Diego Aguirre se recusa a falar sobre título do São Paulo

O técnico Diego Aguirre se negou a falar sobre as chances de o São Paulo ser campeão brasileiro após sua equipe vencer mais um jogo na competição. Neste domingo, a vítima da vez foi o Sport, e embora o Tricolor tenha conseguido manter a liderança na disputa por pontos corridos, o comandante uruguaio mostrou que não deixará o elenco ser contagiado pelo ‘oba-oba’ da torcida.

“Não falo em nenhum momento que o São Paulo será campeão. O São Paulo está bem, é um campeonato muito difícil, tem muitos jogos pela frente. Estamos em um bom momento, que temos que cuidar, trabalhar cada vez mais, porque há muitos jogos e ainda teremos muitas dificuldades. Não podemos falar nada disso de ser campeão, porque realmente falta muito”, afirmou Diego Aguirre.

Com o resultado deste domingo, o São Paulo foi a 38 pontos na tabela após 18 rodadas e se manteve com um tento a mais que o Flamengo, vice-líder do Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada, o Tricolor recebe a Chapecoense no Morumbi na tentativa de faturar o título simbólico do primeiro turno, o que seria mais um grande passo rumo ao possível heptacampeonato nacional.

“Sei que é uma boa pontuação, mas o importante é manter o nível e continuar jogando como jogamos até agora. Como falo sempre, temos que tentar ganhar o próximo jogo. Os pontos são bons, mas o importante são os pontos ao final do campeonato. Temos que manter a regularidade e ir jogo a jogo”, prosseguiu o uruguaio.

Por fim, Diego Aguirre elogiou a postura de seus comandados neste domingo, em Recife, onde não ofereceram muitas oportunidades para os donos da casa. Mantendo a posse de bola a todo o momento e com certa facilidade para criar jogadas de perigo, o São Paulo não decepcionou e voltará para casa com mais três preciosos pontos na bagagem, chegando a somar sete vitórias nos últimos oito jogos pelo Brasileirão.

“Valorizamos a bola, tivemos personalidade para administrar os momentos do jogo. Quando estivemos ganhando, o time não perdeu a bola, teve muita qualidade para se manter e em todo o momento estávamos ameaçando o Sport, porque as transições da equipe foram muito boas com Everton e Rojas. Fizemos um jogo muito bom do princípio ao fim”, concluiu.

O São Paulo volta a entrar em ação pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo, quando recebe a Chapecoense, às 19h (de Brasília), no Morumbi. Antes disso, o time tenta se classificar para as oitavas de final da Copa Sul-Americana na quinta-feira, contra o Colón, da Argentina, às 21h45 (de Brasília).

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*