Libertadores distante deve fazer São Paulo priorizar Paulistão em 2017

O São Paulo terá o Campeonato Paulista de 2017 como uma boa oportunidade para voltar a conquistar títulos. Sem erguer o troféu da competição desde 2005, a equipe tricolor deverá se empenhar apenas no Estadual, já que as chances de se classificar para a Libertadores ficaram ainda mais remotas após a derrota nesta segunda-feira para o América-MG, vice-lanterna do Brasileirão.

O Tricolor atravessa um jejum de conquistas desde 2012, quando sob o comando do técnico Ney Franco se sagrou campeão da Copa Sul-Americana. Desde então o clube não consegue se impor nas principais competições que disputa, mas se depender do presidente do São Paulo Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, a equipe encerrará o período de 11 anos sem o domínio no Estado.

“O Campeonato Paulista é importante, sempre foi. O São Paulo sempre valorizou muito o Paulista, e agora de uma forma especial vamos voltar nossos olhos para esse próximo, mais enxuto, organizado. Acredito que vai ser um torneio agradável de jogar, vamos em busca dessa reconquista”, disse o mandatário.

Leco também reconheceu o momento ruim que o clube enfrenta desde a eliminação na semifinal da Libertadores e, posteriormente, com a saída de Edgardo Bauza do comando da equipe. Ciente dos percalços, principalmente no segundo semestre, o presidente, no entanto, se mostrou otimista quanto ao futuro tricolor.

“Que 2016 sofrido. Não terminou, mas vai terminar. É uma circunstância, uma concretização de um trabalho feito a partir de momentos difíceis que o São Paulo passou. Vamos enfrentar a nova realidade e tudo isso que está acontecendo”, completou.

Por fim, o presidente do São Paulo aprovou a nova configuração do Campeonato Paulista, que contará com 16 equipes nesta edição, ao invés de 20. Com menos rodadas na fase de grupos, Leco categorizou a competição como encantadora.

“Vejo de uma forma positiva. Acho que está havendo uma valorização do Campeonato Paulista, que é um campeonato que encanta, que mostra a mudança do futebol paulista e difícil porque tem grandes equipes, não só os quatro clubes grandes de São Paulo, mas as outras também muito bem equipadas”.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “Libertadores distante deve fazer São Paulo priorizar Paulistão em 2017

  1. Leco falando e cagando é a mesma coisa, esse nunca deveria ter entrado na presidencia nao fez nada ate agora que valesse a pena, so fez e esta fazendo merda, agora vem com esse de priorizar o paulistinha, titulo é titulo nao importa qual, isso que importa, e sem falar faz 11 anos sem ganhar um paulista, e sem nao contratar um treinador descente, jogadores descentes que queiram honrar a camisa que vestem nao ganharemos nada.

  2. Me recuso a acreditar em priorização do paulistinha. O paulista só pode interessar se puder usar toda a base para experiências e, caso isto der certo e for crescendo na competição, de-repente, quem sabe, disputar o título que, seria sim, bem vindo. Mas não jogar fichas em ser campeão em detrimento das experiências e renovações…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*