Veja o que o São Paulo projeta para conquistar o título

O mantra do São Paulo é o “jogo a jogo” do técnico Diego Aguirre. No entanto, nos bastidores, o clube obviamente faz contas para o título do Brasileirão.

Líder após 25 rodadas com 50 pontos, um acima do Internacional, o São Paulo sabe que a pontuação necessária para ser campeão brasileiro será acima de 70 pontos. Um número seguro comentado entre o elenco é de 77 pontos.

O matemático Tristão Garcia, do site “Info Bola”, corrobora e acrescenta:

– Garantido contra qualquer coisa é entre 77 e 78. Mas com 76 a probabilidade é altíssima. Eu digo que com 76 vai dar. Só se o perseguidor tiver uma alta qualidade poderia ter uma hegemonia, o que quebraria essa primeira regra com campanhas excepcionais – diz o matemático.

– Estamos no 13º Campeonato Brasileiro por pontos corridos (com 20 clubes) e o máximo que o vice fez foi 72 pontos. O Grêmio contra o próprio São Paulo, em 2008, e o Atlético-MG (na briga com o Fluminense), em 2012 – completa Tristão.

São Paulo briga pelo título do Brasileirão — Foto: Marcelo Hazan

São Paulo briga pelo título do Brasileirão — Foto: Marcelo Hazan

A premissa básica estabelecida pelo matemático para as contas do campeão é a média de dois pontos por jogo. É exatamente o estágio atual do São Paulo: 50 pontos em 25 partidas. Nesse raciocínio, o time campeão vence todos os jogos em casa e empata todos fora, alcançado 76 pontos em 38 rodadas.

Essa é a situação do momento. Entre dirigentes, comissão técnica e jogadores, há ainda a lamentação pelos empates com Paraná (lanterna, fora) e Fluminense (em casa). Mas a sensação é de que o time está no caminho certo.

– Às vezes o campeão faz mais ou menos (do que 76 pontos). Mas uma coisa é certa: o vice não faz isso. O Brasileiro é muito disputado. É muito difícil o segundo colocado conseguir essa média de dois pontos a cada jogo – disse Tristão.

Jucilei atuou no empate do São Paulo contra o Santos no último domingo — Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Jucilei atuou no empate do São Paulo contra o Santos no último domingo — Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena/Estadão Conteúdo

O pensamento do São Paulo é justamente nessa linha de vencer em casa e somar pontos fora quando possível, de acordo com Jucilei. Como ocorreu no clássico contra o Santos, na Vila Belmiro, onde o empate foi comemorado pelos atletas e pelo técnico Aguirre.

– Lógico que a gente conversa entre a gente. Temos de vencer os jogos em casa. Mais importante é vencer em casa. E fora é procurar beliscar em certos jogos os três pontos. Quando não dá pra beliscar três pontos, você não perde e soma um ponto. Temos isso em mente – afirmou Jucilei.

Questionado na última segunda-feira à tarde, antes do duelo entre Chapecoense e Internacional que devolveu a liderança ao São Paulo, sobre se o gás do Tricolor poderia estar acabando no segundo turno, Jucilei disse o seguinte:

– Como acabou o gás? A gente está brigando na ponta da tabela. Esses números que esses matemáticos fazem não dá para entender (Nota da redação: após a 24ª rodada, o site “Info Bola” dava 42% de chances de título ao Internacional contra 35% do São Paulo. Agora, o Tricolor tem 39% contra 35% do Colorado). Estamos brigando pau a pau com o Inter, o mesmo número de pontos. Empatamos e passamos um. O Inter joga hoje (segunda-feira), tem de fazer a parte dele. Às vezes a mídia cria uma situação que não dá para entender. A gente tem todo o fôlego. Tem 13 rodadas ainda. Essa é a hora do sprint final para o título. Lógico que temos nosso objetivo, como o Inter e o Palmeiras têm o deles. Mas o fôlego continua mais alto ainda. A vontade de vencer só vem aumentando.

Nas 13 rodadas finais, reta decisiva do Brasileirão, o São Paulo fará sete partidas no Morumbi, a começar pelo América-MG, sábado, às 16h, e seis como visitante. Uma delas será o confronto direto com o Internacional, pela 29ª rodada.

Os sete jogos finais do São Paulo no Morumbi

Data Jogo
Sábado (22/09) América-MG
06/10 Palmeiras
20/10 Atlético-PR
04/11 Flamengo
14/11 Grêmio
18/11 Cruzeiro
25/11 Sport

Os seis jogos finais do São Paulo como visitante

Data Jogo
30/09 Botafogo
14/10 Internacional
27/10 Vitória
11/11 Corinthians
21/11 Vasco
02/12 Chapecoense

Em caso de tropeços no Morumbi, a ideia é recuperar pontos fora, como por exemplo contra Vitória e Chapecoense.

No entanto, como o próprio matemático disse, é possível conquistar a taça com uma pontuação menor. Em função da disputa acirrada desta edição (oito pontos separam os seis primeiros colocados), uma pontuação mais baixa do que os 76 citados por Tristão podem ser suficientes. As edições recentes do Brasileirão têm exemplos nesse sentido.

Os últimos cinco campeões do Brasileirão

Time Pontuação que confirmou título Pontuação final
2017 Corinthians 71 72
2016 Palmeiras 77 80
2015 Corinthians 77 81
2014 Cruzeiro 76 80
2013 Cruzeiro 74 76

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*