Após 3ª derrota em 7 jogos, Ney crê em título e avisa: nada mudará

Ney Franco assumiu o São Paulo em quarto lugar no Brasileiro e o comandou em sete rodadas. Perdeu três jogos, empatou um e venceu três no torneio – ainda bateu o Bahia pela Copa Sul-americana – e a equipe, a quatro partidas do fim do primeiro turno, está na sexta posição. Mas o técnico está convicto de que faz um bom trabalho e ainda acredita que será campeão neste ano.

A derrota para o Fluminense, nesta quinta-feira, em duelo vital para o time se firmar na parte de cima da tabela, não muda a convicção do treinador. “Tento armar o time sempre buscando o resultado positivo. Hoje (quinta-feira), infelizmente, não conseguimos por não termos competência para vencer”, disse o técnico do Tricolor paulista.

A base do argumento dele são as vitórias sobre o Flamengo em fase e diante de Bahia (este pela Copa Sul-americana) e Sport, que brigam contra o rebaixamento. “Jogamos bem em três jogos consecutivos e ganhamos. Não é por vir ao Rio e perder do Fluminense que vou mudar tudo. Hoje, também fizemos um bom jogo, mas não fomos felizes”, apontou.

Rubens Chiri/Site Oficial SPFC

Técnico assumiu o time em quarto lugar e agora está em sexto, mas está convicto de que faz um bom trabalho

Que ninguém espere por mudança na equipe. “Se em todo jogo que tiver tropeço eu quiser mexer na estrutura da equipe toda, haverá problema por não termos sequência. Não é por falta de resultado que posso mudar tudo que foi trabalhado até agora. Até porque não tem tempo para treinamento, no domingo já temos jogo.”

 

Contra o Grêmio, no Morumbi, o objetivo é vencer para entrar na faixa que dá vaga na Libertadores, o que é uma obrigação neste ano na visão da diretoria. Embora Ney Franco, que se apresentou há um mês pedindo cobrança por títulos nesta temporada, ainda veja possibilidade de alcançar o Atlético-MG, líder com um jogo a menos e com dez pontos a mais em relação ao São Paulo.

“O líder e o vice-líder deram uma arrancada, mas o quarto colocado está a três pontos e é o nosso próximo adversário”, lembrou o treinador, sonhando também com o troféu da Copa Sul-americana. “O pensamento é de título e temos duas competições. Vamos buscar título nas duas. E não estamos ainda nem na metade do Brasileiro. É dessa forma que encaro”, continuou.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*