Vetado mais uma vez, Jadson perde peso e esboça reação no São Paulo

Pela terceira vez na temporada, o meia Jadson não estará na lista de relacionados. Fora de forma, o jogador agora sofre com uma tendinite no joelho direito e não enfrentará o Oeste, domingo, no Morumbi, mas está esboçando uma reação. Treinando diariamente em dois períodos, ele perdeu peso e está próximo de ser liberado para jogar.

– Ele foi submetido a treinamentos mais intensos por alguns dias e sobrecarregou o joelho. Está fazendo tratamento e treinando também, com exercícios que não prejudicam a movimentação. A gente espera que nessa próxima semana ele já tenha condições de participar dos jogos – disse ao LANCE!Net o preparador físico Zé Mário Campeiz.

Jadson foi duramente cobrado por Muricy Ramalho. O treinador, que não costuma criticar seus comandados publicamente, mudou de postura e disse em entrevista coletiva que não poderia escalar um atleta tão mal preparado. Neste início de ano, a maior cobrança do técnico é sobre comprometimento.

– Ele está fazendo muitos treinos e acabou sentindo. Vai ficar mais um tempo para começar a jogar – declarou Muricy, nessa sexta.

Jadson não contesta a opinião do chefe e tem cumprido o cronograma de atividades sem reclamar. Cobiçado por diversos clubes, ele avisou à diretoria que deseja permanecer no Morumbi este ano – tem vínculo até dezembro e poderá assinar pré-contrato em junho. O jogador sente-se mais respaldado pelos dirigentes do que pela comissão técnica, mas acredita que pode reconquistar seu espaço.

Tanto o estafe do armador quanto a comissão técnica admitem que ele costuma demorar mais do que os outros para entrar em forma após as férias. Em 2012, quando voltou ao Brasil após sete anos na Ucrânia, passou quase todo o primeiro semestre em baixa.

Veja um bate-bola exclusivo com Zé Mário, preparador físico do São Paulo:

LANCE!Net: Muricy disse que o Jadson voltou muito mal preparado. Quais são as condições físicas dele?
Zé Mário: Como o Muricy disse, realmente o atleta se apresentou um pouquinho abaixo de sua condição ideal. A comissão técnica achou por bem preservar o atleta, dar um tempo para ele se preparar para uma melhor condição e não correr risco de uma lesão mais grave. O objetivo é esse, não só aprimorar a condição física dele, mas de todos os outros atletas. Ele está tendo uma atenção especial, não só ele como outros.

Quando vocês falam em condição físico, é o peso que está acima?
É o peso. O peso que vem um pouquinho acima em relação aos outros. Nós temos uma preocupação com todos, mas especialmente com ele e com o Edson Silva.

E agora, o peso dele já baixou em relação ao início do ano?
Já baixou. Ele está indo muito bem. Nós estamos intensificando os trabalhos dele, do Edson e dos outros que não estão sendo selecionados para, quando entrarem, entrarem bem. Acho que vai ser até bom para ele porque vai ter um tempinho a mais para voltar em boas condições.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*