Vitória no sufoco, liderança mantida. Mas alguém espera jogo fácil?

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, que sufoco. Foi u parto conseguir aquele gol contra o Ceará, vice lanterna do Brasileiro, dentro do Morumbi com mais de 57 mil pessoas. Mas alguém espera jogo fácil pela frente?

Era evidente que o Ceará viria todo retrancado, apostando em uma bola. O São Paulo entrou com sua formação tradicional, ou seja, quatro atrás, dois volantes (não entrou Hudson, mas jogou Luan), um meia, dois abertos pelas pontas e um centro-avante.

O domínio foi total. O Ceará limitou-se a se defender e ganhar tempo. O primeiro tempo inteiro foi de um São Paulo tentando de todas as maneiras chegar ao gol cearense e a defesa apenas assistindo a partida. Bruno Peres e Reinaldo tinham chance de descerem pelos lados ao mesmo tempo, pois com a falta de ataque do Ceará, a simples manutenção de Anderson Martins, Bruno Alves e Jucilei já era suficiente para evitar que corrêssemos qualquer tipo de risco.

E o São Paulo teve chances, sempre criadas por Rojas, Everton e Nenê. O goleiro do  Ceará vinha se transformando no grande nome do jogo, com ótimas defesas.

Pensei que Aguirre fosse voltaar para o segundo tempo menos conservador, tirando um volante, no caso Luan, e colocando Trellez ou Gonçalo Carneiro lá na frente. Mas ele não mudou o time.

O cenário não se alterou. A diferença era que os nervos começavam a tomar conta dos jogadores do São Paulo, pois o tempo passava e aquele empate poderia ser crucial para nossa manutenção na liderança.

Aguirre tirou, então, Luan, para colocar Shaylon. Por incrível que pareça, um pouco desguarnecidos, sofremos um contra-ataque e Sidão brilhou em grande defesa, salvando o time deu ma derrota.

Mas continuando a insistir, num ataque contra defesa, nosso gol acabou saindo, depois de grande jogada individual de Reinaldo, assistência de Diego Souza e gol de Bruno Peres. A essa altura ele já estava jogando na frente, pois Regis havia entrado o lugar de Everton. O que prova que Aguirre conhece o elenco, pois qualquer torcedor – tipo eu – gostaria que Everton Felipe tivesse entrado o lugar de Everton.

Não importa, no final das contas, se ganhamos de um ou de cinco a zero. Importa que fizemos os três pontos e seguimos líderes, independente de resultados que venham a acontecer a té o fim da rodada. E a certeza de que, seja em casa, seja fora, seja clássico ou contra time lá atrás na tabela, não terá jogo fácil até o fim do campeonato.

14 comentários em “Vitória no sufoco, liderança mantida. Mas alguém espera jogo fácil?

  1. E a saga para ir ao Morumbi continua… dessa vez fiz o teste, bom domingo pela manhã resolvi ir de transporte público… meu Deus!!! Pra ir tudo bem, saí de casa oito da manhã e às 9:15 estava no estádio… mas na volta… bom cheguei em casa estava começando o jogo da porcada…
    Está impossível ir de carro e transporte público em jogos com mais de 25 mil pessoas… vou porque sou idiota e fanático!!!

    Quanto ao jogo, eu não cobro jogar bem, cobro os 3 pontos, principalmente contra times pequenos e na zona do rebaixamento e achei até que o time jogou razoavelmente bem.

    Ontem finalmente o Sidão participou de uma vitória, ontem ele fez uma defesa de goleiro que ganha jogo!!!

    Espero que essa semana o Aguirre trabalhe bem o time, porque apesar dos desfalques precisamos vencer em casa contra um time do meio da tabela que vem desfalcado de seu principal jogador!!

    • O acesso para o Morumbi é o que nos impede de ter público da ordem de 60.000 pessoas todo jogo.
      Com jogos começando perto das 22h00 o transporte público infelizmente não será a solução, mesmo quando inaugurarem o metrô.
      Parece um pedido da década de 1970, mas já passou da hora da diretoria estudar com seriedade a questão do estacionamento que precisamos.

  2. Bom dia nacao tricolor, e que nacao parabens a torcida, nao bateu o recorde mas provou que quando no time esta bem a torcida prestigia e pra valer, e olha o jogo em um horario ruim e com um frio danado.
    Mas vamos ao jogo, time teve volume e ate alguns lances perigosos que quase resultaram em gol, mas seu aguirre e seus comandados precisam urgente rever de como jogar contra times retrancados, que ficam so se defendendo e esperando so para matar o jogo em uma bola, e vemos que noss repertorio de jogadas esta muito manjada e tem que parar com esses chutoes do Sidao pra frente que coisa feia, que quase nao resultou em nada, mas estamos ainda carentes de verdadeiros finalizadores, goleador de verdade, temos um bom conjunto, mas ninguem eficiente de verdade para por a bola para dentro do gol.
    Enfim valeu pelos 3 pontos obrigatorios em casa agora é ganhar do Fluminense e tentar abrir uma gordurinha para eventuais derrotas que com certeza virao, nao pode disperdiçar pontos contra times fracos e desesperados mesmo fora de casa.
    E como disse amigo bem abaixo, sao paulo esta surpreendendo todos, muitos achavam que iamos ficar brigando do 10o pra cima e pelo menos entrar uma libertadores e agora estamos lideres e com possibilidade de sermos campeoes improvavel mas podemos ser.

    • Ah, o senhor caioblaster agora tem uma ong??? Anda mamando em teta também cara pálida, rsrs???

      É melhor ser sócio do Oscar Maroni, rsrs!!!!

  3. Saindo um pouco fora do assunto, um aspecto que ninguém tem comentado sobre a diretoria é a capacidade desta de solucionar crises no elenco.

    1º) Cueva. Quando o peruano vacilou, e a torcida majoritariamente queria sua saída, a diretoria segurou a barra, acalmou os ânimos e ele foi reincorporado no time. Se não tivesse sido negociado depois da Copa, estaria jogando.

    2º) Briga entre Cidão e Jean. Raí, R,Rocha e Lugano logo, logo trataram de apaziguar a cizânia. Não deixaram tomar outras proporções, algo que seria nocivo a todo o elenco.

    3º) Diego Souza. De novo, os diretores sabiamente agiram e evitaram a saída do jogador, que vinha sendo contestado. Passaram-lhe confiança e ele voltou a render o esperado.

    4º) Caso Régis. Se teve contrato suspenso é porque alguma aprontou. No entanto, ninguém ficou sabendo a M… que o jogador fez. Mérito da diretoria, que soube abafar o problema, não deixou vazar para a imprensa e trabalhou para o retorno do jogador.

    5º)Quando Arboleda bateu o carro, a diretoria também enquadrou o jogador, dando exemplo aos demais integrantes da equipe. Atitude indispensável para o sucesso do grupo.

    • A diretoria está sendo a responsável pelo bom ambiente dentro do SPFC.
      PS : O Raí enquadrou o Nenê tbm quando ele saiu bravo após ser substituído.
      E acrescento.
      -Atitudes dignas de uma grande diretoria de um time gigante.
      -Contratações certeiras que funcionam e que são fundamentais para a equipe.
      -Saídas de jogadores que não intervieram no rendimento da equipe.
      -Inclusive este ano nos tornamos o clube com o maior número de sócio torcedores.
      -Público sempre bom no Morumbi.
      Não é perfeito porém é muito bom, e com o título ficará excelente.
      Vamos SPFC!!!

      • Pelo que eu saiba a fundação gol de letra é um sucesso ,rsrsrs.
        Cada um tem o direito de fazer críticas desabafar as vezes, o chato é quando vira uma marcação contra a pessoa sem um tempo para uma avaliação melhor que no futebol sabidamente é a médio e longo prazo.
        O importante é que o trabalho está no caminho certo em prol da instituição SPFC.

        • Só um adendo Moses, quem não confiava agora já confia e mudou de opinião nos comentários, o que eu achei legal.
          Acho bacana algumas contradições nos debates pq analisamos situações por outros prismas, e pide-se discordar mantendo o respeito.
          Chato é ver apelidos pejorativos em pessoas que fizeram muito pelo SPFC dentro de campo, e sendo ditos e espalhados por nossos próprios torcedores como eram com o Burricy, Mico, LF artilheiro dos gols inúteis, condomínio e etc , justamente porque boa parte dos torcedores gostam destas pessoas.
          Todo trabalho precisa de um tempo para mostrar mudanças e críticas sem fundamentos baseadas em achismos é que não levam a nada.
          Saudações Tricolores aos amigos

  4. Qualquer resultado que não fosse a vitória seria injusto. Jogamos bem mais, e o gol já era para ter saído naquela blitz do comecinho do primeiro tempo.

    Bruno Peres, que ainda está devendo, por pouco não sai como vilão. Rojas passou a bola um pouco atrás, mas não dá pra perder gol assim. Todavia, para alívio da torcida, foi coroado pelo destino.

    Reinaldo tem mostrado muita atitude. Mais do que sua qualidade permite, é verdade. Porém, se todos forem destemidos como ele tem sido, o tricolor não tem porque perder a liderança.

    Luan foi ok. Não comprometeu, mas também nada demais. Hudson é bem melhor atualmente. Bruno Alves merece maior destaque por parte da imprensa e da torcida. Não é de hoje que vem demosntrando segurança e poder de marcação. Não é perfeito, claro, mas tem sido fundamental.

    Pelas minhas contas, nove vitórias e empates contra nossos principais adversários será suficiente. Mas o negócio é pensar jogo a jogo. Com toda a humildade.

  5. Bem voce falou em goleada, 3 a 0 e’ goleada sim, hoje, e das grandes, mas unzinho foi uma puta duma goleada, ahhh e como foi.
    Everson, o discipulo do Ceni talvez tenha evitado, e’ muito bom goleiro
    e ate’ cobra faltas, dali o Mito dificilmente perdia, mas que e’ um b aita
    goleiro nao tenho a menor duvida, bem melhor que Cidao, que hoje nos salvou,
    so’ nao precisa jogar como no Foguinho, tem que ser rapido. Ahh perdemos esse Everson por nao ter chances e o Perri talvez aconteca o mesmo como o outro que ja faz sucesso e muito na Europa, entao ????
    Endurecemos o jogo pra no’s mesmo, Everton, Nene e principalmente Rojas,
    muito habilidosos mas tambem perdem muitos gols, criam mas no meu entendimento
    temos um 9 tambem muito tecnico mas lento que nao acompanha as jogadas
    criadas, e’ bom e’ lutador mas e’ lento, entao quando na virada do jogo ja se fazia
    necessaria a substituicao do Luan que estava solto, ai’ vem o Shaylon, Shaylon infelizmente nao acrescenta nada, um sono so’, ai vem o Regis, eu acho que Aguirre viu que o Ceara crescia e nao fosse o Cidao, adeus. Bem, esses times de baixo da tabela lutam, e lutam muito, sao complicados por isso quando as chances aparecem temos que matar. Somos lideres, masss temos problemas, foi uma dificuldade imensa conseguir os tres pontos, isso e’ probrema.

  6. E a rodada foi ótima para o SPFC.
    Voltamos a abrir 3 pontos para o segundo e 4 para o terceiro colocado.
    Dentre os 6 primeiros fomos o único a vencer.
    Agora com uma semana cheia pra trabalhar o Aguirre vai saber montar um bom time pra domingo.
    Vamos SPFC !!!

  7. O SPFC teve dificuldades pra marcar o gol, mas tentou e até criou algumas chances principalmente no primeiro tempo.
    Teve tbm algumas faltas frontais que infelizmente foram pra fora ou na barreira.
    Tiveram jogadas pelas pontas com Everton e Rojas .
    Teve quase gol olímpico do Nenê que voltou a jogar bem.
    Teve quase um gol do Bruno Peres que ele errou o chute.
    O placar foi magro mas o SPFC teve volume e domínio do jogo.
    Jogou contra 11 jogadores que vieram pra se defender e fizeram isso bem.
    Esse time embrionário se for campeão será o título mais improvável que verei e terá um gosto especial , o gosto do renascimento do SPFC.
    E vou seguindo o Aguirre no jogo a jogo, pés no chão e sabendo que não tem nada ganho , mas acreditando e apoiando o grande trabalho feito até agora pela diretoria, comissão técnica e jogadores.
    Vamos SPFC !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*