Aloísio pede mudança de atitude para São Paulo não passar ‘vergonha’

No primeiro jogo da semifinal da Copa Sul-Americana, a Ponte Preta surpreendeu o São Paulo e venceu por 3 a 1, de virada, no Morumbi, conquistando uma ótima vantagem para assegurar a vaga na final do torneio continental. Para o atacante Aloísio, o São Paulo precisa mudar sua atitude para não “passar vergonha” novamente.

– Óbvio que é possível (conseguir a classificação). Eu vou entrar em campo para dar o meu máximo e tenho certeza que os meus companheiros também. Só que a gente tem que fazer mais. O que a gente fez no primeiro jogo no Morumbi… é perigoso passar outra vergonha lá em Mogi. Então tem que entrar focado, com os pés no chão. A gente sabe que tem que tirar uma diferença grande. Só que a gente tem que buscar. É possível sim. A gente vai dar o máximo para conseguir essa classificação até por conta do que foi o nosso ano, que foi conturbado. A gente não fez um primeiro semestre bom, no Brasileiro também não começamos bem. Então a gente tem essa chance de dar uma alegria ao nosso torcedor, dar alegria para as pessoas que trabalham aqui no clube e para nós mesmos depois de um ano ruim – falou Aloísio, em entrevista ao “Arena SporTV”.

Aloísio e Doria jogo São Paulo e Botafogo (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)Aloísio pediu para São Paulo ter mais vontade contra a Ponte, em Mogi  (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Um dos símbolos da recuperação do Tricolor, que lutou contra o rebaixamento durante a maior parte do Campeonato Brasileiro, o Boi Bandido prega humildade para reverter o resultado e sair de Mogi Mirim com a passagem garantida para a decisão da Sul-Americana. O campeão da competição assegura lugar na próxima edição da Taça Libertadores.

– Tem que colocar os pés no chão e trabalhar mais para a gente conseguir essa classificação. A gente precisa buscar a nossa vitória, os três gols que a gente precisa. Mas tem que fazer o primeiro. Não adianta ir lá só para fazer o terceiro gol. Com humildade e pés no chão para saber o que tem que fazer.

Aloísio também fez questão de reiterar que a escolha do campo não tem influência em como a partida vai se desenvolver. O jogo será disputado em Mogi Mirim porque o estádio Moisés Lucarelli, da Ponte Preta, não tem a capacidade mínima de lugares exigida pela Conmebol.

– Tanto faz. O campo é neutro. Vamos buscar a classificação independentemente do campo. Eu acho que eles desligaram o botão do Brasileiro e focaram muito bem na Sul-Americana. Um time no meu modo de ver totalmente diferente. Tem um grande treinador, que já foi meu treinador e me ajudou bastante, pessoa que eu respeito muito.

São Paulo e Ponte Preta jogam na próxima quarta-feira, no estádio Romido Ferreira, em Mogi Mirim. O time de campinas pode até perder por 2 a 0 que estará classificado. Para avançar, o São Paulo tem que fazer 3 a 0, ou então qualquer vitória por dois gols de diferença, desde que marque pelo menos quatro vezes. Repetição do 3 a 1 do jogo de ida leva a decisão para os pênaltis.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*