Após 2012 com caldeirão, rival do São Paulo sofre para embalar em casa

Depois de viver um ano contando com um verdadeiro caldeirão, o Arsenal de Sarandí ainda não conseguiu fazer seus torcedores gostarem de ver jogos em casa. Com três jogos e um aproveitamento de 44% como mandante, o próximo rival do São Paulo na Libertadores não vive seus melhores momentos atuando no Julio Humberto Grondona.

Em três jogos, o Arsenal venceu uma, empatou por 0 a 0 e perdeu outra de goleada para o Atlético-MG, por 5 a 2. Curiosamente, em 2012, o aproveitamento beirou os 70%, com 15 vitórias, cinco empates e apenas cinco derrotas.

Nesta Libertadores, o São Paulo jogou só uma vez como visitante e perdeu. Foi no 2 a 1 para o Atlético-MG, no Estádio Indpendência.

Para tentar tirar proveito da instabilidade do Arsenal, o São Paulo viaja para a Argentina já na quarta-feira, onde faz um reconhecimento do acanhado estádio às 17h, sem a presença de imprensa. O jogo está marcado para 21h30 e pode ser decisivo para a sequência da competição.

“Fácil não vai ser. Vai ser um jogo um pouco truncado. O time fez aquele joguinho de catimba, deixando o tempo passar. Isso acaba irritando às vezes. Eles vão sair um pouco mais, pois também precisam da vitória. Precisamos ter tranquilidade e sabedoria. Espero que a gente faça um bom jogo novamente e desta vez, consiga a vitória”, disse Jadson nesta terça.

Na Libertadores, o São Paulo tem quatro pontos, contra um do Arsenal. O grupo fica completo com o Atlético-MG, que tem nove, e o The Strongest, que tem três.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*