Muricy diz querer acabar com concentração no SP e já projeta aposentadoria

Conhecido por cobrar muito de seus jogadores até mesmo quando fazem um bom papel dentro de campo, Muricy Ramalho quer acabar com a concentração no São Paulo por acreditar ser algo inútil. Em entrevista ao canal Fox Sports, o treinador também falou sobre sua aposentadoria.

“Estou pensando em terminar a concentração de jogadores, diminuir treinamento pós-jogo, quando joga quarta e domingo, treinamento que não serve para nada. No Santos eu consegui, os caras entenderam. Aqui eu também cortei os dois dias, quando o time estava caindo e subiu. Eu não gosto de concentrar jogadores e ficar me divertindo”, disse o treinador, que fica junto com os atletas durante o período de concentração.

“Eu estou cansado do futebol por causa da concentração, está me matando isso. Eu penso em ser opcional, porque tem jogadores que tem bebês e não conseguem dormir aí a concentração faz bem. Eu queria alguma coisa mais profissional. Boleiro tem que ter responsabilidade”,  ressaltou.

Com contrato no São Paulo até final de 2015, o técnico já pensa em se aposentar. “Com certeza não vou muito longe, porque tudo o que eu aprendi, tem muita coisa, aprendi com o Telê: ser sério. Mas uma das coisas que não quero que aconteça comigo e que aconteceu com ele é ficar doente pelo futebol. O Telê adoeceu pelo futebol. Ele morava no CT, 6h estava no campo já. É muito desgastante e eu não quero chegar a esse ponto. Tenho contrato até 2015, mas mais para frente eu não vou muito longe não”, completou Muricy.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*