Destaque do Majestoso, Centurión aumenta disputa por vaga na equipe

Centurión é o único jogador do São Paulo com imagem positiva após a nova derrota para o rival Corinthians, por 1 a 0, no último domingo.

A boa atuação do argentino no Morumbi surpreendeu até mesmo o técnico Muricy Ramalho, que cogitou tirá-lo do clássico pela falta de adaptação do jogador ao dia a dia do clube e também pela falta de entrosamento com os companheiros.

Mas o meia-atacante mostrou futebol interessante jogando aberto pela esquerda, setor onde atuava pelo Racing, seu ex-clube.

Durante o Majestoso, ele inverteu de lado com Michel Bastos e também deu trabalho aos corintianos pelo lado direito.

Com o bom desempenho do argentino, Muricy provavelmente terá de repensar a formação do São Paulo para a sequência da temporada. Isso porque Alexandre Pato não podia atuar contra o rival Corinthians por uma multa contratual. Mas ele é o artilheiro do time no ano, com oito gols, e dificilmente não voltará ao time. Assim, a disputa por uma vaga certamente aumentará.

Além de Pato, Paulo Henrique Ganso, Luis Fabiano e Michel Bastos são jogadores importantes para o Tricolor. Com Centurión, um desses cinco atletas perderá lugar. Pesam contra o camisa 10 e Fabuloso a atuação apagada diante do rival Corinthians. Muricy, aliás, admitiu preocupação com o rendimento abaixo da expectativa das duas referências da equipe.

O primeiro sinal de como será o esquema daqui para frente será dado nos treinamentos dessa semana no CT da Barra Funda. Na quinta-feira, o São Paulo enfrentará o São Bento, às 19h30, no Morumbi, pela nona rodada do Paulistão. Depois, o time encara a Ponte Preta no domingo, em Campinas, novamente pelo estadual. As duas partidas serão importantes para o Tricolor encaixar um sistema pensando no “mata-mata” antecipado com o San Lorenzo, da Argentina, pela Taça Libertadores. Os times duelam nas duas próximas rodadas do torneio.

Com três pontos, o São Paulo é o segundo colocado do Grupo 2, na frente do time argentino pelo saldo de gols (2 a 0). Por isso, Rogério Ceni e todo o elenco admitem que os jogos do próximo dia 18, no Morumbi, e dia 1º de abril, no Nuevo Gasometro, serão vitais para definir a classificação do time para as oitavas de final. O Tricolor encerrará a participação na fase de grupos com o novo Majestoso diante do Corinthians, no dia 22 de abril, novamente no Morumbi.

 

Fonte: Globo Esporte

7 comentários em “Destaque do Majestoso, Centurión aumenta disputa por vaga na equipe

  1. O Muricy fala que joga que estiver melhor não é! Gostaria de ver Pato e Centurion juntos, já deu para o Luis Fabiano, acho que hoje até o Kardec esta na frente dele. Outra opção seria jogar com 3 zagueiros: Rogerio-Toloi-Doria-Edson Silva (ou R.Caio ) Volantes Sousa e Wesley(Denílson) alas Michel-Centurion Atacantes Pato e Kardec.

    • Pois e’ ele colocou tres zagueiros num treino e o time se comportou bem,
      porque nossos volantes sa’o isso mesmo volateis, voluveis, frangas
      na’o as do ku rinti anus, mas frangas mesmo. rssssssss
      ta mesmo perdidassso, nosso trenero.
      Centurion veio pra ser titular desse time onde falta vergonha e trenero e kartolagem,
      sobram torcedores apaixonados que como no’s sa’o ignorados e roubados
      ate’ quando temos de pagar 120 por um dum campionatinho di merda.

  2. Voces acham que o Murici tem peito pra tirar o Luiz Fabiano e deixa-lo no banco? mesmo que ele faca isso depois de 15 min de jogo que o tricolor não fizer gol ja vão começar a pedir o “fabuloso”. Esse cara pra mim ja passou da hora de ir embora, se oferecem uma bala Juquinha pode mandar com fita na cabeça e tudo.
    Souza na seleção? por causa disso que a gente toma de 7 da Alemanha, só estão chamando lixo pra seleção.

  3. Ele pode não estar enturmado com o grupo e estranhando a cidade, mas falar em tira-lo por isso é de uma falta de inteligencia tremenda. A pessoa pode ser tímida mas ter personalidade, o que parece acontecer com o Centurion. Foi o único com personalidade de partir pra cima da defesa do curintia driblando e sem medo de errar, coisa que os outros todos têm muito, e o Murici incentiva este medo com seus gritos na lateral do campo, principalmente com o Pato e os jovens da base. Estou com esperança desse menino fazer sucesso e nos dar muitas alegrias com a camisa do tricolor…

  4. Há coisa que realmente não entendo…

    Pouco antes da partida disseram que o Centurion estava com problemas de adaptação, e com problemas de ordem psicológicas…

    Com tudo isso ele foi o melhor do time?????? Por que os outros que estão bem não jogaram nada?????????

  5. Como a atuação do Centurion foi acima do esperado, nos dá a esperança do Murici
    montar uma equipe mais leve e com mais variações de jogadas pelas laterais. O cara joga bem nos dois lados do campo, agora deve começar a chover na nossa horta, com isso as possibilidades aumentaram muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*