Leco quer fazer mudanças no elenco do São Paulo até meio do ano

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, promete novas mudanças no departamento de futebol do clube. Após a saída do vice-presidente Ataíde Gil Guerreiro, agora diretor de relações institucionais, e do diretor da área, Rubens Moreno, substituído por Luiz Antonio da Cunha, o mandatário pretende fazer mudanças no elenco.

– Está havendo, desde a diretoria de futebol, até a presidência, uma análise constante e precisa. Faz parte do planejamento, sim (mudanças no elenco), até a metade do ano, quando abre a janela europeia. Não necessariamente que seja lá, mas que estejamos fazendo mudanças até lá – afirmou.

No ano passado, a promessa era de uma reformulação no elenco. Saíram Rogério Ceni, Luis Fabiano, Alexandre Pato e Edson Silva. O Tricolor contratou Kelvin, Calleri, Mena, Lugano e Kieza, este último transferido ao Vitória após menos de dois meses no clube.

Ameaçado de eliminação na fase de grupos da Taça Libertadores, parte do elenco do São Paulo recebe críticas por falta de comprometimento. O diretor-executivo Gustavo Vieira de Oliveira e o zagueiro Maicon cobraram isso publicamente nas últimas semanas.

– Tenho confiança e me comprometo que estamos em busca de encontrar boas soluções para nos levar a boa performance e resultados. Garanto seriedade no trabalho – afirmou Leco.

Sem vencer há cinco jogos, o Tricolor volta a campo nesta quarta-feira, contra o Botafogo-SP, às 21h45, no Pacaembu, pela 11ª rodada do Paulistão.

 

Fonte: Globo Esporte

7 comentários em “Leco quer fazer mudanças no elenco do São Paulo até meio do ano

  1. A trajetória e a formação profissional do Leco demonstram que ele é um conciliador. Foi assim quando ocupou a Diretoria de Futebol num dos mandatos do JJ. A verdade é que, todos sabem, quem mandava no futebol era mesmo o JJ, cabendo ao Leco a função de “bombeiro” quando da ocorrência de crises. Sua eleição lembra muito a do Itamar Franco. Portanto, não esperem grandes mudanças de uma pessoa que não tem esse perfil. No meu entender, sua maior façanha se resumirá em costurar um apoio das n facções existentes no clube, cada uma delas com caciques ávidos de poder. Nas décadas de 70/80/90, as fações políticas eram apenas três. Hoje já são mais de 8, de forma que, assim como no governo, a sustentação política acaba passando pela distribuição de cargos. Essa prática acaba conduzindo a funções/diretorias de peso, pessoas despreparadas. Mediante um simples olhar sobre a distribuição desses cargos dá para perceber lamentáveis equívocos. Enfim, como torcedor, associado e proprietário de cadeira cativa, espero que a atual gestão seja, efetivamente, a de transição de um ciclo vicioso para um virtuoso. Afinal, como preconizou o Gal. Porphirio da Paz: “tu és forte…tu és grande…”!

  2. dessa vez faça mudança com planejamento e com cuidado para nao erra mais .

    contrate alguém que conheça de campo e principalmente de futebol tático para se o gerente de futebol mais perto do campo e dos jogadores

    que tipo de futebol se quer vê no soberano nos próximos anos ? depois de respondido essa pergunta ai sim vão atras de jogadores e treinadores que se encaixem nessa resposta .

    juiz moro está com medo de prende o lula ou nao tem prova contra ele ?

    pra sempre soberano

  3. Péssimo gestor que é, acabou de admitir publicamente que o elenco não presta. Agora, como fará para motivar um grupo que será varrido na janela de julho?
    Ê cartolada amadora.
    PS: gostei do trabalho do Jardine, mas não sei se ele está preparado para o principal. Como vocês sabem? Nem dois técnicos consagrados como Bauza e Muricy deram conta desse elenco frágil e dividido. Um técnico inexperiente teria muita dificuldade. Nossas últimas experiências com técnicos jovens foram Doriva, Ney Franco e Sergio Baresi…

  4. Quer fazer mudanças, comece por reconhecer o erro que foi a contratação do Paton, dispense-o, contrate um técnico que tenha um olhar mais moderno sobre o futebol.
    Como não tem ninguém com este perfil desempregado, sugiro que promovam o Jardine e lhe deem segurança para fazer um trabalho de médio prazo. Vai ser barato para o clube; o momento é excelente, já que o time está essa caca e qualquer mexida do novo treinador pode dar certo; ele já demonstrou, com o time do sub20, que tem um “jeito de jogar” (esquema tático); sabe variar seu esquema; ensaia jogadas (como saída de bolas e faltas) e, o que é melhor, parece ter estrela de vencedor.
    Pense nisto presidente!!!

  5. Mas logico que vai fazer mudanças, Calleri, Maicon ja nao estarao no elenco mais, vence o emprestimo, alguns bons jogadores da base ira vender para pagar dividas, enfim vai fazer renovacao nenhuma, vai vender o que temos de bom e manter os perebas, e contratar mais meia duzia de perebas.

  6. E assim ano apos ano continuamos passando vergonha e não ganhando nada….
    Parabéns a todos mas principalmente a Conselho Deliberativo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*