Nova derrota vai escancarando os problemas do São Paulo

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o São Paulo perdeu um jogo que não poderia perder nunca, pois era um confronto direto na disputa pelo título, e agora se vê em situação muito delicada para conquistar o Brasileiro. Aguirre, mais uma vez, pode ser culpado pelo insucesso.

Poderia repetir o comentário que fiz após o jogo contra o Botafogo que não estaria fora de esquadro. Enquanto nossos adversários jogam quarta e domingo, disputando Copa do Brasil e Libertadores, nós temos uma semana para treinar. E a cada jogo pioramos.

Como sempre digo, não critico a escalação de Aguirre antes do jogo, pois já fui pego agradavelmente de surpresa em jogos passados, mas me dou ao direito de analisar sua performance. E foi horrível neste sábado. Ele afirmou que Everton não tinha condição para jogar os 90 minutos e que a ideia era ganhar do Palmeiras no segundo tempo. Estava prevista a entrada de Everton no lugar de Rodrigo Caio.

Só que a estratégia não deu certo. O São Paulo tomou o primeiro gol, entrou em parafuso, tomou o segundo e se o Palmeiras forçasse um pouco, faria três ou quatro gols ainda no primeiro tempo. Aí ele tirou Rodrigo Caio e Nenê no intervalo para colocar Everton e Gonzalo Carneiro. Ou seja: ficamos sem armador, porque, por pior que Nenê estivesse jogando, poderia ser um cara decisivo com Everton no time.

Mas Rodrigo Caio foi culpado? Claro que não. Ele jogou mal? Também não. O problema é que o time foi mal porque estava penso, dependia apenas de Rojas na frente, já que Bruno Peres, muito lento, não conseguia exercer a função, teoricamente, de Everton.

Nossa defesa, o ponto alto deste time deste a chegada de Aguirre, está uma água. Anderson Martins em péssima fase, falhando em todos os jogos, e sendo mantido como titular, enquanto Arboleda, nosso melhor zagueiro, fica no banco. Sidão uma emoção constante. Mas não boa, e sim, emoção “enfartante”.

Mais uma vez ficou claro que o São  Paulo de Aguirre não sabe jogar com a bola. E se precisa chamar o adversário para cima e sair na velocidade em contra-ataque, não é com Bruno Peres que vai encontrar o melhor momento ou a energia necessária. Se Everton Felipe não tem condição para isso, então é bom começar a pensar em devolvê-lo.

Aí vem então aquilo que nós já sabemos de cor e salteado: não temos elenco e não se ganha u campeonato como o Brasileiro apenas com um time. O Palmeiras jogou contra nós com apenas quatro titulares. Tem feito isso em todo o campeonato. E está liderando. Nós perdemos um ou dois jogadores e despencamos na tabela.

Não vou jogar a toalha, nem chamar o Aguirre de burro, muito menos pedir sua demissão. Continuo apoiando toda a diretoria e a comissão técnica, mas nossos problemas estão escancarados. Ficarei frustrado, sim, se não ganharmos o título, porque lideramos e tivemos tudo em nossas mãos. Mas terei que reconhecer que, para um time desacreditado, onde todos, lá atrás, falavam que brigaríamos para não cair, uma vaga na Libertadores de 2019 já estará de bom tamanho para o elenco que temos.

Mais uma semana para trabalhar, arrumar o time para pegar o Internacional em Porto Alegre. Eu, como torcedor do time da fé, acho que vamos ganhar lá dentro. Vamos São Paulo!

 

21 comentários em “Nova derrota vai escancarando os problemas do São Paulo

  1. Rodrigo Caio é um câncer…desde q voltou o time declinou.
    2 gols na posição em que ele deveria cobrir ( se fosse o Militao ) talvez não tivesse tomado os gols.
    Bruno Peres uma lástima…barrigudo , vagabundo, se acha o Cafu…..
    Ridículo.

    Jucilei andando em campo….preguiçoso.

    E o Aguirre?
    Sem comentários….
    Só pelo fato de fazer uma substituição do Nenê pelo R.Caio, contra o Botafogo….já podia ser mandado embora…ainda la no Rio

    Não deixava ele nem retornar com o time…nem pisar mais no CT.
    Embrulhava as coisas dele é deixava na portaria.

  2. Segundo o que comentam os amigos abaixo, temos apenas 11 jogadores e o resto é pra compor treino.
    Perguntaria a eles: Deu pra vocês perceberem, em alguns desses horríveis jogos do segundo turno, que quando o trenero corrigiu o time que entrou em campo e colocou atacante para jogar de atacante e cada defensor em seu lugar o time chegou a melhorar? Pois é… como não culpar o trenero por colocar um lateral direito jogando na ponta esquerda como no último jogo?
    Como podemos ter certeza se o restante do elenco não presta se o trenero não os põe pra jogar? Alguém acha que qualquer garoto que tivesse ocupado a ponta esquerda do ataque poderia ter sido pior que o Bruno por aquele setor?
    Pois é…vejo aqui que ninguém acredita em Toró, Igor e cia. Daqui há alguns meses vem um Benfica ou Porto da vida e leva a garotada e vamos ficar chamando os meninos e seus agentes de mercenários…

    • Concordo plenamente.

      O trenero não dá oportunidades aos reservas e nem aos garotos, esses não tem chances, mas Sidão e Anderson Martins podem falhar quanto quiserem que não saem do time. Agora o cara da vez eh ele, o condomínio, esse medíocre zagueiro que deve ter um empresário influente no SPFC e tem que colocá-lo de titular de qualquer jeito, mesmo que abdique do campeonato.
      Aliás, desde o maldito pinguço safado o SPFC abdicou d ganhar títulos, só pensa em vender jogadores porque deve ter gente faturando com isso, dane-se títulos, torcida ou que for, enganam nós os trouxas dos torcedores colocando esses técnicos pau mandado pra escalar os “vendíveis”, por isso nunca trouxeram um Mano Menezes, Felipão, Abelão da vida, pois esses não aceitariam ser pau mandado, pois tem uma carreira a zelar, já esse medíocre Aguirre, o que ganhou na vida? Nada de relevante e vai continuar assim!

  3. Temos que ser realistas, infelizmente o SP tem um time limitado com poucos recursos principalmente em algumas posições e dependente do talento de dois jogadores veteranos, e de um outro com um histórico de contusões musculares, além de um goleiro muito abaixo da média, é duro reconhecer mas hj a prioridade é se manter entre os quatros, manter a base deste e com reforços que cheguem para jogar pensar em algo melhor na próxima temporada,

  4. Analisando friamente e sem paixão, o SPFC não tem nem um time e muito menos elenco pra ser campeão Brasileiro , a gente sonhou porém a realidade é essa.
    Culpar o Aguirre pq perdemos a liderança é um tiro no pé, pois apesar de alguns erros foi o Aguirre que nos tirou da pasmaceira de disputar fuga do rebaixamento , enquanto o time teve gás e não estava tão desfalcado o trabalho foi bom, mas quando precisamos de elenco e jogadores que saiam do banco pra mudar uma partida aí vemos o quanto nossos reservas são abaixo dos titulares que já não são nenhum carrossel holandês.
    Tem que manter o time e qualificar o elenco con jogadores decisivos e que fazem diferença tal qual o Everton, pinçar uns 4 ou 5 jogadores bons , regulares , que não precisem de 1 ano de adaptação, de preferência que já tenham conquistado títulos e possam agregar experiência vendedora.

  5. Paulo Pontes, vou ousar discordar de você!
    O Aguirre só surpreendeu você e todos nós são-paulinos uma única vez: contra u curintia: mas foi obra de puro acaso: um desempenho sem precedentes do Reinaldo e uns frangos do Cássio. Tirando este jogo, em todos os outros o Reinaldo foi péssimo na ponta e fez falta na lateral. Idem do lado direito quando acionou dois laterais jogando juntos (exceção à uma única jogada do lateral afastado que acabou, também por pura sorte, em gol). Está matando várias revelações de Cotia com sua falta de confiança em não colocá-los pra jogar, insistindo em erros homéricos, como os do último jogo. Vejo o Aguirre desgastado junto ao elenco, já que parece ter um grupo de “parças” intocável que vai sempre estar em campo, independentemente de como está jogando (vide Sidão, Anderson Martins; Nenê; Hudson; Diego Souza).
    Se demos, e eu dei muito crédito ao Aguirre em seu começo, quando parecia que os que melhor treinavam, jogavam (quando pôs no banco alguns desse grupo), hoje, pelo contrário, tenho que retirar meu apoio a ele por tudo o que comentei.
    E não é só o Aguirre que me preocupa. E o Ricardo Rocha, antes de um jogo que valia a liderança do campeonato em pleno Morumbi, achar que o empate seria um bom resultado para o tricolor? Não é coisa de doido irresponsável???

  6. O Aguirre tem ido muito mal nos últimos jogos. Insistir na escalação no Anderson Martins e deixar o Arboleda no banco é um erro enorme. Pior ainda é colocar 3 jogadores fora de posição por causa da ausência do Éverton. Explico: Rodrigo Caio não é lateral direito, Bruno Peres não é ponta direita e Rojas não é ponta esquerda. Ou seja, ao invés de colocar o Éverton Felipe ou o Shaylon pra substituir o Everton, ele tirou 3 jogadores das suas posições. Com isso, ele desmontou o time do SP. Em todos os jogos que o Éverton esteve ausente ele deu uma de professor pardal. Só deu certo contra o Corinthians. Em todos os outros jogos, jogamos mal. Já passou da hora do Aguirre parar com essas invenções idiotas. O crédito dele já acabou. Se ele não mudar daqui pra frente, vou defender a sua demissão.

    • jogando essa bolinha nem nada,
      um time que nao agride, sem forca ofensiva, ja era.
      Invertemos os turnos nesse ano, somente isso.
      Funebre, desastroso, irritante,
      a kara desses kartolas malditos.
      O DT nao tem nada com isso, mas contribui e muito.
      Escalacoes equivocadas e substituicoes comprometedoras.

  7. Olá tricolores paulista!
    Então, estou achando estranho ele não usar mais os meninos da base, eles entravam sempre quando o time estava desfalcado (suspensão, lesão, etc) e davam conta do recado. Eu fiquei impressionada com a seriedade do volante Luan, o próprio Liziero quando entra bem, mostra muita vontade. E cadê esses meninos?
    Sim, é nítido que o Everton deu uma pegada com mais qualidade pro São Paulo, se machucou e coincidentemente o time caiu.
    Pra mim, a dupla de zaga titular tem que ser Bruno Alves e Arboleda.
    O Rodrigo Caio, coitado, parece amaldiçoado, não tem nada haver com isso, mas quando está perto, o São Paulo fica muito mal rsrsrs…
    Bem, não tenho o que falar do Aguirre, pois ele está treinando todos os dias e deve saber quem está bem ou não. Será que ele está errando mesmo? Ou tivemos mais sorte que outra coisa até o momento?
    Mas concordando com o Paulo, de onde viemos em 2017 e onde estamos hoje em 2018, a libertadores está de bom tamanho. Fora que ainda faltam 10 rodadas e acho que entre os 5 primeiros tudo pode acontecer.

  8. Parecem q comeram um feijoada antes do jogo
    Jucilenda tá muito lento
    Anderson Martins está em péssima fase
    Meio de campo criativo nunca tivemos
    Agora eles poderiam correr os 90 minutos com vontade q estaríamos alguns pontos a mais na tabela
    Basta ver o time do Corinthians q muito ruim mas os caras correm o tempo todo

  9. SPFC perdeu por falhas defensivas e não por méritos das porcas ;
    o futebol jogado pelo time do Aguirre sempre foi assim : truncado, amarrado, aos trancos e barrancos, mas, os resultados positivos escondiam os maus-tratos na bola ;
    mudou para pior a segurança defensiva : AMartins péssimo, Arboleda disperso taticamente e BAlves voltando a ser o coadjuvante de sempre ;
    e os gols chorados, unitários, que salvaram vários resultados desapareceram ;

  10. Ontem perdemos para um time melhor. Isso é óbvio.

    O Aguirre errou? Será? Adiantaria entrar com o Everton Felipe no lugar do Éverton? Eu sinceramente não sei.

    Mas eu tenho certeza que se ele estivesse rendendo nos treinos e jogos que fez, o Aguirre teria colocado ele.

    Realidade dói. O elenco não foi montado pra ser campeão. Mas tenho certeza que mantendo o Aguirre e esse elenco para o ano que vem é alguns reforços titulares, aí sim teremos reais chances de título.

    • Aguirre vive errando….ele põe o time torto pra um lado só do campo e isto facilita marcação…e temos MUITOS jogadores pesados e o único rápido era o Everton. O time ficou óbvio para o adversário.Culpar Rodrigo Caio não adianta nada, é o tipo comentário “bolsominion”….Rodrigo Caio está mal?Só ele? O time inteiro está mal, contando do golei….isto é, Frangueiro..Aguirre é incoerente, diz que não tem ninguém titular que o jogador precisa render senão sai mas o Sidão está lá ,firme igual geléia no gol!

  11. Aguirre abandonou completamente os atletas da base do SPFC para apostar em contratações que não estão dando certo – Carneiro, Trellez, Everton Felipe.
    Aguirre tentou repetir com Rodrigo Caio o sucesso da adaptação de Militão para a lateral direita. Não está dando certo.
    Aguirre insiste em deixar Arboleda, disparado nosso melhor zagueiro, no banco.
    Aguirre tem semanas inteiras para preparar a equipe para cada jogo e o time repete em todas as rodadas, em casa ou fora, contra times fortes ou fracos, exatamente a mesma orientação tática.
    Aguirre dá entrevistas sinceras e reconhece seus erros, mas não os corrige.
    Aguirre levou um time desacreditado à liderança do campeonato por várias rodadas e levará o São Paulo FC de volta à Libertadores.
    Nosso elenco é muito limitado para disputar com sucesso um campeonato em pontos corridos. Nossos dois melhores jogadores tem idade avançada e já não rendem como vinham fazendo após a Copa do Mundo. Esquema de Aguirre faz Nenê e Diego Souza correrem atrás da bola marcando a saída de jogo dos adversários – eles estão se desgastando. Quando perdemos Everton não tivemos reposição à altura e nosso treinador exagerou muitas vezes em sua criatividade.
    Em resumo: apoio o Aguirre para terminar esta campanha e nos levar à Libertadores. Já não tenho certeza se a renovação do contrato dele será benéfica para o Tricolor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*