De volta com golaço e nova marca, Ganso vibra: ‘Essa foi na raça’

Destaque da vitória do São Paulo por 3 a 2 sobre o Huachipato (Chile), nesta quarta-feira, o meia Paulo Henrique Ganso participou diretamente da jogada do primeiro gol, marcado por Michel Bastos, e anotou o segundo com um tiro de classe ainda no primeiro tempo. O gol marcado no jogo de volta nas oitavas de final da Copa Sul-americana, e que garantiu a vaga tricolor na próxima fase, estabeleceu uma nova marca para o camisa 10, que vive sua temporada mais artilheira desde que foi contratado do Santos, em setembro de 2012.

O gol marcado diante dos chilenos foi o sexto de Ganso em 2014 e 11º na trajetória com a camisa tricolor. Ao explicar o lance de categoria que enganou o goleiro Jiménez, Ganso não poupou elogios à própria finalização.

– Eu peguei de chapa na bola, peguei bem, foi uma bela jogada. Quando vi o goleiro posicionado decidi colocar no canto e acabou dando certo. Mas mais importante do que o gol foi nossa classificação – vibrou o armador do São Paulo.

Ganso cumpriu suspensão na rodada do fim de semana do Campeonato Brasileiro, quando o São Paulo foi derrotado por 1 a 0 pelo Atlético-MG. Descansado para a partida da Sul-americana, o meia enalteceu a raça da equipe no Estádio CAP, em Talcahuano.

– Nosso time foi guerreiro, porque sofremos bastante pressão. Jogamos bem mesmo muito tempo com um jogador a menos e acabou sendo uma classificação no suor. Conseguimos nos defender e o Boschilia matou o jogo. Essa aqui foi na raça – disse o camisa 10.

Fonte: Lance

Um comentário em “De volta com golaço e nova marca, Ganso vibra: ‘Essa foi na raça’

  1. Não sou dos maiores admiradores do Ganso, mas, ontem, talvez tenha sido o melhor jogo dele com a camisa do SP. É muito bonito vê-lo jogar desmarcado: ele é um artista da bola; seus lances são de uma beleza ímpar. Agora: ele deixou de fazer mais dois gols na partida por excesso de brilhantismo quando, de frente para o gol, arrematou sozinho com “categoria” quando para o bem da equipe deveria ter enfiado o pé. O jogo acabou bem e o fato passou despercebido; agora se os chilenos tivessem levado, o que talvez fosse esquecido seria seu golaço. . .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*