Kardec estipula meta de gols e cogita retorno contra ex-clubes

O atacante Alan Kardec realizou na manhã desta terça-feira, no CCT da Barra Funda, seu primeiro treino com bola desde a lesão no joelho direito. O jogador, que rompeu o ligamento cruzado anterior na derrota por 1 a 0 para o San Lorenzo, no dia 1º de abril, pela Libertadores, foi chamado por Juan Carlos Osorio e participou do trabalho de finalizações, já no fim da atividade. Desenvolto, fez gol de bicicleta, se animou e apostou nos confrontos contra o Vasco, pela Copa do Brasil,, nos dias 23 e 30, ou Palmeiras, pelo Brasileiro, no dia 27, como data para o seu retorno.

“Fiquei feliz com a minha participação. Espero voltar em breve, tenho até uma meta de sete gols até o final do ano”, afirmou o avante, que já possui os mesmos sete devido aos duelos do primeiro semestre, explicando a importância de atividades como a realizada ao lado dos companheiros depois de tanto tempo trabalhando isolado do grupo de atletas.

“É importante girar, chutar com as duas pernas. No lance da bicicleta, deu para ter um exemplo disso. A bola subiu um pouco e eu, mesmo com dificuldades, tive a confiança para saltar e tentar o chute”, comentou, lembrando a jogada que terminou em gol e rendeu aplausos dos companheiros.

Mesmo reticente em cravar quando vai poder jogar, Kardec contou que a ansiedade já o fez olhar no calendário. “Creio que o jogo da Copa do Brasil, no Morumbi, contra o Vasco. Tem o jogo contra o Palmeiras, no dia 27 também. O jogo no Rio, da volta (contra o Vasco)…”, relembrou, empolgado, antes de tentar diminuir a expectativa do torcedor. “Isso é só uma projeção minha. Depende muito do meu físico. Posso voltar nessas datas ou dez, 15 dias depois”, explicou.

Sobre o fato de a volta estar quase que destinada a acontecer diante de seus ex-clubes, o avante mostrou compaixão pelo seu passado, mas foco total em ajudar o Tricolor. “Fui muito feliz no Palmeiras e fui formado no Vasco não só como atleta, mas como pessoa. São coisa que a vida reserva para a gente”, analisou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*