Vitória não convincente em Curitiba

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o São Paulo conseguiu a primeira vitória sob comando de Doriva, mas não convenceu. Por incrível que pareça, o time mostrou um futebol  bem melhor contra o Santos, quando perdeu por 3 a 1, do que nesta domingo, quando  venceu jogando contra um time na zona de rebaixamento e com um a menos durante boa parte do segundo tempo.

Não há dúvida que o São Paulo foi melhor o tempo todo. Mas o excesso de preciosismo na hora de fazer o gol me deu raiva e deixou extremamente nervoso. Já no primeiro tempo, após o gol de Kardec, o São Paulo dominou a partida e criou algumas chances. Mas novamente Ganso, Pato, Kardec, Michel Bastos, Thiago Mendes, trabalhavam muito a bola e não chutavam. Queriam entrar de bola e tudo ou marcar golaço. Ainda contávamos com a avenida esquerda, onde Reinaldo e Luis Eduardo – este último tenebroso – cansaram de dar sustos e fizeram Lucão sair na cobertura do lado deles o tempo todo.

Veio o castigo com o gol do Coritiba, no finalzinho do primeiro tempo. Para mim com, não diria falha, mas falta de reflexo de Rogério Ceni, pois ao invés de abaixar-se poderia ter levantado o braço e dado um salto. Possivelmente desviaria a bola. Aí bateu aquele pensamento que o time continuaria jogando melhor, mas tomaria a virada.

No segundo tempo o time voltou mais à frente, determinado a decidir. Contra a frágil defesa paranaense, não demorou muito para o golaço de Pato. E foi a partir daí que a irritação aumentou. Logo após o gol o atacante Henrique foi expulso. Com superioridade numérica, seria lógico o São Paulo ir para cima para decidir a partida. Mas coube a Pato perder um gol claro à frente do goleiro e matar outras chances de gol atrás do momento genial. E atrapalhou tudo.

O fato é que, ao invés de golearmos, sofremos um grande sufoco nos últimos minutos de partida, mesmo com um jogador a mais. E ouço o técnico Doriva dizer que esse resultado levanta nossa moral para o jogo de quarta-feira, contra o Santos. Sério? Se dependermos dessa performance, estamos mortos. Aliás, acho que já morremos na Copa do Brasil.

 

12 comentários em “Vitória não convincente em Curitiba

  1. ALERTA MAXIMO :
    Hoje é o dia do julgamento do soberano no tribunal,ou seja, o presente que o ex presidente deixou para o soberano alem do Doriva e claro ( Paulo pontes: você vai para o julgamento? Você esta sabendo se pode acontecer alguma coisa ruim com o soberano ? como esta os bastidores do julgamento? )

    Para os fãs do Muricy o mês de novembro promete muito.

    Abraços a todos os soberanos

  2. Nao consegui assitir toda partida, mas pelo que vi no primeiro tempoja daria para imaginar o segundo tempo, seu Doriva esta achando que com esse futebol vai ganhar do Santos na quarta feira de 3×0, digo se isso acontecer foi milagre dos deuses do futebol, sem o Breno fazendo a função que Osorio lhe deu e Rodrigo Caio na zaga junto com o Lucao as coisas pioraram mais ainda, Luiz Eduardo que esta conseguindo ser pior que o Edson Silva, e Avenida Reinaldo ja sabem onde as sereias vao deitar e rolar.
    E como temos uma defesa muito fraca e um goleiro que nao sabe o que ainda esta fazendo debaixo do nosso gol, e seu Rogerio faz tempo que esta sem os reflexos que deveria e nao reconhece isso é pior, ontem o narrador nas duas bolas que ele defendeu foi no seu peito ai fica facil,nossa confiança caiu tudo sobre nosso ataque, mas infelizmente criam muitas oportunidades mas o excesso de preciosismo esta matando o time, de cada 10 oportunidades faz 2 gols muito baixo, e nao adianta seu doriva dizer que o time melhorou pq times da zona de rebaixamento nao servem de referencia.
    Eu tb focaria muito ja para o jogo contra o Sport que agora tb é um concorrente direto pela vaga e jogaremos fora, C do Brasil esse ja era.

  3. Esse excesso de preciosismo me irrita também, muitas vezes fica gritando pra.esses caras chutarem, quando estou assistindo aos jogos do SPFC.
    Dá nos nervos esses toques em frente a área e muitas vezes proporcionam contra ataques do adversário.
    Até hj não me confirmou na quantidade de gols perdido contra o Santos, e gols claros que outro time faria no mínimo mais dois.
    A vaga da CB já era difícil e foi totalmente perdida no Morumbi por incompetência do ataque, já que a defesa sempre falha mesmo.

  4. Luiz Eduardo é horrível. Pior que Edson Silva: é igualmente lento e muito mais violento. Espero que o Doriva, contra o Santos, recue o Rodrigo Caio e coloque o Michel no meio, entrando Centurion na ponta direita. Não temos opção a não ser atacar desde o início. Não faz sentido jogar por uma bola (o que deve pirar a cabecinha retranqueira do técnico). Mas Luiz Eduardo precisa sair.

  5. Só o Gol do Coritiba que não vejo erro de RC, ele estava procurando a saída da bola, e tinha dois ou tres jogadores na frente. Quando ele viu, ja era tarde.
    Do mais, grande analise Paulo

  6. Nunca tive opinião formada de um treinador com 4 partidas. É a primeira vez (torço pelo SP desde 1992) que tenho vontade de chamar um treinador de BURRO em tão pouco tempo. Uma pessoa que chega em um final de temporada, o time na semi-final de um tornei, quarto colocado em outro e o cara muda simplesmente TUDO. Desde a rotina de treino até a posição de destaque de alguns jogadores. Será que somos tão ignorantes que não enxergávamos que o time tava jogando um futebol bonito com o Osorio? Até concordo que perdeu partidas ridículas, mas sempre jogando pra frente. Contra o galo, perdeu metendo 3 bolas na trave e uma chance perdida atrás de outra. É o tipo de derrota que o torcedor nem vai dormir tão triste. Contra a galinhada, não fosse o juiz ganharíamos, contra a porcada foi um erro no final que decretou o empate… Mas nunca o time se fechava e jogava no “chuveirinho”. Esse Doriva acha que enrola as pessoas com o discurso de jogo compacto (leia-se: jogo de time pequeno por uma boa). A toda compacta Ponte Preta do Doriva tomou de 3 do “descompactado” SP de Osorio. Que merda de treinador. Como gostaria de ver esse cara longe do meu time. Nada contra o cara, mas falta muito pra ser um bom tecnico. Passar sufoco com um jogador a mais de um time que está na zona do rebaixamento é sofrível né? Vamos lá, com o Doriva só não perdemos pra time que está na zona de rebaixamento (vasco e coritiba), sendo um empate e uma vitória sofrida com um jogador a mais. Que tristeza… Sonho com omdia que o Ataíde irá conceder uma coletiva dizendo que esse cara não é mais técnico do SP. Essa é minha maior torcida pra esse ano.

  7. Acho que o São Paulo deve focar e se preocupar é realmente com a partida de sabado diante do Sport no Morumbi , é este jogo que deve ser focado e trabalhado , precisamos vencer , e a torcida devia comparecer em peso no Morumbi e empurrar o time.

    • Torcida comparecer em peso no Morumbi? Não fizeram isso numa semi-final de copa do brasil, vão fazer isso em um jogo “qualquer” do Brasileirão?

      • Problema é que a tabela é muito ruim para o SPFC.

        Tem, Sport em casa, Cruzeiro fora, Atlético em casa e depois o Time do governo fora. Destes 12, com muito esforço e sem o Doriva dá para fazer 6.

        Depois figueirense em casa e Goias fora.

        Grande chance de fazermos 9 pontos no total até o final do campeonato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.