Lucas se despede das baladas de SP com tumulto e hino do São Paulo

O relógio marcava exatamente 00h43 desta terça-feira quando Lucas chegou à balada Caribbean Disco, em São Paulo, para sua festa de despedida. Em um carro de luxo, o meia-atacante chegou e teve sossego só até descer do carro. Fãs o cercaram pedindo fotos e autógrafos em camisetas do São Paulo, clube que ele defendeu até a última quarta-feira.

A movimentação que até então permanecia tranquila do lado de fora, apesar da casa noturna receber muita gente, aumentou. Os seguranças e responsáveis pelo local tiveram de entrar em ação para conseguir fazer Lucas entrar na balada, onde aproximadamente 100 convidados o aguardavam em um camarote fechado exclusivamente para o jogador.

Depois de atender a imprensa em uma área improvisada, Lucas, enfim, conseguiu entrar na balada. Ali, mais tumulto. Desta vez, toda a segurança foi deslocada para ajudar o atleta a driblar o assédio das mulheres e chegar ao espaço reservado para ele conseguir curtir a noite. Quem ainda não havia notado a presença do craque, não demorou para fazer isso. Por volta de 1h30, o cantor anunciou Lucas na balada. Foi o suficiente para os são-paulinos presentes puxarem o hino do clube e algumas músicas de torcida.

Humilde, o jogador pouco depois pegou o microfone, agradeceu a presença de todos, festejou a conquista são-paulina da Copa Sul-Americana e ainda parabenizou Palmeiras e Corinthians pelos títulos da Copa do Brasil e do Mundial de Clubes, respectivamente. Depois, voltou a curtir o show da Turma do Pagode, responsável por animar a festa.

Acostumado com a companhia de Neymar e outras estrelas do futebol, desta vez Lucas aproveitou a balada ao lado do irmão, de alguns amigos mais próximos e pouquíssimas celebridades. Como a temporada do futebol brasileiro já acabou, os jogadores estão em férias e somente Nilton, volante do Vasco, compareceu à Caribbean. A presença do craque santista chegou a ser especulada, mas ele estava no Rio de Janeiro e não prestigiou a despedida do amigo.

Entre os mais famosos, Rodrigo Scarpa, o Vesgo e outros integrantes do programa Pânico na Band, todos devidamente convidados pelo ‘anfitrião’ da noite, que poucas horas antes havia participado de uma partida beneficente ao lado do ex-jogador Raí, no Estádio do Morumbi. Na lista de convidados, uma pessoa próxima ao jogador revelou que “70% eram nomes de mulheres”.

A predominância, de fato, era absoluta das garotas, que chegavam em peso e se aglomeravam na porta do local e formavam imensa fila para conseguirem entrar na balada, que permitia a entrada apenas de pessoas com nomes nas listas. Comportadas, poucas delas se manifestaram quando o craque desceu de seu carro importado e não dividiram espaço com os mais fanáticos em busca de uma foto.

Nesta madrugada, Lucas marcou presença pela última vez na noite de São Paulo. Nesta terça-feira, ele segue para Porto Alegre, onde participará de um jogo festivo de Ronaldo x Zidane, e depois viajará com a família para curtir poucos dias de férias antes do embarque para o Qatar, onde se juntará aos novos companheiros do Paris Saint Germain, da França. A chegada à Paris ocorrerá no começo do mês de janeiro, quando será apresentado oficialmente.

Na última quarta-feira, Lucas marcou seu nome na história do São Paulo ao levantar a taça de campeão da Copa Sul-Americana, no Morumbi, após uma conturbada partida contra o Tigre (ARG). No pódio, o capitão Rogério Ceni tirou a tarja e colocou no braço do camisa 7.

Em sua passagem pelo clube paulista, Lucas se despede com 128 partidas disputadas e 33 gols marcados. Mesmo em tão pouco tempo, sai como um dos ídolos recentes da torcida.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*