De casa nova, time de futsal do São Paulo sonha com “volta” de Falcão

O futsal do São Paulo está de casa nova. Depois de amargar a 18ª posição na última Liga Futsal jogando em Bauru, o Tricolor Paulista mudou “de ares” e abrigará seus jogos em São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo. O grande sonho do diretor comercial da equipe Marcelo Pepe é contratar, no ano que vem, o maior jogador da história do futsal:

– Trazer o Falcão agora é impossível, mas falei com ele por telefone. Disse que o São Paulo voltou forte para o futsal. Falei que no futuro ele poderia vir para cá, e ele ficou bem feliz. Não há mágoa entre ele e o São Paulo – disse.

O jogador vestiu a camisa do São Paulo em 13 partidas no ano de 2005, mas não marcou nenhum gol. Falcão ficou menos de seis meses no clube, e saiu brigado com o técnico Emerson Leão. Na ocasião, o treinador afirmou que a contratação foi um jogo de marketing do clube, e que o campo não era o habitat natural do atleta.

Futsal- time do São Paulo/Bauru (Foto: Gabriel de Castro / FIB-SPFC)Substituição – São Paulo troca Bauru por São Bernardo (Foto: Gabriel de Castro / FIB-SPFC)

O São Paulo jogou a Liga Futsal da temporada passada como uma franquia, em que o clube “emprestou” o nome para ser utilizado pelo Bauru. Desta vez, há uma parceria entre o São Paulo e a cidade do ABC Paulista, na qual a diretoria tricolor vai fazer parte da gestão. O diretor comercial da equipe, Marcelo Pepe, explicou a mudança de cidade:

– Queríamos trazer a torcida para os jogos. Vamos usar o ginásio de São Bernardo do Campo, que é aqui ao lado de São Paulo. Os sócios torcedores do clube terão benefícios, queremos jogar com a torcida – disse

Índio - futsal LEM X PALMAS (Foto: Vilma Nascimento/GloboEsporte.com)Índio será a maior estrela do time
(Foto: Vilma Nascimento/GloboEsporte.com)

O time de futsal do São Paulo terá um investimento entre R$ 100 e 150 mil, e será gerido por Sandrinho, ex-jogador de futsal, campeão mundial em 1996. O elenco ainda não está totalmente definido e se apresentará na primeira semana de fevereiro. Índio, vice-artilheiro da Copa do Mundo de 2000, é a principal estrela. Marcelo Pepe espera fazer um bom papel em 2015, para brigar por títulos em 2016:

– Esse ano queremos ser competitivos, para 2016 tentar algo melhor. Estamos atrás de mais dois jogadores de nome. O São Paulo não está desembolsando nada, o investimento está vindo de patrocinadores – explicou o diretor.

A Liga Futsal de 2015 terá início em março e será o grande desafio deste primeiro ano do São Paulo como gestor da equipe de futsal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*