Vitória com a cara de Muricy Ramalho

Amigo são-paulino, leitor do Tricolor na Web, o São Paulo cumpriu seu papel, ganhou do Atlético-MG no Morumbi e distanciou-se de vez do Z4, lugar que nunca nos pertenceu. Ontem, sim, foi uma vitória com a cara de Muricy. Raça, determinação, marcação cerrada, defesa forte, enfim, Muricy conseguiu chegar, dirigir o time em três jogos, obter três vitórias e não sofrer nenhum gol.

A entrega dos jogadores pode ser vista em todos, mas vou simbolizar aqui em um, muito criticado pela sua omissão e falta nos últimos jogos: Luis Fabiano. Não marcou ontem, é verdade, mas sua luta foi incansável. Esteve presente na defesa, cabeceando várias bolas em nossa área, buscou bola no meio de campo, participou diretamente da jogada do gol, enfim, sua entrega exemplifica o que ocorreu com todo o time.

O primeiro tempo foi espetacular. O São Paulo envolveu o Atlético-MG por inteiro, com domínio de bola, sem pressa, sem querer se livrar. Os mineiros dependiam da bola alta, mas a defesa sempre cortava; dependiam de um lance de Ronaldinho Gaúcho, mas Denilson e Maicon, que se revezaram em sua marcação, não o deixaram jogar.

Depois do gol era natural que o Atlético viesse para cima. E assim foi no segundo tempo. Mas o São Paulo não correr grandes riscos. A não ser por um gol incrivelmente perdido pelo lateral atleticano, nossa defesa foi muito firme e segura. E se o Atlético perdeu um gol, o São Paulo perdeu dois: Jadson e Luis Fabiano.

Continuo com a análise fixa que o máximo que conseguiremos, neste Brasileiro, será essa caminhada para ficar bem longe do Z4. Não tenho pretensões maiores, até porque não readquiri, por completo, confiança no time. Por exemplo, sai Osvaldo, em péssima fase, e entra Welliton, também muito ruim. Fez o gol, é verdade, mas irritou em diversas jogadas. Por isso, por entender que o elenco é muito limitado, não tenho grandes esperanças. Mas que o Z4 não nos pertence, isso está mais do que provado. E para lá não voltaremos.

4 comentários em “Vitória com a cara de Muricy Ramalho

  1. Ufa!!! parece que as nuvens negras que se instalaram sobre o Morumbi estão se dissipando, acho que pensar algo além de sair do Z4 é cedo ainda. Até o pipoca ganhou elogios. Mas espero mesmo que no próximo domingo o time vença o Goiás e os galinhas percam para o Cruzeiro.

  2. AGORA FORA DA SEGUNDONA (definitivamente)
    Sou extremista: é tudo ou nada.
    Estamos a, apenas, 11 pontos do terceiro e do quarto lugar da tabela. O segundo é o Botafogo que todos nós sabemos que não tem fôlego para continuar lá. O quarto é o Atl.Paranaense que, na primeira derrota mais contundente, também tem tudo para deixar a “massa” desandar.
    Já vimos esse filme antes quando tiramos 11 pontos em menos do que um turno; tá certo que corríamos atrás de um único objetivo: o Gremio Portoalegrense que, curiosamente, é o terceiro colocado.
    Temos time pra isso? Acho que sim. Vislumbro o time jogando sem aquele peso de ter que ganhar a qq custo e o Muricy, nosso Forrest Gump ( eh tá homem de sorte), pragmático como sempre, preocupado sempre com os próximos 3 pontos, levando o time a brigar pela terceira ou quarta colocação. Ele vai inculcar na cabeça dos jogadores que isso é possível e vai passar a ser.
    O Muricy não é o técnico de meus sonhos, mas sei que é o cara certo no lugar certo. Parece que nasceu para fazer sucesso no Morumbí – alí é seu habitat natural. Mesmo colocando o tal do Welliton para jogar (nossa! esse cara é muito ruim), não é que ele acerta e, na hora H, quem tá lá pra colher a “jabuticaba”? Welliton (putz). Depois o próprio destino que o colocou lá para se fazer cumprir, deu um jeito de tirá-lo de campo: e ganhou o São Paulo e todos nós.
    Ontem era o dia de mostrar se o time estava mesmo ganhando “corpo” e mostrou.
    Era também o dia para mostrar se os ventos tinham mudado de lado e mostrou (afinal achar um gol naquelas circunstâncias e ver o lateral atleticando perder um gol inacreditável, é a confirmação de bons tempos para o tricolor).
    No meu extremo otimismo (por isso gosto tanto de jogo) já vejo o MR batento na “veia da injeção” no final do ano, comemorando uma grande conquista e, porque não, uma boa gratificação financeira para ele (que será muito merecida).
    Agora vamos.
    Felicidades

  3. A vaga da Libertadores vasmos buscar na Sulamericana, esse e o caminho.
    Mas antes temos que ficar confortavel na classificacao do brasileiro.
    O time com o Murici, e outro, pena que essa diretoria maldita e mentirosa,
    politiqueira e arrogante nao pensa como nos torcedores.
    So vao mesmo no tranco, como os jogadores.
    LF, ta procurando mais o jogo, sim, mas ainda nao e aquele atacante
    que incomoda os adversarios, talvez antes estava mais omisso, em razao
    das bolas nunca chegarem nele, talvez seja esse na realidade seu
    comportamento durante a aguda fase da pipoquez.
    Acho que Aloisio deva ser seu companheiro de ataque.
    Enfim, subimos na tabela, agora vamos buscar os times do trinta.

  4. Muito se falou que o Muricy não consegue armar time para jogar bonito, que o Muricy só joga na retranca. Na atual conjuntura não tem que jogar bonito, é fazer o feijão com arroz e marcar os 3 pontinhos, vale mais uma vitória de 1 a 0 do que uma derrota por 9 a 10.

    Estou confiante na crescente do time, e pelas minhas contas creio que se continuar nessa pegada conseguimos sim pelo menos chegar no G8.

    Avante meu tricolor!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*