Luis Fabiano admite estar fora de ritmo, mas prega superação no Uruguai

Luis Fabiano não atua desde 18 de março. Uma lesão muscular o afastou dos campos nas últimas semanas. Relacionado para o duelo contra o Danubio, quarta-feira, às 22h (horário de Brasília), no Uruguai, o camisa 9 admite não estar no mesmo estágio físico dos demais atletas do elenco. Ele começará no banco de reservas.

“Eu estou bem, mas não 100%. Falta ritmo de jogo, e para adquirir é só jogando. Mas acho que dá para encarar partida completa”, declarou o atacante ao Sportv.

Para a partida decisiva pela Libertadores, o técnico interino Milton Cruz pretende repetir a estratégia apresentada na vitória contra o Red Bull, 3 a 0, no Morumbi, pelas quartas do Paulistão. O time jogou em velocidade, com Paulo Henrique Ganso mais próximo à área. Alexandre Pato será o jogador mais avançado.

O time deverá ter três mudanças em relação ao que venceu o Red Bull. Saem os volantes Denilson, suspenso, e Wesley, que não está inscrito nesta primeira fase da Libertadores. Por opção técnica, o jovem zagueiro Lucão também fica fora da equipe titular.

No meio de campo, Rodrigo Caio assume uma vaga e Hudson também, deixando vaga a lateral direita na qual ele atuou contra o Red Bull. Na zaga, o posto é de Dória. Na lateral direita, Paulo Miranda e Auro disputam a vaga.

O time para enfrentar o Danúbio, então, teria: Rogério Ceni, Paulo Miranda (Auro), Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Rodrigo Caio, Hudson e Souza; Paulo Henrique Ganso, Alexandre Pato e Michel Bastos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*