Ceni deseja sorte ao Palmeiras contra rebaixamento: ‘Só depois de sábado’

O clássico do próximo sábado entre São Paulo e Palmeiras envolve objetivos bem distintos no Morumbi. Enquanto o dono da casa tenta se aproximar do G4, já que está em quinto, quatro pontos atrás do Vasco, o visitante ainda vive a angústia da briga contra o rebaixamento. Em 18º e a três pontos do Coritiba, último clube fora da zona dos que caem, o Palmeiras vem de duas boas vitórias sob o comando do técnico Gilson Kleina, o que faz Rogério Ceni acreditar na recuperação do rival. Diplomático, o goleiro até desejou sorte ao adversário, mas brincou: só depois da próxima rodada.

Ceni ressaltou que o Palmeiras pode sair da zona de rebaixamento já no fim de semana, pelos pontos, mas espera que o São Paulo consiga frear, ao menos momentaneamente, a reação alviverde.

– É completamente possível o Palmeiras sair dessa situação, tem toda chance. Espero que consiga a partir da próxima rodada. Que o Palmeiras tenha toda sorte do mundo, mas depois de sábado (risos).

Pela necessidade de ambas as equipes de vencerem a partida no Morumbi, o goleiro acredita num jogo aberto. Na última segunda-feira, inclusive, ele conversou com Luis Fabiano e saiu otimista quanto às chances de o atacante estar em campo no sábado. O Fabuloso foi o autor do gol tricolor no empate entre as equipes, no primeiro turno, justamente na estreia de Ney Franco.

Depois que Gilson Kleina assumiu o comando do Palmeiras, em substituição a Luiz Felipe Scolari, a equipe venceu Figueirense e Ponte Preta, marcou seis gols nos dois jogos e vive um momento bem melhor do que no início do segundo turno. Além do fator psicológico, a bola parada de Marcos Assunção representa a maior preocupação de Rogério.

– Em clássico não existe posição de tabela. O Palmeiras tem virtudes, é um time alto, forte, brigador, tem uma ótima bola parada e querem sair da posição incômoda em que estão. Acredito que será um jogo bem ofensivo porque o empate não serve a ninguém.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*