Na Libertadores, aproveitamento do Arsenal fora de casa é de apenas 22%

O São Paulo enfrenta o Arsenal (ARG) nesta quinta-feira e, mesmo não jogando no Morumbi mas sim no Pacaembu, o torcedor são-paulino já tem um bom motivo para sorrir.

Jogando fora de casa, o desempenho dos argentinos em sua curta história na Copa Libertadores é ruim. Desde sua primeira participação no torneio, em 2008, o “Arse” disputou nove partidas longe de seus domínios e perdeu seis – aproveitamento de apenas 22%.

Ainda, o clube de Sarandí soma ao seu currículo duas expressivas goleadas sofridas fora de casa neste período. Em 2008, contra o Fluminense, no Maracanã, perdeu por 6 a 0. Diante da LDU  de Quito (EQU), que estava no mesmo grupo do tricolor carioca e dos argentinos, revés por 6 a 1 na Casa Blanca, no Equador.

Visitante (pouco mais) incômodo na Sul-Americana

Time modesto da Argentina, o Arsenal se acostumou mais a jogar a Sul-Americana do que a própria Libertadores. Campeões da edição de 2007 do segundo mais importante torneio continental das Américas, a equipe tem um retrospecto melhor fora de casa. São seis vitórias, três empates e quatro derrotas em 13 confrontos –  46% de aproveitamento.

Na campanha do título, dos cinco duelos que jogou como visitante, ganhou quatro e empatou apenas um.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*