Classificação no estilo Libertadores

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, foi uma noite memorável. Digna de Isordil para quem é e também para quem não é cardíaco. Mas o São Paulo trouxe o empate dos 3.700 metros de altitude de La Paz, terminando a partida com um zagueiro como goleiro.

Sou crítico do trabalho de Edgardo Bauza. Entendo que ele é técnico de time pequeno e ganhou duas Libertadores jogando como tal. Aproveitou-se da altitude a favor, na LDU, e da garra argentina no San Lorenzo. Ontem, antes do jogo, quando recebi a informação que Ganso ficaria no banco, algo que já se especulava há alguns dias, joguei nas redes sociais: ou o Bauza volta como gênio, ou vai direto a Buenos Aires. Felizmente, para nós, deu a primeira alternativa.

O São Paulo jogava por um empate, numa altitude próxima ás nuvens; o adversário sabe, como poucos, usar esse fator a seu favor; precisava vencer para nos eliminar. Claro que não seria possível jogar de igual para igual, marcando na frente, fazendo jogadas de profundidade, pois assim os jogadores não chegariam ao final da partida.

Depois do sistema de marcação que foi armado percebi que Ganso sobraria ali, Não era o caso de termos que criar chances, mas de evitar que eles tivessem. E não fosse por uma falha grotesca de Denis, o plano daria certo. Afinal o único chute a gol do The Strongest nem foi um chute. Foi o cruzamento que originou o gol.

É fato que bateu preocupação. O The Strongest passaria, então, a se defender e a nós caberia criar. Sem Ganso. Por sorte o gol de empate não demorou a sair. Com Calleri – toca no Calleri que é gol -, o São Paulo voltou a implementar seu jogo de marcação, evitando os chutes de meia distância, congestionando o meio de campo.

Hudson, Thiago Mendes e Wesley formaram uma muralha. Maicon – gigante – e Rodrigo Caio ficavam na retaguarda. E Mena, ainda que limitado, dava toda sua dedicação de raça ao time.

Até para substituir Bauza foi bem. Bruno derreteu. Colocou Caramelo. Michel não andava. Colocou Ganso. E como ele não tem poder de velocidade e marcação, tirou Calleri e pôs Kardec para fechar a lateral. Ganso, então, ficou solto no meio e na frente para organizar as jogadas e segurar a bola.

Denis ainda aprontaria mais uma: foi expulso infantilmente aos 48 minutos do segundo tempo. Então descobrimos que Maicon, além de grande zagueiro, é melhor goleiro que Denis, ao menos para sair do gol e interceptar cruzamentos. Ainda sobre Denis: não dá para ser goleiro do São Paulo. Seu contrato termina esse ano. Peço encarecidamente á diretoria que não renove. E também não há necessidade de contratar ninguém. Renan é o cara e deve ser titular do São Paulo.

Foi sofrido, sim, mas estamos nas oitavas-de-final da Libertadores. Espero que a diretoria não perca tempo e vá ainda hoje à Assunção, com vídeos e o que mais puder, para tentar anular a pena de Calleri. Ele apanhou e foi expulso por isso. Talvez se tivesse batido, não fosse punido.

Boa São Paulo. Você provou, mais uma vez, que é o time da fé.

22 comentários em “Classificação no estilo Libertadores

  1. O Denis ficou anos na reserva do RC e pouco aprendeu, alias ele aprendeu duas coisas, diga-se de passagem péssimas, Não assumir seus erros, pior que culpa os outros e sair do gol, é um verdadeiro cassador de borboletas.

  2. mensagem no face para meu filho q esta em Londres trabalhando e sampaulino de quatro costados como eu e Guga, lo otro q se fue a cielo com 32 anos y estoy com su polera de SAMPABLO

    Rafa, estou de volta, sai de La Paz as 9hs e estou en
    Cochabamba as 17,45 h, viagem bolivianassa nao tinha banho no onibus e passei aperto mas como bom boliviano e aprendiz de tudo q vi e precisei fiz numa bolsita mesmo kkk Quando saio sempre compro alguma coisa para lanchar como pikles, azeitonas, palmito, atum, ou mesmo mortadela e pao e faco meus lanches, hoje antes de sair de La Paz comi peixe frito (truta) com choclo cozido e picante uma delicia, divino o peixe. Viajo para Sta Cruz agora 18,30.
    Bem o jogo, foi muito bom, valeu a pena, os jogadores nem pareciam estar a quase 4 mil de altitude, o estadio era uma festa, essa bolivianada sabe torcer, apoiaram o tigre do comeco durante e no final. Anota triiste foi o Denis nao serve para vestir uma camisa desse porte da nossa antes de comecar o jogo ja fazia cera, amarelou cedo e continuou grotescamente a te ser expulso, ai aconteceu o desequilibrio de todos por influencia dele, alem de nao saber repor e sair mal do gol, do mais estou feliz essa BOLIVIA e uma show inesquecivel.
    Detalhe, o zagueiro Maicon tem uma atitude impressionante e o 9 argentino, nem faz lembrar o inolvidavel ze´pipokkka, o gringo guarda mesmo e e´bom de cabeca e briga com a zagueirada dando pau neles nao como o fabuloso pipokkkkero.
    Abs
    Joao Lourenco Fenoglio Lourenco Fenoglio
    Foto de Joao Lourenco Fenoglio Lourenco Fenoglio.

  3. Nao amigo, estou voltando sai de La Paz as 9 horas, agora estou em Cochabamba, e viajo agora 18,30 para Sta Cruz, vou disponibilibizar fotos no meu face assim q voltar na minha casa, nao preciso do dinheiro das organizadas, aliaz dou critiko desses bandidos, sempre, chegaram no estadio ja comecando o jogos as duas juntas, juntinhas. Gracas a Deus tenho suporte para ir por minha conta onde qser, detalhe nao sou rico, apenas trabalhei e continuo trabalhando.

  4. chupa! falou mal do ganso agora chupa! vai assistir novela doente mal -humorado

    procura um medico para curar esse seu mal- humor

    você é um coitado digno de pena deve viver sozinho 24 horas do dia

  5. Como postei ontem, acho que devem renovar o contrato do Denis porque ele está tarimbado para a reserva do tricolor: tem muita experiência pra isto. É só deixar o Renan voltar em forma e estará resolvido o problema do gol são-paulino.
    Quanto ao trabalho do Bauza e ao desempenho do time, ainda fico com a memória do que vi no último domingo: um time sem nenhuma organização tática, que deixa enormes vazios entre suas três linhas por onde os adversários deitam e rolam e a dificuldade de agredir a meta adversária. Agora sem o Calleri ainda…
    Mas vamos ter fé que vão ser jogos de mata-mata e tudo pode acontecer…

  6. Bauza tem o time na mão como ha muito não percebíamos.
    Jogam unidos e isso é o que importa pra quem gosta de torcer.
    Se somos limitados tecnicamente, cabe a diretoria buscar por melhores jogadores.
    Os caras estão comprando a ideia do Bauza e isso é o que importa.
    Bauza me surpreendeu ontem por demonstrar que é técnico de verdade e que entende de futebol, parabéns!

  7. Engraçado vê gente aqui falando bem do bauza ,mas quando o soberano perdeu para as bolivianas na primeira rodada estava fora da libertadores .

    Bauza é sim um treinador ridículo e errou no jogo de ontem é que a sorte mais uma vez ficou do lado dele ,já contra o toluca se jogar desse jeito está fora .

    O vídeo contra as bolivianas é coisa linda chupa !bolivianas

    Jogadores profissionais caindo em campo por causa de chuteira errada é ridículo ,vamos acordar

    Pra sempre soberano

  8. Assino embaixo, Paulo.
    Mas acho que a torcida deveria dar mais crédito a Bauza.
    Ele joga como time pequeno? Acho que sim. Mas quem disse que o São Paulo pode se dar ao luxo de jogar como grande nas atuais condições? A verdade é que o trabalho dele se assemelha demais ao Muricibol.
    Acho que Bauza vai arrumando — bem devagar — uma casa que estava muito bagunçada.
    É inegável que o time cresceu do começo do ano para cá. Temos o artilheiro da Libertadores, Ganso nunca jogou tanto, Maicon é um baita zagueiro. Além disso, Bruno e Hudson estão se superando. E Bauza encontrou Kelvin e João Schmidt.
    Também é inegável que ontem ele fez uma variação tática, coisa que não se vê no Morumbi há anos. Pode-se não gostar da opção. Mas ele acertou e voltou com o resultado que precisava. E teríamos vencido se Denis não falhasse novamente.
    Enfim, Bauza é um treinador defensivo. Mas excluam as falhas individuais e teríamos uma defesa quase impenetrável.
    Agora, teremos o bônus de jogar somente a Libertadores por algumas semanas. Será ótimo para treinar e descansar o elenco, que jogou muito mais que os rivais este ano.
    Vamos em frente com Bauza. Melhor apoia-lo.

  9. Denis, infelizmente pode ser até um bom rapaz, mas nao serve para jogar em time de camisa como a nossa. fazia cera antes de comecar o jogo, pediu para levar o amarelo e tambem o segundo, e provocou diretamente todo o tumulto com sua insensates, imaturidade, irresponsabilidade e tudo mais, alem de sair mau do gol e repor pessssimamente, fez uma boa defeza, sim, porque o atacante escorregou so´por isso.
    Detalhe, o torcedor boliviano e´uma festa só, como joga com seu time antes, durante e depois do jogo.
    Tudo isso e muito lindo e de um respeito imenso, o estadiio e aconchegante, lindo, vou colocar as fotos q tirei, assim q colocar disponibilazarei meu face.
    Nosso time jgou muito fica aqui meu repudio a muitos entendidos q criticam tudo e todos e se acham entendidos de futeboll, claro q sabemos alguma coisa, mas nao sabemos principalmente os bastidores, e principalmente quando criticamos devemos criticar os q comandam e fazem o q fazem nem sempre pela melhora de um gigante como nosso glorioso TRIMUNDIAL e sim em beneficio de grupos nos assaltos a mao armada co mo o ex presidente, lamentavel.

  10. Reconheço que não sou fã do futebol do Hudson, porém não tem como não reconhecer a excelente partida feita por ele, o número de desarmes foi impressionante, a entrega do Kelvin, e a sobriedade, raça e determinação do Maicon também, na mesma proporção de grandeza acompanha a falta de humildade pra não dizer outra coisa do Denis, só espero que este diretor de futebol que está hoje no comando, mostre a que veio e não renove o contrato dele, para o bem do SPFC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*