defender a seleção em brasileira, há um ano. Para ele, o momento positivo é uma resposta ao negócio, que não saiu.

“Essa questão do Fluminense, na época fiquei triste, procurei deixar isso de lado. No futebol as coisas mudam no estralar de dedos. A gente vê exemplos no mundo inteiro. Tem jogador que se destaca e em menos de seis meses é vendido. Não sei se houve mesmo essa intenção, Mas realmente é uma resposta, eu tenho meu valor aqui no São Paulo. Se fosse para sair, não queria sair em baixa. Saio em alta, quero mostrar todo meu potencial aqui no São Paulo”, disse Osvaldo, nesta segunda-feira, no CT da Barra Funda.
Há um mês, quando iniciou as conversas da troca com o Fluminense, o São Paulo não avisou Osvaldo, que se aborreceu ao tomar conhecimento da negociação pela imprensa. As conversas foram interrompidas porque não haveria tempo para inscrever Osvaldo no Campeonato Carioca e Wagner no Paulistão.
Agora titular, Osvaldo enfrentará nesta quarta-feira o Penapolense, no Morumbi, pelas quartas de final do estadual. O time deverá ser escalado com Rogério Ceni, Douglas, Rodrigo Caio, Antonio Carlos e Alvaro Pereira; Wellington e Maicon; Pabon, Ganso e Osvaldo; Luis Fabiano – o volante Souza se recupera de incômodo no joelho direito e está vetado.
“Quando se começa no banco, a gente tem que pensar que o ano é longo, tem muitas competições, não pode deixar de maneira nenhuma cair o emocional. Joguei alguns jogos, contra o São Bernardo, contra o Santos o professor me testou novamente, achei que ia agarrar a oportunidade e graças a Deus fui bem. Agora é continuar”, avaliou Osvaldo, que começou a temporada na reserva.
“Acho que a equipe vive momento especial. A importância de vencer o Paulista é muito grande. Isso nos dá uma confiança para o resto do ano. A gente sabe, vai ser muito difícil vencer o Paulista”, concluiu o atacante.
Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*