Denis se defende após falha no gol do River: “Tentei fazer o que dava”

O goleiro Denis terá de lidar com diversas críticas nos próximos dias após falha feia no gol do River Plate, nesta quinta-feira, que decretou o empate por 1 a 1 entre os argentinos e o Tricolor. A bobeira se deu quando os paulistas lideravam por 1 a 0 e haviam acabado de perder a chance de ampliar. Ao sair do gol, ele socou uma bola fácil para frente e acabou acertando Thiago Mendes. Dessa forma, foi encoberto e teve de escutar a comemoração da torcida.

“Se ele não tivesse ali, eu tinha afastado a bola”, disse o arqueiro, ainda desconcertado pela gravidade da falha, tentando achar uma explicação para o lance com o fato de o volante estar dentro da área da equipe em um escanteio para o adversário. “É isso aí, goleiro tem que sair e fazer o que dá. Tentei socar a bola e aconteceu isso”, continuou.

Também envolvido no lance, Thiago praticamente só ficou sabendo do erro do companheiro quando viu a redonda cruzar a linha do gol são-paulino. “Nem vi a bola. Só senti que ela bateu em mim e lamentei”, afirmou o meio-campista, que reclamou bastante da arbitragem do chileno Julio Bascuñan. Para ele, houve pênalti claro de Domingo sobre o próprio volante no final do jogo.

“Naquele lance eu fui tocado por baixo e agarrado por cima. O juiz só dava falta para um time, amarelando o time todo. Fomos muito prejudicados pela arbitragem”, completou o jogador, revoltado com o fato de o clube ter perdido a chance de sair com a vitória.

Bauza minimiza erro – Em entrevista coletiva após a partida, o Patón procurou não dar importância para a falha de Denis no gol do River Plate. “Se comete um erro, tem que conviver com ele. Mas Denis também pegou três bolas difíceis”, afirmou o treinador, antes de reforçar o coro contra o árbitro Bascuñan. “Um erro nos custou o gol, mas seguimos na luta”.

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Denis se defende após falha no gol do River: “Tentei fazer o que dava”

  1. Goleiro dos 6-1. Goleiro fraco, famoso chama-gol. Entererrou o time ontem.
    Não sabe sair nos cruzamentos e rebate todas as bolas sempre nos pés dos atacantes, ontem, no zagueiro do próprio time.

    É uma posição que o SPFC precisa repor urgentemente. Todo grande time começa com um grande goleiro. Tente lembrar de 1 só time campeão do SPFC sem um grande goleiro. Não existe.

    Mas o diretor de futebol é o Ataíde, ou seja, goleiro do nível da competência dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*