Bolívar contrata zagueiro ‘quebra-ossos’

Se os jogadores do São Paulo pensavam que a violência em campo iria acabar após a confusão com o Tigre, na Sul-Americana, estavam enganados. O Bolívar (BOL), adversário do São Paulo na estreia da Copa Libertadores, dia 23 de janeiro, no Morumbi, contratou o zagueiro Nelson “Quebra-Ossos” Cabrera. Ele estava jogando no Chongqing Lifan FC (CHI).

O paraguaio recebeu este apelido dos companheiros devido às suas “delicadas” entradas nos adversários. Não é à toa que os zagueiros paraguaios são considerados durões. E para piorar, o jogador se mostrou entusiasmado com a chance de enfrentar o São Paulo na Libertadores.

– Venho ao Bolívar para triunfar, porque se trata de um dos clubes mais importantes da América do Sul. Será uma grande responsabilidade ser parte desta instituição, jogar uma Copa Libertadores da América e ter como rival, nada menos que o poderoso São Paulo. Um grande desafio – disse o Quebra-Ossos.

Com fama de jogador violento, o paraguaio Nelson Cabrera não tem grandes feitos no futebol. Em 2009, quando atuou no Colo-Colo (CHI), o Quebra-Ossos fez apenas duas partidas e foi expulso em ambas. Depois, foi emprestado para o Cluj (ROM) e só voltou ao Chile em 2011, quando também não foi aproveitado na equipe.

O jornalista chileno Raúl Neira, do tablóide “El Mercurio”, fez uma rápida análise do jogador.

– O Colo-Colo havia pagado R$ 2 milhões ao Cerro Porteño por Nelson Cabrera. Ele possui muita envergadura física, mede 1,91m, e se impõe nas jogadas aéreas, e nada mais. Muito lento, ele não rendeu o investimento. É violento por sempre chegar tarde nas jogadas.

Quem é o ‘Quebra-ossos’

Nome: Nelson David Cabrera Báez
Apelido: Quebra-ossos
Nascimento: Itauguá (PAR), no dia 22 de abril de 1983.
Posição: zagueiro
Clubes por onde passou: Olimpia (PAR) (2004/2005), Cerro Porteño (PAR) (2005/2008), Colo-Colo(CHI) (2009), Cluj (ROM) (2009/2010), Colo-Colo (CHI) (2011) e Chongqing Lifan F.C (CHN) (2012).

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*