“Não muda nada tirar o treinador”, diz Michel Bastos após revés no clássico

A demissão de Muricy Ramalho não mudará o futebol apresentado pelo São Paulo. É essa a opinião do meia Michel Bastos, que atuou como titular na derrota por 1 a 0 para o Corinthians, no domingo, no Morumbi. Nesta segunda-feira, o jogador concedeu entrevista coletiva após o treino no CT da Barra Funda e isentou o treinador de culpa.

“Nesse momento sempre todo mundo vai querer buscar quem é o errado, onde que errou. Eu acho que a única coisa que tem que mudar somos nós jogadores que temos que fazer dentro de campo. Acho que a gente tem uma equipe competitiva, grande equipe, fizemos uma grande temporada no ano passado. A gente não desaprende a jogar futebol da noite para o dia. Quando não vem resultado, ainda mais num clássico, vem a cobrança. Hoje não mudaria nada tirar o treinador. Lógico, se você conseguir a resposta dentro do grupo, fica mais fácil. E a gente pode conseguir isso”, falou o meio-campista.

Durante a longa entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira, Michel Bastos defendeu em diversos momentos o treinador – que não participou do treino de reapresentação do grupo porque teve que remarcar exames médicos referentes ao tratamento e diverticulite. Apesar de não condenar, Michel disse não concordar com as afirmações do volante e companheiro Souza, que pediu mais intensidade nos treinamentos além e criticar a torcida pela postura e pela ausência nas arquibancadas.

“Acho que estamos todos no mesmo barco. Acho que se ganha, ganha o Muricy e o grupo. Se perde, perde também o treinador com os jogadores. Hoje, querer culpar o treinador, querer culpar tal jogador ficaria fácil. Nessas horas a gente tem que estar consciente de que está todo mundo junto. O fato de você expor que está treinando pouco, eu sou a favor de você sempre tem que dar um algo a mais. Nos treinos e nos jogos”, disse o meia.

“Depois de um jogo como um clássico, você perdendo, o Souza estava como eu e os outros jogadores, frustados. Você acaba saindo de campo chateado e fala coisas que acabam gerando um pouco de polêmica. Mas nós sabemos que temos que dar algo a mais nos treinos e jogos, o Muricy nos cobra. Não adianta eu ficar aqui expondo o vestiário, que é um vestiário muito bom, um clima perfeito, como era ano passado. A gente tem plenas condições de voltar a jogar aquele futebol do ano passado”, completou.

Michel Bastos ainda amenizou a reação pelos comentários do companheiro: “Nosso grupo não vai desunir, não. A pessoa que fez o comentário é muito querida dentro do grupo. Não tem por que querer criar polêmica, não é intenção dele querer denegrir o grupo, pelo contrário. Mas acho que muitas vezes é melhor evitar de dar certas declarações. Não vou mentir… pedi para não falar depois do jogo. Porque poderia ser eu hoje, ter falado alguma besteira, alguma coisa de cabeça quente. Certas vezes é melhor voce evitar um pouco. No momento que a gente está nem sempre é bom a gente criar polêmica”, concluiu.

 

Fonte: UOL Esporte

7 comentários em ““Não muda nada tirar o treinador”, diz Michel Bastos após revés no clássico

  1. Acho que o Michel Bastos não tem razão. Acredito que o SP precisa trocar de técnico urgente (talvez já nem dê para continuar no liberta).
    Admiro o homem Murici Ramalho; nunca gostei se seu trabalho. Mesmo quando fomos tri campeões com ele, não via o time jogando “aquilo tudo” para o feito; sempre acreditei que os adversários que estavam muito enfraquecidos em seus planteis, a ponto de conseguirem perder campeonatos em que tinham 15 pontos de vantagem sobre o SP. A impressão que tenho é que ele está cansado e muuuito desmotivado. Completamente sem criação ( antes, ao menos, era capaz de organizar o time para se defender bem; hoje, nem isto), ultrapassado em seus métodos e, pior, muito turrão (é normal, com a idade nossos defeitos vão se sobrepondo ). Sem paciência com os jovens; algo tímido diante dos “medalhões” e, durante os jogos, à beira do campo, percebe-se que ele fica meio que sem saber o que fazer. Enfim, o Murici dá pinta de que precisa se aposentar urgente…

  2. Adianta mudar sim e precisamos mudar logo.

    Temos gratidão pelo Muricy, mas tá claro que não tá bom nem pra ele, que precisa cuidar da saúde, nem para o clube.

    Acho que devemos prestar uma homenagem ao Muricy e incentivá-lo a parar, a cuidar de sua saúde, de sua família…

    Pq além de tudo, o Muricy não é só um treinador. Ele é um ser humano e um pai de família também…e a vida tem muito mais valor que o futebol.

  3. Como nao muda michel, se nao mudar entao os jogadores atuais é que nao presta, esta evidente que o Muriçoca nao tem comando, nao sabe escalar, nao sabe substituir, ate hoje nao deu padrao de jogo, o time continua a mesma droga de anos atras, um time sem jogadas para frente, um time medroso quando enfrenta times mais fortes e estruturado, e recuso acreditar que nao temos pelo menos uns 5 ou 6 jogadores de boa qualidade, o que falta é encaixar os jogadores certos e suas posicoes, e falta motivacao, o time nao tem força, nao discuto se teve ou nao raça, o que esses jogadores precisam por na cabeça que somente raça contra as galinhas nao basta pq eles tem a raça maior que qualquer time, se nos jogarmos 100% raça eles tem 200%, se tivermos 200% de raça eles tem 400%.
    E o treinador de verdade tem que motivar seus craques, por na cabeças que eles tem que fazer a diferença em um jogo desses, e se nao o fizer melhor colocar esse craque no banco e ponha mesmo que seja um meia boca motivado com vontade de ganhar.
    Precisamos de um treinador motivador, que nao tenha medo de RC, de LFP, de Ganso e CIA se precisar por no banco que coloque, temos varios jogadores da base que poderiam ser utlizados, dar-lhes oportunidade.
    Para mim o Muriçoca ja deu faz tempo, pior que nao aprenderam com o que esse treinador fez no passado na libertadores, e acham que ele aprendeu?, engano quem pensa, salvou nos do rebaixamento e nos levou um segundo lugar no brasileiro que foi ridiculamente ganho pelo Cruzeiro que foi competente, perdemos pontos bobos contra times fraquissimos e em casa, e ainda acha que foi uma boa campanha so pq chegou em segundo.
    Agora precisa acordar, se nao ganhar pontos contra San Lorenzo e Danubio e ja garantirmos pelo menos o segundo lugar na frente desses sem depender de ganhar das galinhas na ultima rodada pq do jeito que esta mesmo que eles joguem so com o Cassio nao conseguiremos ganhar.

    • Em partes eu discorde de você, caro amigo. Treinador não tem que motivar, tem que treinar o time de acordo com o adversário. Motivação os jogadores tem de sobra, em média uns 150k de motivação na conta por mês (em média).
      Você não vê seu gerente (caso tenha) ficar te motivando o tempo todo. Acredito que você tenha a motivação natural para não perder seu emprego e lutar por um salário ou posto maior.

      Saudações.

      • Treinador precisa motivar aqueles jogadores que se acomodam como tem muitos no tricolor, e de que adianta ganhar rios de dinheiro se o cara nao esta feliz por algum motivo? E o treinador tem que ver esses casos e resolver logo, caso contrario acontece isso que estamos vendo, temos um bom time no papel, melhor que muitos times do Brasil só que nao joga bola, entao tem coisa muita errada e nao é de hoje isso, faz tempo.
        E a motivacao por exemplo nao é so ficar na beira do campo, mas orientando o tempo todo e nao tenho visto isso no nosso treinador.

    • A motivasssa’o alem do dim dim, extra, bonus por objetivos,
      sa’o treinamentos, treinamentos, exaustivos,
      coletivos e coletivos com paradas e correco’es e
      na’o palavrorios engana trouxa tipo:
      aqui e’ >>>>>>>>> e’, e’ nada e’ enganamento mesmo,
      tipo o que esta acontecendo conosco,
      insistimos em apontar solucoes, creio que somos do bem pra todolado
      mas esssa kartolagem e politikkkkeros insistem em fazer como querem
      contra o vento e correnteza, contra seus eleitorado.
      Ainda dizem que somos lidos por la’, sou mesmo Sa’o Tome,
      ainda se somos
      ???? Pra q ue ????????? ?????????
      Hein seu ataide, aidar, seu murici e cia, voces sa’o pe’ssimos dos pe’ssimos
      quando cometem erros primarios, e ainda insistem neles,
      no’s somos otarios de acreditar nessa vergonha toda e na’o desistir.
      Se fosse comecar tudo de novo na’o queria participar dessa enssssenassssa’o cruel, nunkkkka mais, prokuraria outro esporte menos maquiaveliko do que
      esse que adoro, talvez na’o sei vou prokurar, a gente acha com certeza.

    • Alex, vamos supor que você está com toda razão, a troca agora poderia ser um desastre catastrófico, o investimento foi muito alto, se der um passo errado pode ficar pior do que esta. Nós de fora não temos nem ideia do que acontece lá dentro, e se a culpa não for do técnico como eu acho que não é. Sempre analiso o custo benefício, acho que no momento é pior sem ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*