São Paulo ganha, mas a indefinição continua

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, ainda não foi neste sábado que ficamos sabendo qual será a decisão do técnico Juan Carlos Osorio. Na coletiva que concedeu logo após o final da partida, o técnico adiou para quarta-feira o anúncio do seu futuro.

Enquanto isso o time segue crescendo de produção, mostrando que encaixou o sistema que ele implantou. O time continua bastante agressivo e criando diversas oportunidades. Está faltando melhor pontaria. O número de chances criadas no jogo deste sábado foi espantoso. Muitas vezes parecia que os jogadores queriam entrar com boa e tudo. Ninguém arriscava um chute, ainda que da entrada da área.

Contamos, também, com uma arbitragem danosa, que anulou um gol legítimo do São Paulo e ainda não marcou pênalti a nosso favor, no início do segundo tempo. Mas as viradas de jogo feitas por Mathes Reis e Bruno, as saídas de bola com Lucão e Rodrigo Caio, tudo isso mostra que Osorio conseguiu implantar um sistema consistente, que ataca com volume e consegue firmar na marcação. E no meio de campo tem o desempenho de Thiago Mendes, que está crescendo a cada jogo.

Em nenhum momento temi pelo resultado. Por mais que faltasse aquela última bola, sentia que o gol sairia, tal o volume de jogo imposto pelo Tricolor.

Agora nos resta torcer por alguns resultados para nos mantermos no G4. Mas ainda que esses resultados não venham, estamos na briga. Sem contar a Copa do Brasil. O que significa dizer que, por mais que essa diretoria tente estragar tudo que existe no clube, o time continua conseguindo os resultados, ainda que a trancos e barrancos.

E eu continuo torcendo muito para Osorio continuar. Sei que é uma torcida inglória, mas é o que me resta.

Um comentário em “São Paulo ganha, mas a indefinição continua

  1. Falar do jogo me parece irrelevante por esses dias. Elogios para um sistema defensivo que vai ficando bem montado tendo como base três garotos. Só. Vamos falar sobre o técnico.
    Osorio não deve ficar. Acho provável que Milton Cruz fique até dezembro e depois vá se encontrar com Osorio no México. Torço para que nenhuma das duas coisas ocorra.
    Após a saída de Osorio, na quarta, o ideal seria trazer um técnico rapidamente. Alguém precisa estar no banco nos jogos contra o Santos e nas ultimas rodadas do Brasileiro. Por irônico que seja, uma definição ágil da situação pode trazer paz e motivação ao elenco.
    Mas quem?
    Muricy estava doente ao deixar o time. Terá melhorado para reassumir? Sua presença seria uma segurança para o time. Será que ele aceitaria um cargo de coordenador, tipo Zagallo, com um nome mais novo e saudável para comandar o time? Talvez fosse uma saída. Está na hora de planejar 2016, quem vai indicar jogadores?
    Se não Muricy, quem? Um nome ligado ao clube, como Silas ou Doriva?
    Outro estrangeiro?
    Um motivador/paizão/boleiro/anacrônico para deixar o time pilhadão nas decisões da Copa do Brasil? (Deus me livre! Mas podem ter essa ideia).
    Quem mais está livre? Abel? Cristóvão? Poucas opções, não?
    Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.