Visto por Dunga no Beira-Rio, Ganso confirma boa fase com gol

Informado antes do jogo de quarta-feira contra o Internacional que Dunga estava no Beira-Rio, Paulo Henrique Ganso tratou a notíca com algum desdém, um dia depois de não ter sido lembrado na primeira convocação do treinador da Seleção Brasileira. Com bola rolando, porém, o são-paulino fez uma boa partida, decidindo-a, inclusive, ao anotar o único gol da vitória.

O lance saiu aos 34 minutos do primeiro tempo. Após desarme no bico direito da área, Paulo Miranda cruzou para Kaká, no meio da área. O meia notou passagem de Álvaro Pereira, que bateu rasteiro. O rebote sobrou para Ganso, quase na pequena área, concluir para a rede, com o goleiro Dida já caído. O gol reforça a boa fase do camisa 10, responsável por quatro assistências nas quatro rodadas anteriores.

Apesar de o jogador ter aparecido dentro da área, como sempre pede Muricy Ramalho, o treinador do São Paulo trocou os elogios por novas cobranças.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net

Camisa 10 anotou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Internacional, diante dos olhares do técnico da Seleção

“Não sei quando isso vai acontecer de novo, de ele entrar mais vez. Ele faz esse gol agora e acho que vai ficar mais dois anos sem entrar na área, vai me deixar nervoso de novo”, brincou. “Tomara que ele tome gosto”, completou o chefe, antes de fazer comparação com o cruzeirense Ricardo Goulart, este sim chamado por Dunga para os amistosos contra Colômbia e Equador.

 

“Ele não foi (convocado) como centroavante, foi como meia de ligação. Entra na área todos os jogos, é o cara que mais surpreende, porque não tem como marcar. A gente insiste muito isso com ele (Ganso). É que ele prefere dar um passe em vez de fazer gol. A coisa mais fantástica para ele é o passe. Tomara que ele fique nesse caminho de fazer gol”, comentou.

Os números confirmam que o meia faz poucos gols. Em 109 partidas pelo São Paulo, foram nove (três deles neste Brasileiro). Em contrapartida, ele já foi o responsável pelo passe em outras vezes que a equipe balançou a rede na competição nacional. Algo que também pode ser bem visto por Dunga em outras oportunidades. Neste momento, no entanto, Ganso jura não ser a Seleção sua prioridade.

“O importante agora é a gente pensar no São Paulo, a gente precisa se aproximar da liderança da competição”, afirmou, na terça-feira. “Como eu sempre falo: se estiver fazendo trabalho bem feito, naturalmente vou ter oportunidade no momento certo. Em primeiro lugar, tenho que fazer meu trabalho aqui no São Paulo. Naturalmente, vou ter minha oportunidade também”.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “Visto por Dunga no Beira-Rio, Ganso confirma boa fase com gol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*