Elenco bem servido e com disposição

Com mais um dia para finalizar a preparação do time são-paulino antes do duelo contra o Marília, que será disputado no próximo domingo (22), no Morumbi, o técnico Muricy Ramalho utilizará as atividades deste sábado (21) no Centro de Treinamento da Barra Funda para definir os 11 escolhidos para o confronto válido pelo Campeonato Paulista de 2015. E os números mostram que se o treinador der uma oportunidade aos atletas que não têm atuado com regularidade, a equipe são-paulina continuará ‘bem servida’.

Nas duas vezes que o técnico Muricy Ramalho escalou uma equipe totalmente diferente da que costuma atuar, o time correspondeu: vitórias sobre o Bragantino (5 x 0, em Bragança) e Ponte Preta (2 x 1, em Campinas). “Estamos em processo de recuperação. Após jogos decisivos, fazemos um estudo da recuperação dos jogadores. Sentimos que alguns jogadores deram a mais e sentiram um pouco”, avaliou o comandante, que completou.

“Estamos preocupados para não machucar jogadores. E depois tem um clássico (contra o Palmeiras, na quarta). Não tem pressa. Temos alguns jogadores pendurados, como o Ganso por exemplo. Então, vamos olhar com carinho”, acrescentou Muricy, que terá uma série de desfalques para o embate contra o clube do interior, mas poderá apostar no bom momento do Tricolor na temporada.

O goleiro Denis (cirurgia no ombro), o zagueiro Dória (entorse no tornozelo esquerdo), o lateral-esquerdo Reinaldo (dores no músculo adutor esquerdo), o atacante Alexandre Pato (entorse no tornozelo direito) e o volante Hudson (suspenso pelo terceiro amarelo) não medirão forças contra o Marília.

No entanto, apesar das baixas, a sequência vitoriosa do São Paulo motiva o time. O Tricolor vem de três vitórias seguidas, contra São Bento (1x 0), Ponte Preta (2 x 1) e San Lorenzo-ARG (1 x 0). Uma vitória neste final de semana fará a equipe completar sua primeira quadra na temporada. Além disso, os anfitriões jamais perderam para o Marília jogando no Morumbi. Em dez jogos, são nove vitórias e um empate.

“Os jogadores mostraram quarta-feira já (motivação). Estamos vindo de três vitórias seguidas. Temos de entender que os jogos importantes, como de quarta-feira, são fundamentais. Demos a resposta. A torcida não criticou, só ajudou. Tem de estar junto: time e torcida. Aí fica mais fácil vencer”, opinou Muricy, que enalteceu a vibração dos atletas no triunfo sobre os argentinos.

“Conversamos sobre isso. Um jogo muda tudo para o bem e para o mal. Comentei com eles sobre a nossa vibração do gol. Todos festejaram muito. O Michel Bastos foi quase fora do estádio comemorar. Foi um jogo sofrido, às vezes não se joga bem, mas aconteceu com outros brasileiros. Tem de ganhar. O nosso time foi muito competitivo”, finalizou.

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*