Muricy diz que Ganso precisa parar de oscilar para chegar à seleção

Elogiado por Muricy Ramalho após a boa atuação contra o Botafogo, o meia Paulo Henrique Ganso sofreu uma leve cobrança do treinador. Em entrevista ao programa Linha de Passe, da ESPN Brasil, o técnico são-paulino disse que o atleta precisa parar de oscilar para chegar à seleção.

“Ele tem um tempo até Copa do Mundo, mas tem de repetir os jogos com a performance que fez ontem, não pode oscilar. Técnico da seleção está vendo e não vai convoca-lo desta maneira. Ele precisa repetir forma de jogar e ser intenso”, falou Muricy.

O treinador também reconheceu a melhora no futebol do meia, mas disse que ainda falta um pouco para Ganso ser o jogador que os torcedores esperavam quando ele surgiu ao futebol.

“Acho que ainda falta um pouco, Ganso tem de entender a participação do número dez, tem de ser mais participativo. Eu o cobro desde o Santos, que ele entre na área, faça gols. Número dez não pode só ficar ali armando, precisa participar mais. Converso muito com ele, o cara não esquece de jogar futebol, voltou muito melhor. Lógico que a parceria com bons jogadores como Denílson e Maicon, melhorou, está ao lado só de quem sabe jogar futebol”, completou.

“Acho que se analisar o Ganso de uns dois meses, ele é um jogador que está roubando bola, marcando, coisa que não fazia. Ele não vai se tornar marcador, porque aí você vai tirar o melhor dele. O Ganso, na marcação que está adiantada, dificultando, também vai fazer o papel dele, ele é jogador que não é rebelde quando técnico pede alguma coisa para fazer. Se posicionar e pedir, ele vai fazer, acho que está passando por grande momento físico, precisa dessa parte, jogar futebol, ele sabe e com certeza pode ser uma surpresa até o ano que vem”, finalizou.

No jogo contra o Botafogo, Ganso foi o quinto jogador do São Paulo a mais participar do duelo, correndo 9,47 quilômetros em 90 minutos. Ele protagonizou uma linda jogada ao driblar Júlio César pelo meio das pernas e acertar a trave na finalização.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*