Osorio diz que bastidores atrapalham rendimento: “Estão falando demais”

Juan Carlos Osorio evitou criticar seus atletas após o empate em 0x0 com a Chapecoense, nesta quinta-feira (17), no Morumbi.

Na opinião do treinador, a proposta de jogo mais defensiva da Chapecoense dificultou as ações do São Paulo, que não conseguiu furar a retranca imposta pela equipe catarinense. Além disso, pesou contra o São Paulo a falta de um jogador mais habilidoso, que conseguisse furar a retranca da equipe adversária.

“Eu assisto muito futebol internacional. A Chapecoense defendia com vários jogadores. Tentamos criar alternativas com as trocas de Rogério por Pato e Michel por Carlinhos. (Faltou) tentar jogadas em diagonal, além de ter um driblador como Messi ou Neymar, que não temos. Se você (repórter) tiver outras alternativas, gostaria de aprende-las. O São Paulo sempre vai sofrer, não só o São Paulo, mas qualquer time que enfrentar um rival com essa proposta”, declarou o treinador.

O treinador ainda destacou que todos os jogadores do setor ofensivo tiveram atuação discreta, pois para um time que se propõe a criar o jogo, não conseguir criar é frustrante. Na visão de Osorio, o lado emocional acaba afetando, principalmente quando a equipe enfrenta adversários “de menos história”.

“Não é uma decisão consciente do jogador, é inconsciente. A parte emocional é muito diferente quando enfrentamos times grandes, com mais história, do que quando enfrentamos, com todo respeito, times com menos história”, avaliou o colombiano.

Por fim, o treinador ainda destacou que a instabilidade política que o clube atravessa acaba afetando aos jogadores, que não conseguem ficar alheios às questões extracampo e engrenar uma sequência de vitórias.

“A situação conturbada chega aos jogadores. Eles percebem todos os problemas que tem ao redor do time. Em minha humilde opinião (atrapalha) sim, muito. Porque não há estabilidade e você percebe isso”, concluiu o treinador.

13 comentários em “Osorio diz que bastidores atrapalham rendimento: “Estão falando demais”

  1. E quem também está falando demais; justificando demais; comparando nosso futebol com o da Inglaterra, como se ele tivesse sido treinador de algum time de lá, é esse Sr.Osorio. Tenho simpatia por ele e sua forma de trabalhar, apesar de o achar pouco inteligente por tratar todos jogos como se fossem apenas um. Explico: até o Mourinho não tem vergonha de colocar seu time defensivamente quando necessário e, mesmo defensivo, na maioria das vezes, acaba vencendo seus jogos difíceis. O Sr Osorio não: pra ele, tanto faz contra quem o SP esteja jogando e o time permanece aberto a contra-ataques. Imaginem ele, ontem, técnico da Chapecoense: partiria pra cima e levaria uma biaba. Melhor seria ele falar menos, justificar menos, e melhorar sua filosofia de jogo (abrir alguns planos B(s) e ser menos “xiita”…

    • Bem comentado… o Professor está ingressando naquele território comum a todos nas justificativas dos insucessos. Claro que não estamos na Europa, se estivéssemos eu estaria recebendo os meus honorários em euros… Ele tem que parar de traçar comparativos entre essa Terra de Cabral e o que acontece na super organizada Europa.

  2. No minimo o Osorio esta sendo incoerente, pois alguns dias atras disse que o Pato é melhor que Neymar e ontem tira o Pato e deixa o Luiz Sonolento rastejando em campo.

    • Extremamente incoerente. Compartilho da sua opinião, assim como são incoerentes a maioria dos torcedores que caem na falácia da perda de 8 jogadores.
      Souza, (esse sim foi uma perda)
      Denilson, (grande parte queria ele fora, pra mim foi perda)
      Rafael Toloi, (instável mas foi perda, torcida o expulsou)
      Paulo Miranda, (unanimidade queria ele fora)
      Boschilia (poderia significar perda em caso de crescimento de produção)
      Jonathan Cafu (não fez falta e foi bem reposto pelo rogerio)
      Dória (já era esperado pelo tempo curto de contrato)
      Ewandro( liberado pelo própio treinador)

      Ao todo são 4, sendo 3 titulares e um reserva.
      Dentro dessa analise o Corinthians perdeu quase o mesmo tanto.

  3. Hoje a culpa não foi dele, mas vou te falar viu. Como gosta de arrumar desculpa esse cara. Cheio de mimimi. Podem me criticar mas pelo menos o Muricy era macho. Numa derrota dessa ele falaria que jogador ta com o salário em dia e tem condições de trabalho e ponto. Tem essa de ficar inventando desculpinha não Então a situação domingo era outra ???Cala a boca Osório!

    • Sr. Hugo. Muricy tambem protege os jogador. Ela sempre disse que cobra internamente.
      Você ta falando merda. Todos os Times (todos) estão oscilando.
      Cala boca que é melhor.

      • Pelo menos faça um comentário coerente. Certo é cobrar internamente mesmo meu filho. Quero ver seu chefe te esculachar na frente da equipe ou até mesmo se você for dono de alguma coisa alguém criticar sua direção publicamente. Não sou massa de manobra para apoiar incondicionalmente não colega. Obrigação é apoiar durante o jogo. Esse Osório está pregando uma coisa e fazendo outra haja vista que o maior corneteiro do elenco é ele mesmo que não para de reclamar.

          • Meu amigo, se temos um torcedor do Corinthians aqui deve ser você. Seu nível de argumentação é vergonhoso, aliás inexistente na verdade. Retórica pobre de quem não tem opinião formada portanto única coisa que faz é tentar atacar o argumento contrário com uma afirmação ridícula. Se eu trocar idéia com meu sobrinho de 10 anos certamente ele terá mais profundidade do que vocÊ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*