Indisposto a falar, Luis Fabiano vê falta de capacidade em Curitiba

Cobrado por torcedores ao chegar a Curitiba, Luis Fabiano, atleta mais caro do elenco do São Paulo, deixou o gramado do Couto Pereira rapidamente, evitando as entrevistas. Nas poucas palavras que disse, citou incapacidade do time na derrota por 2 a 0 para o Coritiba que eliminou a equipe da Copa do Brasil.

“Neste momento, não tem o que falar. Não fomoscapazes de nos defender”, limitou-se a dizer o centroavante, que também ficou calado em campo – punido por receber muitos cartões, evitou falar ou gesticular com a arbitragem.

Outros dos principais jogadores do grupo também evitaram se manifestar demais. Bruno Cortez, por exemplo, que pouco apareceu no ataque, seguiu para os vestiários com pressa e tristeza. “Hoje (quarta-feira), não deu nada certo”, lamentou o lateral esquerdo.

Mais disposto a se declarar, Jadson ressaltou a chateação. “Não tem o que falar. È muito triste sair dessa forma após tudo que fizemos. Agora é pensar no Campeonato Brasileiro”, resumiu o camisa 10, que se entregou na partida a ponto de recuar à defesa para desarmar os adversários.

Depois de vencer o Coxa por 1 a 0 no Morumbi, o Tricolor paulista perdeu por 2 a 0 e pôs fim à sua trajetória na Copa do Brasil nas semifinais. No Campeonato Brasileiro, o clube ocupa a sexta colocação com nove pontos, a quatro do líder Vasco. Neste sábado, sem Luis Fabiano, suspenso, o time visita a Portuguesa no Canindé.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*