Conseguimos nossa classificação. Nada além do lógico.

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o São Paulo está na semifinal do Campeonato Paulista. Absolutamente nada a mais do que a obrigação. Ganhamos do São Caetano, no Morumbi, temos que  comemorar, coisa e tal, mas lembrarmos que seria uma grande vergonha se não tivéssemos alcançado a classificação, até porque jogamos contra um time da série D do Campeonato Brasileiro.

Gostei da movimentação do São Paulo. Digo isso em termos de luta, de vontade, porque tecnicamente o primeiro tempo, por exemplo, não mostrou nada. O time dominou mas criou apenas duas oportunidades. Faltaram triangulações e o que eu pude perceber é que o esquema Aguirre é chuveirinho na área. Voltaremos ao Muricybol. Só que naquela época havia um Jorge Wagner que colocava a bola onde queria e jogadores altos, bom cabeceadores, para concluir em gol.

Gostei muito da entrada de Lucas Fernandes, para mim o principal jogador do segundo tempo e responsável, não só pela assistência do segundo gol, mas por grandes jogadas.

Agora o time vai parar uma semana, tempo suficiente para Aguirre conhecer um pouco mais a fundo o elenco e expor seu plano tático. Então veremos o que ele tem em mente e o que poderá apresentar para nos impormos contra o Palmeiras.

14 comentários em “Conseguimos nossa classificação. Nada além do lógico.

  1. Paulo, não sei se é prematuro dizer que o esquema do Aguirre é o chuveirinho na área. Mas, a julgar pelo atacante uruguaio que querem comprar, é muito possível. Eu não gosto desse futebol, típico dos ingleses. Ainda mais covarde, o Muricybol era horroroso de se assistir, e, o que é pior, totalmente incapaz de vencer um mata-mata. Perdemos todos, sem exceção.

    Nenê passa a sensação de que poderíamos tê-lo trazido antes. Com 36 anos, ainda dá um toque de qualidade, no entanto, precisa ser “usado” com parcimônia. Diego Souza está muito decadente, infelizmente. Como Nenê, não pode jogar todas as partidas, e, de preferência, só entrar no segundo tempo.

    Dorival é ruim mesmo. Ontem foi a prova final. Qualquer um era capaz de ver que Lucas Fernandes, no momento, é bem melhor que Shaylon. O mesmo vale sobre Caíque em relação ao Paulinho Bóia.

    Parabéns ao Trelléz pelo gol. Fez uma partida medíocre novamente, mas tem muito mérito no gol. Só tem sorte quem arrisca. Que continue assim.

    • Amigo só 2 correções…

      O ATUAL futebom Inglês não é chuverinho como autrora, agora o futebol de hoje é disparado melhor que o pobre futebol Brasileiro!!!!

      Quanto ao futebol horroroso citado por vc pelo Muricy, Nos deu três títulos consecutivos e como sitado por vc que o Muricy nunca ganhou um mata-mata… O Muricy foi campeão da Libertadores pelo Santos além de em 2006 ter levado o São Paulo a final da Libertadores!!!!

      QUE SÓ PERDERMOS POR FALHA DO GRANDE ÍDOLO ROGÉRIO CENI QUE SOLTOU O A BOLA NO PÉ DO FERNANDÃO NAQUELA FINAL !!

      Nem por isso o Muricy deve ser achincalhado e nem Rogério Ceni não deve ser crucificado!!!! São ídolos de nossa longínqua história vitoriosa e merecem mais respeito, gostar ou não é um direito… Mas respeitar é um dever!!!!

      • Clerison,

        acho que você não leu direito.

        1º – eu disse “TÍPICO” futebol inglês e não “ATUAL”, como você sugeriu. Se deixarem de fazer acarajé na Bahia, o acepipe não deixará de ser típico baiano. Certo?

        2º – eu escrevi Muricybol e não Muricy. E tem uma grande diferença nisso. Muricy é um baita cara, honesto, de palavra. Quando surgiu como treinador, com o saudoso expressinho, era ousado e ofensivista, tal qual era nos tempos de jogador. Mas depois que foi assistente do Parreira passou a priorizar posse de bola e a parte defensiva, influenciado também pela NBA. O Muricybol SÓ foi vencedor quando dispunha do melhor elenco. Foi assim com o Tricolor, com o inter e com o fluminense. Sem nenhum mata-mata importante na conta. A pá de cal definitiva no estilo Muricybol foram as inesquecíveis eliminações consecutivas para Ponte Preta, Penapolense e Bragantino que sofremos.

        3º – até o Pelé sabe que o santos campeão da Libertadores 2010 foi montado pelo Vágner Mancini e pelo Dorival Jr. E que, por isso mesmo, não tinha NADA em comum com o Muricybol, pelo contrário. Quando Muricy quis mexer nas características, levou aquela surra antológica pro barcelona.

        4º – muito mais grave do que a falha do Rogério, que já havia feito muito por nós naquela Libertadores, foi como, todo são paulino deveria saber, a expulsão – injusta, um amarelo no máximo – de Josué, logo aos 10 minutos do primeiro jogo, na nossa casa. Ali, ficou claro que a Comenbol não queria um bicampeonato tricolor. A arbitragem caseira no segundo jogo só confirmou isso.

  2. Paulo Pontes concordo com o amigo Marcelo…

    O que tem a ver o Muricy nessa história???

    Se a forma de jogar era feia nos trouxe só 3 titulos Nacional… Hoje ganhar do São Caetano com uma ajuda IMENSA do goleiro é motivo de tanta euforia entre os torcedores!!!

    A pergunta que deve ser feita, é o que esperar dos que nos representa hoje???

    E não criticar quem nos deu Glórias no passado!!!!

  3. Paulo você foi bem confuso nesse texto…

    “Pude perceber que o esquema do Aguirre é chuveirinho na área”

    “Uma semana, tempo para o Aguirre expor seu plano tático”

    Pra mim o Aguirre ainda não montou o time. Está conhecendo o elenco e suas possibilidades.
    O Peñarol vice da libertadores era uma retranca com contra-ataque. O Inter era muito ofensivo. O atlético um pouco menos.

    E criticar o Muricy… pisou na bola…

  4. Sabia que teriamos uma troca para melhor.
    Confio sempre nos hermanos na parte animica.
    Tem coracao, alma, e isto e’ um grande caminho que se constroi.
    Valdivia, ta’ explicado, Petros mostra que nunca vai jogar com jogador de nome;
    estar 100 % e’ fundamental.
    Valeu a troca, e tambem a de treinadores.
    Ja tem o meu respeito, so’ por essas atitudes.
    Tai torcedores que so’ criticam, ainda, gostam de dinossauros,
    e neo tem respeito por nossos idolos, que se transformam em dirigentes,
    ??? se eles nao entendem, quem vai entender ???
    erros e acertos fazem fazem parte do contexto.

  5. Por favor, vamos jogar com a camisa 1 (branca) no estádio do Palmeiras!!!!!!! Paulo, por favor passe essa mensagem pra diretoria. A camisa 2 da azar lá. Paramos de ganhar desde que começamos a usar a camisa 2 lá.

    • Cara! Taí! Matou a pau. O problema é a cor da camisa. É só escolher direitinho a cor da camisa, pensando jogo a jogo, que o São Paulo será campeão de tudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.