Pelo boicote à estreia do M1TO em Barueri

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, demorei dois dias para me manifestar, li, ouvi, assisti às bobagens que Vampeta vem dizendo por aí, acompanhei as redes sociais das torcidas uniformizadas, vi blogueiros que falam sobre o São Paulo, enfim, tudo o que precisava para fechar minha posição. E assumo: o Tricolornaweb defende com veemência o boicote total à estreia do M1TO em Barueri, no jogo de abertura do Campeonato Paulista, contra o Audax.

Num primeiro momento me senti um tanto constrangido a assumir essa posição, pois todos sabem que trabalho na mesma emissora que o Vampeta,  e ele tem por mim muito respeito – o que é mútuo -, mas isso não me impede de tomar essa decisão, pois as atitudes dele, com novas ofensas contra a torcida do São Paulo, além de brincadeiras até perigosas, num mundo de extrema violência que vivemos, fazem com que a ação seja necessária.

Não irei a Barueri. Por mais que tenha o compromisso profissional – se deixar o de torcedor um pouco de lado – com o Tricolornaweb, acompanharei o jogo pela TV e, com isso, prego a todos os leitores do Tricolornaweb que reforcem uma corrente: comente com cada são-paulino que você conhece, que não seja necessariamente nosso leitor, sobre o boicote.

O estádio vazio não será uma vitória do nosso site, mas da coletividade são-paulina. A atitude tem que ser tomada por todos que amam esse clube e não aceitam mais ser ofendido por esse cidadão.

Essa semana já fomos ofendidos por Álvaro Pereira  , pelo ex-vice do time da Marginal (matéria que me recuso a publicar), então é hora de darmos uma resposta, de maneira ética e civilizada, enquanto torcida de um tricampeão Mundial, tri da Libertadores e hexa Brasileiro.

Entendo até a revolta de alguns torcedores com o fato de termos publicado essas matérias. Mas era necessário, no âmbito jornalístico, para sentir qual seria a reação dos leitores que são, acima de tudo, torcedores e amantes do nosso São Paulo. Ficou patente que não posso correr contra a maré.

A campanha está lançada também em nosso site. Converse com os são-paulinos que você conhece, mande e-mais, mensagens, poste em redes sociais, enfim, diga não a Vampeta. Diga não à irresponsabilidade também da Federação Paulista de Futebol – aliás, nada a se estranhar – em aceitar esse abuso.

E sigamos em frente. Para nós a estreia do M1TO será em sua casa, no Templo Soberano e Monárquico do Futebol, contra a Ponte Preta. Aí, sim, estádio cheio e festa para quem merece. Não dando dinheiro para os aproveitadores do futebol.

24 comentários em “Pelo boicote à estreia do M1TO em Barueri

  1. ????? vampeta ????
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    isso empobrece ainda mais nosso paiz
    e’ outro lulamerda da vida
    e pior aceitamos.
    jajajjajajajajajajajaja
    se gritar pega ladrao
    nao fica um mermao

  2. Muito cara aqui se igualando ao Vampeta na homofobia. E isso que esse é (disparado) o site que reúne a parcela mais educada da torcida. Falta um longo caminho civilizatório para esse país percorrer.
    É óbvio que a mídia vai publicar o que um desatinado desses fala, dá ibope. O bizarro é entrar no jogo dele.
    A torcida do São Paulo tem uma enorme oportunidade de mostrar que é contra o racismo, a homofobia e o machismo – males terríveis do nosso país. É isso que se espera dos grandes.
    O resto é corintia.

  3. Esse sujeito além de tudo é um viado enrustido, que para esconder seu caso com o Vera Verão, inventou apelido para o SPFC, de forma que tirasse atenção sobre seu caso.
    O pior é que vivemos em um país onde a grande mídia da voz pra esses tipos e ainda fomentam tudo de errado contra nós, o contrário do tratamento que dão ao time o sujo que ele se identifica.
    Um clube com história suja, com campeonatos totalmente favorecidos e com governo e mídia apoiando.

    Lamento o nível desse país que dá ênfase nesse tipo de gente e não o desmascara.

    Cabe a nós saopaulinos mostrar nas redes sociais quem é esse sujeito e suas preferências sexuais, já que a maioria da mídia esconde para não magoar o timinho da marginal.

    • Francisco, eu cometi um erro, levado que fui pela matéria do jornal O Estado de São Paulo no dia de abertura da competição. A matéria dizia que nesta fase, os dois melhores da primeira fase que fossem eliminados, seguiriam na Copinha. Então publiquei que o São Paulo seguia na Copinha. Imediatamente fui alertado pelo pessoal da diretoria que o regulamento só prevê isso na próxima fase. Por isso retirei a matéria do ar e peço, desde já, desculpas pelo erro.

    • Odair, eu cometi um erro, levado que fui pela matéria do jornal O Estado de São Paulo no dia de abertura da competição. A matéria dizia que nesta fase, os dois melhores da primeira fase que fossem eliminados, seguiriam na Copinha. Então publiquei que o São Paulo seguia na Copinha. Imediatamente fui alertado pelo pessoal da diretoria que o regulamento só prevê isso na próxima fase. Por isso retirei a matéria do ar e peço, desde já, desculpas pelo erro.

  4. Onde esta o diploma dd jornalista do Vampeta para trabalhar na radio?
    Este escroto caiu para segunda divisão, levou chifre na Bahia, foi pego com travesti e quer falar mal do tricolor.
    Vai te cata Vampeta sei suas histórias no aeroclube!

  5. O Vampeta é um babaca ignorante e irresponsável. O boicote é justo, mas faço um reparo sobre a questão da “ofensa”. O tema central deste caso não é a provocação de um corintiano à torcida tricolor. O tema central é o crime de homofobia. É essa abominação social, que mata gente inocente no mundo inteiro, que Vampeta está disseminando. Por isso, Vampeta não deveria apenas ser boicotado, mas preso. Homofobia é crime de preconceito, inafiançável, inclusive.
    Além do boicote, para mostrar que abraçou a causa certa, a torcida do São Paulo poderia parar de chamar os goleiros adversários de bicha nos tiros de meta. Seria um bom começo.

  6. O galera me ajuda ae né vcs vão perde tempo com Vampeta ,putz o cara é escroto pensa q entendi de alguma coisa quem gosta dele é só a mídia gambastica , ninguém vai e pronto não xinguem esse pobre coitado ,alcoólatra,pagado de mico e jogando bola fraco e Admistrando um time horrível ,, não converso com quem caiu pra b ,foi mal minha agorrancia mas meu time nunca caiu

  7. 100% apoiado Paulo Pontes. Agora so acho esse cachaceiro de merda ta falando muita asneira, ai acontece alguma coisa com essa imundice depois vão chorar.

  8. O Vampeta vende o peixe dele!
    Enquanto a mídia brasileira continuar dando espaço para suas bravatas, ele vai seguindo com relativo sucesso. Esse sucesso é muito maior do que se vivesse num país sério, onde apologia pelo vício (no caso álcool) pode ser criminalizada. Por aqui, como lemos, ouvimos, assistimos a idiotas, com ou sem diploma de jornalismo, que acham que as fantasias desse senhor (marginal?) devem ser propagadas, ele prospera e chegou a ser dirigente de um clube de futebol, relativamente organizado.
    Qualquer um pode dizer e fazer as besteiras que quiser, desde que respeite o direito dos outros. Esse cidadão (marginal) não se cansa de se vangloriar pela cambalhota que ele, segundo ele mesmo, bêbado, deu na rampa do palácio presidencial, ante o presidente da república, que ficou embasbacado, ante às maiores autoridades do país e à imprensa mundial. E a imprensa brasileira e os curintianos acharam isto o máximo; tanto que vivem re-editando o ato e dando o maior apoio. Me lembro bem da vergonha que senti naquele dia, vendo o fato. Me lembro bem da cara do descontentamento surpreso do presidente, que ainda teve que se fazer de “desentendido”, já que a assistência e os colegas do atleta, de igual nível, ainda o aplaudiam. Lógico que o povão estava felicíssimo com a vitória na copa do mundo e aceitava, naquele momento, tudo que viesse dos “heróis”: e os heróis daquele ano eram brasileiros: não alemães ou ingleses, que são capazes de entender a homenagem que lhes eram prestadas, mas brasileiros.
    E assim, de besteira em besteira, esse cidadão (marginal?) vai levando a vida, cada vez mais bêbado, cada vez mais oportunista…

  9. Cada um cobra o quanto quer pelo seu produto, e cada um paga se quiser.

    Se o valor é absurdo, não comprem. Se a pessoa nos ofende, boicotemos.
    Não precisa virar nada além disso. Ele como presidente de um clube pequeno está tentando se aproveitar de uma situação para trazer renda ao seu clube, o que está correto. Mas acho que passou um pouco da medida, arriscou demais, e pode quebrar a cara.

    Quanto as ofensas, o que esperar desses manés? Não tem gente séria no futebol, então é isso que acontece mesmo.

  10. A Jovem Pan é uma merda…até Wanderley Nogueira se tornou um jornalista vendido para o sistema, defendendo 48 seleções para a Copa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*