Após perder Jadson, Autuori cobra ‘foco na bola’ para evitar cartões

Mais do que acertar o time, o técnico Paulo Autuori terá de atacar como psicólogo no São Paulo. Depois de Luis Fabiano desfalcar o Tricolor em virtude de um cartão amarelo recebido por reclamação contra o Fluminense, agora é a vez do meia Jadson ficar fora da partida diante do Náutico, nesta terça-feira, às 21h, na Arena Pernambuco, pelo acúmulo de advertências.

O camisa 10 foi punido logo no primeiro tempo do empate sem gols frente ao Botafogo, domingo, no Maracanã. O armador impediu que o zagueiro Dória cobrasse rapidamente uma falta perto da linha de fundo e acabou penalizado pelo árbitro Sandro Meira Ricci.

– Melhoramos nisso, mas dá para evitar. Vamos esquecer o árbitro. Nosso foco precisa ser só a bola – afirmou o treinador.

Na semana passada, o centroavante Luis Fabiano reclamou contra uma decisão da arbitragem contra o Fluminense, no Morumbi, e também recebeu um amarelo. A advertência o tirou do confronto contra o Botafogo. O mesmo aconteceu com o atacante Aloísio, que cometeu uma dura falta no meio de campo.

– Quando cheguei, tínhamos expulsões em quase todos os jogos. Isso parou. Foi um passo grande, mas ninguém sai do zero para o 100. É preciso conversar e trabalhar dia a dia – ressaltou.

Para a partida no Recife, cinco jogadores estão pendurados com dois cartões amarelos e correm risco de desfalcar o time contra o Criciúma, quinta-feira, no Morumbi. São eles: o zagueiro Antônio Carlos, o lateral-direito Douglas, os volantes Rodrigo Caio e Wellington, além do meia Paulo Henrique Ganso.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.