Jogo contra o Vitória mostrou que teremos fortes emoções ao longo do ano

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o ano será de muitas emoções. Estou praticamente convencido de que ficaremos muito longe da situação trágica do ano passado, quando ficamos fazendo contas para nos livrar da zona de rebaixamento. Mas nada me faz crer – e espero estar errado – que brigaremos pelo título. Quando muito, pela Libertadores.

É evidente que esse quadro que estou traçando pode mudar daqui a dois meses, quando se fechar a janela de transferências de jogadores para a Europa. Não dá para saber quem ainda vai e as peças que estão chegando de substituição, por enquanto, não me trazem nenhum suspiro de emoção, pois pelo histórico apresentado, são piores do que os que estão saindo.

O jogo contra o Vitória nesta quinta-feira, no Morumbi, mostrou exatamente isso. Quem estava em campo era o que tínhamos de melhor. Faltavam Cueva e Rodrigo Caio. Mas, salvo algum engano, é esse time que vai jogar contra o Corinthians em Itaquera, no domingo. Preocupante.

Rogerio começou com o esquema tático que deu certo contra o Palmeiras. Mas Lucão, desta vez, foi Lucão. No final do jogo tentou de todas as formas dar um gol para o Vitória. Só que o São Paulo tinha Renan Ribeiro, pois ele fez, num desses erros, duas defesas gigantescas, caído, e ainda teve Militão salvando em cima da risca. Na outra bobagem Jucilei salvou.

O São Paulo sentiu falta de alguém para armar o jogo. Com a quadra de meio de campo formada por Bruno, Jucilei, Cícero e Junior Tavares, deixando na frente Marcinho, Pratto e Maicosuel, faltava aquele que pudesse voltar para receber a bola e municiar o ataque. Então dependíamos do Junior Tavares sair correndo por um lado, o Bruno pelo outro, para tentar jogar a bola na área.

Só tivemos algumas chances porque temos Pratto. Ele sai da área, ele chuta para o gol, ele cabeceia, ela dá passes, ele desarma, ele briga pela bola, ele é completo.

Com a entrada de Thomas no segundo tempo, no lugar de Maicosuel, a situação melhorou. Por incrível que pareça ele entrou bem e começamos a ter a ligação do meio para o ataque. Mesmo que o primeiro gol não tenha saído em jogada sua, foi numa briga de Marcinho pela direita, cuja bola acabou sobrando para Pratto, mas Thomas estava na entrada da área, como meia, para receber a bola e bater no gol.

Aí começamos a tomar sufoco, sustos, com Lucão fazendo das suas, Bruno também fazendo bobagens pelo outro lado e, é fato, corremos muitos riscos. Mas que tem Pratto, tem tudo. E ele marcou um golaço, encerrando a partida.

Então acho que vai ser assim até o final do ano. O remédio é ganhar todos os jogos no Morumbi e ir tentando beliscar um empate aqui, outro ali, quando jogarmos fora de casa. Domingo, por exemplo, um empate terá gosto de vitória.

9 comentários em “Jogo contra o Vitória mostrou que teremos fortes emoções ao longo do ano

  1. Ganhou,
    perfeito mais tres pontinhos
    massss q o time
    e’ mesmo a kara dos kartolasss
    ahhh
    isso e’mesmo
    TE CUIDA CENI
    coloque os frakotes fora
    vao te derruba
    voce sabe como e’
    o torcedor conhece e muito.
    A partir de jj
    nossos kartolas detonaram o que tinhamos
    uma soberania no futebol e em todos os departamentos
    agora sobraram kartolas nao comprometidos com
    nosso rico passado e pouco se lixam em recuperar
    as tradicoes conquistadas
    querem mesmo e’ mamar e continuar da devasta total.

  2. tem certeza que você gosta do são paulo ? tem certeza que você quer o são paulo campeão ?

    Daniel S. disse:
    9 de junho de 2017 às 18:31
    Tenho nojo da nossa torcida. O time e o mito apoiarei sempre.

  3. Quer o São Paulo de volta colocando medo em todos ? É simples : fora Rogério ceni

    Alexandre disse:
    9 de junho de 2017 às 10:32
    Se jogar com Lucao, Bruno e Thiago Mendes, pode se preparar pra um goleada e mais gozações das gayvotas, que já devem estar cansados de nos zuar, pra eles não tem mais graça, depois dos 6 X 1 e de perder sempre nas decisões como na semi do paulistão, eles já contam com 3 pontos.

    Lamentável para um clube que colocava medo em todos e respeito até no exterior, desde o furacão Juvenal, que arrasou o SPFC e ainda deixou seus imprestáveis e incompetentes herdeiros pra “administrar” a massa falida, nos tornamos chacota e time pequeno.

  4. Não foi hoje o editorial fora Rogério ceni , quem sabe não é domingo .

    Jogo contra o Vitória mostrou que teremos fortes emoções ao longo do ano

    Publicado em 9 de junho de 2017 por PauloPontes

  5. Foi um jogo onde ganhamos 3 pontos pq como relatou amigo abaixo, temos o Lucas Pratto o faz tudo, caso contrario nao sei nao, corremos riscos, nossos laterais e miolo de zaga sao de dar arrepio a qualquer um, e se mantida essa escalacao e falharem contra as Galinhas no galinheiro dificilmente sairemos com resultado positivo, pq ate um empate nao sera de todo ruim, mas desse jeito é derrota na certa, pq pode ser que o Lucas Pratto de novo opere milagre faça tudo, mas vcs acham que vao dar toda liberdade que ele teve contra o vitoria?

  6. Se jogar com Lucao, Bruno e Thiago Mendes, pode se preparar pra um goleada e mais gozações das gayvotas, que já devem estar cansados de nos zuar, pra eles não tem mais graça, depois dos 6 X 1 e de perder sempre nas decisões como na semi do paulistão, eles já contam com 3 pontos.

    Lamentável para um clube que colocava medo em todos e respeito até no exterior, desde o furacão Juvenal, que arrasou o SPFC e ainda deixou seus imprestáveis e incompetentes herdeiros pra “administrar” a massa falida, nos tornamos chacota e time pequeno.

  7. Caro Paulo,
    Concordo integralmente com o seu texto, mas é triste perceber que seu ensaio parece evidenciar algo como se estivéssemos falando de um time pequeno e não do querido Tricolor de tantas glórias. Pois é isso que anos de péssimas gestões transformaram o São Paulo. Um time sem mais pretensões de títulos, um time cujo lugar tem sido invariavelmente o meio da tabela, quando, pior, fugindo do rebaixamento. E, por diversas vezes, eliminado de outras competições. Muito triste ver isso. E, ainda mais agravante, sem perspectivas de melhoras a curto ou mesmo a médio prazo. Sem horizonte que pudéssemos vislumbrar alternativas, o retorno ao grande clube campeão que um dia fomos. Estou desolado com essa situação. Enfim, resta-nos torcer ainda que nosso amor ao São Paulo seja maior do que tudo isso. Abraços.

  8. Domingao o Lucao esta proibido de jogar.
    Poe Maicon e Lugano e por favor nada de Joao Schimidt, Tiago Mendes, Nem,Bruno, Bufarrini….
    Melitao, Pratto, Jucilei…. sensacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*