É carnaval: folga rara e bom ambiente trazem paz ao São Paulo

O treinamento do São Paulo nesta sexta-feira, no CT da Barra Funda, não teve nenhum vestígio de uma equipe que esteve ameaçada de rebaixamento em 2013. Os sorrisos, as brincadeiras e o clima descontraído se devem, em parte, à primeira vitória fora de casa, conquistada na quarta-feira diante do XV de Piracicaba. O outro motivo é o carnaval: sem jogos do Paulistão, os jogadores terão folga no sábado e no domingo.

“Desde 2004, é a primeira vez que não jogo no sábado de carnaval. Temos o sábado e o domingo livres, dá para descansar porque durante a semana que vem temos jogos importantes. É sempre bom vencer, o ambiente fica melhor. Sabíamos que era questão de tempo, evoluímos e conseguiram a primeira vitória de muitas fora de casa”, afirmou o volante Maicon.

O bom momento, assim como a expectativa pelos dias de descanso, também são comemorados pelo lateral direito Luis Ricardo, que marcou em Piracicaba seu primeiro gol com a camisa do São Paulo.

“Tem tudo a ver com a vitória, a gente estava precisando dessa consistência, de vencer fora de casa. Essa vitória veio para lavar a alma, vencendo, o ambiente fica um pouco mais feliz. Ainda mais que estamos prestes a ter uma folga aí, temos que saber aproveitar” disse o lateral.

Apesar da tranquilidade e dos dias longe da cobrança dura de Muricy Ramalho, os jogadores são paulinos garantem que o carnaval terá mais descanso do que festa.

“Tem que ter consciência, não tem menino aqui dentro. A folga é para descansar, vou para casa ver minha família, temos que saber que segunda começa tudo de novo. É um descanso importante, mas com responsabilidade” afirmou Maicon.

Luis Ricardo também revelou uma programação semelhante para os dias de folga, com descanso e foco na família.

“Sou de Goiânia, meus familiares estão chegando aqui, porque o tempo é curto para eu ir para lá. Vou passar junto com eles aqui, está de bom tamanho”, contou.

Os jogadores também salientaram a evolução do time do São Paulo, e garantiram que, na fase de mata-mata, a briga será pelo título do Paulistão 2014.

“Eu não nos vejo atrás de ninguém, a gente está tendo uma melhora, isso vai fortalecer muito na hora do mata-mata. Aí é diferente, é São Paulo, time grande. Na hora que entrar o mata-mata a gente vai ver quem é quem”, finalizou Maicon.

O elenco são paulino fará mais um treinamento na tarde desta sexta-feira, fechado para a imprensa. Na atividade da manhã, Pabón, liberado para acompanhar o nascimento do filho na Colômbia, e Rogério Ceni, poupado, foram os desfalques.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*