Após eliminações, São Paulo afasta Cañete, Cortez e Fabrício e mais 4

 

O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, comunicou à imprensa nesta sexta-feira que os jogadores Cañete, João Filipe, Wallyson, Fabrício, Cortez, Luiz Eduardo e Henrique Miranda ficarão afastados do elenco principal. O São Paulo treinará no CT de Cotia após as eliminações no Paulistão e Libertadores.

 

Juvenal não falou em “lista de dispensas”, até para evitar desvalorização dos atletas. Mas todos os sete jogadores estão autorizados a negociar com outros clubes.

 

“Os atletas João Filipe, Cañete, Wallyson, Fabrício, Cortez, Luiz Eduardo, Henrique Miranda não irão [para Cotia]. Ficarão treinando com outros. Eles vão ser emprestados, sobretudo Luiz Eduardo e Miranda, que precisamos de reciclagem, porque acreditamos neles. Eles vão ser emprestados ou comercializados, em princípio, neste instante”, declarou Juvenal.

O clube avaliou que faltou maior comprometimento a Wallyson e Cañete nos treinamentos. Wallyson, por exemplo, viu o recém contratado Silvinho, ex-Penapolense, ganhar uma vaga no ataque tricolor contra o Atlético-MG, derrota por 4 a 1, mesmo com poucos dias no São Paulo.

Cortez perdeu espaço no time nesta temporada. Carleto ganhou a posição na lateral. Outra medida adotada pelo clube após as eliminações nos torneios foi reintegrar o lateral-esquerdo Juan, que vinha treinando com os times de base, em Cotia.

Juvenal aproveitou o contato com os repórteres no CT da Barra Funda para reiterar apoio a Ney Franco. O mandatário tricolor espera que as duas semanas sem jogos sirva para o treinador avaliar novos reforços e atletas promovidos ao time principal.

“Em Cotia, ele [Ney Franco] vai agregar os atletas, Silvinho, que já esta agregado, o Renan Ribeiro, que veio do Atlético-MG, o meio-campista Alan, o zagueiro Diego, vai experimentar o zagueiro Lucão, e o Lucas Evangelista vai passar por teste por causa da idade. E traremos num prazo curto mais dois ou três atletas daqui ou do exterior para o segundo semestre”.

O São Paulo volta a campo no dia 26 de maio, contra a Ponte Preta, em Campinas, na estreia no Campeonato Brasileiro.

Fonte: Uol


6 comentários em “Após eliminações, São Paulo afasta Cañete, Cortez e Fabrício e mais 4

  1. Falando em contratações podemos pensar que:
    1 Fabuloso + 1 Lucio (salários) = paga o SALÁRIO de um LUGANO !
    1 Fabuloso (salário) = paga o salário de um NILMAR e sobra dinheiro !
    1 Fabuloso vendido = paga o salário de um empréstimo de um KAKÁ !
    Salários de Cortez, Canete, Fabrício, João Felipe, Rodolpho… paga o salário de um COATES !

  2. Estou triste…snif…snif…o REFIS acabou de perder o Gerente Cañete e o Subgerente Fabrízio. Brincadeira à parte, e o Douglas?
    E o Lúcio? E o Admilson? E o Carleto? E o Paulo Miranda? Essa faxina visou apenas reservas, fruto de contratações desastrosas norteadas nas indicações de Milton Cruz…Precisamos de uma faxina maior, envolvendo gente da Comissão Técnica, como Milton Cruz e os fisioterapeutas que são coniventes com jogadores chinelinhos…e terminando, é claro, no Monarca Absolutista que reina fazendo de conta que entende de futebol!

  3. Ahhh não, vão deixar o salário Fabuloso que não joga e decide nada e mandar o Wallyson embora, olha só como se gerencia o dinheiro do clube. Rezem muito pro Fabuloso não se contundir nos treinos e ficar o restante do ano assistindo os jogos pela telinha como já é de praxe.

  4. Excetuando Cortez dispensou-se quem já não estava atuando, pouca ou nenhuma influência tiveram nos resultados, logicamente eram reservas com quem não se podia contar, mas e LF quando se pode contar com ele?

Deixe uma resposta para fernandes Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*