Disputando a vaga de Lucas, Douglas ressalta atuações no setor ofensivo

Lesões, suspensões e convocações têm atrapalhado Ney Franco a cada rodada. Contra o Palmeiras, Luis Fabiano retornou, mas Rhodolfo, suspenso, ficou fora. Dessa vez, diante do Vasco, o treinador não poderá contar com Lucas, que está com a Seleção. Mantendo o esquema com três atacantes, Douglas e Ademilson surgem como opções.

Com o camisa 7, o rendimento do São Paulo é de 69%, superior ao do Atlético-MG, vice-líder. Sabendo das adversidades sem o atacante, o treinador já trabalha com duas possibilidades para o setor ofensivo.

Ademilson voltou a treinar com o grupo no campo na tarde desta segunda-feira. O atacante ainda sente algumas dores oriundas do trauma no pé direito que sofreu na semana passada, mas diz ter condições de viajar para o Rio de Janeiro.

Mas o favorito é Douglas, que perdeu espaço na lateral direita para Paulo Miranda. Na última partida, o treinador já colocou o camisa 23 mais avançado na segunda etapa, como forma de teste para os próximos três jogos, em que não terá Lucas. Nos treinos, jogando mais à frente, o lateral tem agradado e chegou a fazer dois gols no coletivo de quinta.

– Eu já treinei nessa posição na semana passada. No jogo (contra o Palmeiras) eu entrei nessa função. Se eu entrar no lugar de Lucas, vou procurar fazer o meu melhor – declarou Douglas, em entrevista exclusiva ao LANCENET!.

Centralizado entre os atacantes, Luis Fabiano ressalta a importância de Lucas para o elenco e mostra as diferenças técnicas entre os substitutos do camisa 7.

– Para o meu estilo de jogo, muda pouco. Porque tenho minha característica e vou jogar igual sempre. Mas muda um pouco a característica do time. Não tem nenhum jogador no elenco que se pareça com o Lucas. O Ademilson é de velocidade, mas é  jovem. O Douglas é um lateral, que pode ser improvisado. Mas o Lucas é o Lucas, é diferenciado – declarou o centroavante Luis Fabiano.

No treino desta terça-feira, antes de embarcar para o Rio, Ney Franco deve definir a equipe.

BATE-BOLA COM DOUGLAS:

Em qual posição você prefere atuar, na lateral ou no ataque?
Eu sou lateral e prefiro a lateral. Foi lá que eu mostrei o meu futebol, onde eu tive a oportunidade de jogar pelo São Paulo. Mas, eu procuro ajudar o clube, independente da função, eu procuro fazer o meu melhor.

Avançado, você terá mais liberdade para atacar. É melhor para você?
Sim, é uma posição boa. Você recebe a bola e tem uma opção a mais de passe. É mais fácil, por estar mais perto da área, dar mais passes para gol. É uma posição melhor para jogar e vou procurar fazer um bom jogo, caso o professor opte por mim.

Em quais aspectos Ademilson tem mais vantagens do que você?
Eu creio que o Ademilson jogou duas vezes aqui, até de centroavante. Ele segura mais a bola, joga mais aberto, acompanhando mais o lateral, e já está adaptado na posição. É um jogador de qualidade, que ajudou a equipe várias vezes.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*