Defesa zerada em casa vira trunfo do São Paulo para decisão

O São Paulo conquistou a vantagem de poder empatar sem gols contra a Universidad Catolica pelo jogo de volta da semifinal da Copa Sul-Americana que se classifica para a final. Para isso, o Tricolor tem um trunfo: a sua defesa zerada em seus domínios durante a competição.

Nos três jogos em que atuou como mandante nesta edição da Sul-Americana, o São Paulo não sofreu gols: venceu o Bahia por 2 a 0, a Universidad do Chile por 5 a 0 e empatou com a Liga de Loja sem gols.

No duelo desta quarta-feira contra a Catolica, basta ao São Paulo não sofrer gols que sairá com a vaga para a final da Sul-Americana. No jogo de ida, as duas equipes empataram por 1 a 1 no Chile, com direito a pelo menos três chances claras de gol perdidas pelo Tricolor.

“A questão de não sofrer gols é de toda a equipe. Os atacantes voltam para marcar, isso ajuda bastante. Esperamos fazer isso no jogo de quarta”, pediu o zagueiro Rafael Toloi.

O São Paulo enfrenta a Universidad Catolica às 21h50 desta quarta, no Morumbi, em duelo que vale vaga na final da Copa Sul-Americana. Quem passar, enfrentará Tigre ou Millonarios na decisão.

Apesar da conquista da vaga na Libertadores de 2013 após dois anos de jejum, todos no São Paulo são unânimes em admitir que querem o título da Sul-Americana para acabar o incômodo tabu de quase quatro temporadas sem troféu.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*