Libertadores começa nesta terça com favoritismo de times brasileiros

Maior competição de clubes da América do Sul, a Copa Libertadores 2013 começa nesta terça-feira, ainda em sua fase preliminar. Tigre-ARG e Deportivo Anzoátegui-VEN se enfrentam às 21h15, no Estádio Monumental Victoria, enquanto o León-MÉX recebe o Deportes Iquique-CHI, às 23h45.

Nesta primeira fase, 12 times brigam pelas seisvagas que ainda restam para integrar um dos oito grupos. Dois brasileiros – Grêmio e São Paulo – precisarão passar por LDU-EQU e Bolívar-BOL, respectivamente, para se garantir na fase de grupos.

Com seis representantes, o Brasil espera continuar a exercer a supremacia conquistada nos últimos anos. Internacional (2010), Santos (2011) e Corinthians (2012) venceram as últimas três edições da competição. Porém, em número de títulos, os clubes brasileiros ainda estão longe dos argentinos. Os “hermanos” já conquistaram o caneco 22 vezes, contra 16 títulos brasileiros.

Montagem sobre foto Divulgação

Pato, Luís Fabiano, Barcos, Zé Roberto, Ronaldinho e Fred garantem o favoritismo dos brasileiros

Em campo entrarão 23 títulos da competição, conquistados por Nacional, Palmeiras, Penãrol, Vélez Sarsfield, Corinthians, São Paulo, Grêmio, LDU e Boca Juniors. O time xeneize, segundo maior campeão da Libertadores, com seis títulos (perde apenas para o Independiente-ARG, que tem sete), voltou a ser comandado por Carlos Bianchi, responsável por três títulos (2000, 2001 e 2003). Sem o maestro e capitão do time, Riquelme, o Boca, atual vice-campeão, reforçou seu elenco com ex-corintiano Martínez.

Maiores vencedores uruguaios, Peñarol (cinco títulos) e Nacional (três títulos) esperam voltar a figurar entre os grandes times da América do Sul. A última conquista do país veio há 25 anos, em 1988, com o Nacional, que este ano contará com a volta do atacante Loco Abreu, ídolo da torcida, emprestado pelo Botafogo.

Regulamento

Passada a fase preliminar, 32 times se dividirão em oito grupos. Os dois melhores colocados de cada grupo se classificam para as oitavas de final da competição. A edição deste ano apresenta uma novidade em relação à punição por cartões. O jogador que receber três amarelos durante a competição será suspenso por uma partida, a exemplo do que ocorre no Campeonato Brasileiro. Até a edição do ano passado, o jogador que recebesse o cartão amarelo era punido apenas com o pagamento de uma multa.

Além da suspensão por acúmulo de cartões, que não serão zerados em nenhuma fase da competição, a Conmebol também definiu que as equipes poderão inscrever 30 jogadores, com direito a três alterações nos inscritos antes das oitavas, quartas e semifinais. Durante a fase preliminar da competição, no entanto, o limite de 25 jogadores – que valia até o ano passado – será mantido. Caso vençam seus duelos e entrem na fase de grupos, times como Grêmio e São Paulo poderão adicionar mais cinco nomes à lista.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*