Leão acumula problemas para o clássico contra o Santos

Antes de iniciar a disputa na semifinal da Copa do Brasil contra o Coritiba, na próxima quinta-feira, dia 14, no estádio do Morumbi, o São Paulo terá o clássico contra o Santos, domingo, no mesmo local. E o que poderia ser usado como o “último teste” na verdade só será motivo de mais dor de cabeça ao técnico Emerson Leão, que novamente mandará a campo um time muito desfalcado.

Na zaga, Rhodolfo, que tem um edema na panturrilha esquerda, completou nesta quarta o seu 14º dia de tratamento no Reffis. Como não treina há muito tempo, Leão não vai correr o risco de usar o atleta antes da decisão contra os paranaenses. Edson Silva, que não atuou em Porto Alegre porque tomou um medicamento com substâncias proibidas pela Agência Mundial Antidoping, formará dupla de zaga com Paulo Miranda.

No meio-campo, Casemiro está na seleção brasileira. Fabrício, que seria uma opção para o setor, ainda não está 100% fisicamente após se recuperar de uma lesão na panturrilha esquerda que o deixou longe dos gramados por 51 dias. Como o esquema com três atacantes não será repetido, Maicon aparece como principal candidato a uma nova chance no time de cima.

No ataque está o maior problema. Os dois titulares estão fora de ação. Lucas é outro que disputa amistosos pelo Brasil, enquanto Luis Fabiano tomou seu terceiro cartão amarelo em três jogos disputados e terá de cumprir suspensão automática. Osvaldo e Fernandinho brigam por uma vaga e Willian José ficará com a vaga do Fabuloso.

Leão terá três dias de treinamentos para encontrar a melhor formação possível. Apesar dos inúmeros problemas, ele não acredita que o time estará prejudicado no momento do jogo contra o Coritiba.

– Contra o Coritiba não porque terei alguns atletas de volta e o time já sabe como jogar. Eu me preocupo na verdade com o jogo contra o Santos porque precisamos da vitória. Em três jogos, nosso aproveitamento não é bom e isso tem de melhorar – finalizou o treinador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*