Em alta, São Paulo desafia fortaleza defensiva do Internacional no Morumbi

O Morumbi receberá neste domingo, às 16h (horário de Brasília), o confronto entre São Paulo e Internacional, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. E é exatamente o retrospecto no estádio que faz o Tricolor ter esperança de alcançar a segunda vitória no campeonato nacional. Já o Colorado tem como trunfo o seu sólido sistema defensivo – são sete partidas consecutivas sem ser vazado.

Na primeira rodada, mesmo atuando com um time totalmente reserva (os titulares descansaram para o duelo contra o Atlético-MG, pelas quartas de final da Libertadores), o São Paulo venceu o Botafogo, no Rio. Agora, terá seus principais jogadores à disposição para tentar embalar.

O Inter, por sua vez, mostrou sua solidez defensiva contra a Chapecoense, mas falhou na armação e na conclusão das jogadas – chegou a perder um pênalti, com Paulão. Neste domingo, a equipe de Argel já não contará com o goleiro Alisson, negociado com o Roma, da Itália. Como a defesa irá se comportar sem o seu líder?

Danilo Fernandes Inter (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)Danilo Fernandes assume o gol da vaga de Alisson (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)

Ataque x defesa
O São Paulo vai apostar na fórmula que vem dando certo nos jogos da Taça Libertadores: pressão na saída de bola dos adversários e velocidade pelas laterais. A equipe sempre se dá bem quando seus atacantes apertam a defesa adversária, os volantes sobem e os zagueiros dão o combate quase na linha intermediária defensiva. Além disso, a equipe tem saída rápida pelas pontas, com Kelvin aberto pela direita e Centurión, que será o substituto do machucado Michel Bastos, na esquerda. Arma importante para contra-atacar quando for necessário.

Para tentar frear o ímpeto tricolor, Argel arma a barreira vermelha. A defesa colorada cresceu na reta final do Campeonato Gaúcho e já são sete jogos sem saber o que é sofrer gol. Danilo Fernandes assume o gol do Inter. Já a tarja de capitão ficará com o zagueiro Paulão. Resta saber como ele vai reagir à penalidade perdida contra a Chape.

Artilheiro em jejum x meio que não “pensa”

Calleri São Paulo (Foto: Rubens Chiri / site oficial do São Paulo FC)Calleri não marca há três partidas pelo Tricolor na temporada (Foto: Rubens Chiri / site oficial do São Paulo FC)

Apesar de ser idolatrado pela torcida, Calleri enfrenta um jejum de gols no São Paulo. Já são três jogos em branco na Libertadores, contra Toluca, na primeira fase, e as duas partidas diante do Atlético-MG, pelas quartas de final. Por isso, nada melhor do que voltar a jogar em casa, diante do seu torcedor, para ganhar ainda mais motivação e voltar a balanças a rede.

No Inter, o problema é a falta de criatividade do meio-campo. Sem Anderson, lesionado, Argel deverá apostar em um sistema com três volantes: Fernando Bob, Fabinho e Anselmo, recém contratado. Craque do Gauchão, Andrigo seria então o principal responsável em organizar o time, o que não conseguiu fazer na primeira rodada. Diante da Chapecoense, o time abusou da ligação direta a partir de lançamentos de Paulão. Com pouca criatividade, aposta em cruzamentos, sobretudo, a partir de cobrança de faltas ensaiadas – ponto forte da equipe.

Morumbi
Sem dúvida, tem sido a arma mais poderosa do São Paulo na temporada. Desde que o estádio foi reaberto após a reforma do gramado, a equipe cresceu e renasceu na temporada. No local, o time acumula quatro vitórias: contra Oeste, Trujillanos, River Plate, Toluca e Atlético-MG. O Tricolor não perde para o Inter em casa desde 2013, quando foi batido por 1 a 0, no dia 24 de julho.

Nas 19 partidas longe do Beira-Rio pelo Brasileirão de 2015, o Inter venceu apenas três, empatou seis e perdeu em dez oportunidades, o que resultou em aproveitamento de 26,31% longe de casa. É outro ponto que o técnico Argel trabalha para evoluir na temporada.

Veja os detalhes da partida entre São Paulo x Internacional:

Local: Morumbi (SP)
Data e horário: domingo (22/5), 16h (de Brasília)
São Paulo: Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio (Lugano) e Matheus Reis; Hudson e Wesley; Kelvin, Ganso e Centurión; Calleri
Desfalques: Thiago Mendes, Michel Bastos, Wilder, Breno, Caramelo e Carlinhos
Inter: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Anselmo, Fernando Bob, Fabinho, Andrigo e Eduardo Sasha; Vitinho
Desfalques: Valdívia, Anderson e Rodrigo Dourado
Arbitragem: Pericles Bassos Pegado Cortez (Fifa/PE), auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG)
Transmissão: TV Globo para RS (com Paulo Brito, Mauricio Saraiva e Márcio Chagas da Silva) e Premiere e Premiere HD (com Milton Leite e Belletti)

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.